Listen to the text.

domingo, 28 de março de 2010

Palácio do Horto!!!

Olá pessoas,
Finalmente, depois de muitas promessas para  a Josy  fui conhecer o Palácio do Horto, adorei a ação educativa, ver um dos nossos talentos desse curso de Museu como um todo em ação é ótimo, micos a parte (como o tchauzinho para os policiais, rsrsrrsrsrsrs, foi necessário genteee), o museu é maravilhoso, tem uma exposição temporária sobre os pacientes-artistas  do Hospital do Juquery que vai até  13 de junho e também o acervo que é uma aula de história ao vivo, dada pela super Josy!!!

Para quem quiser conhecer é só aguardar  no local onde tem uma placa indicando o horário da próxima visita que no horário vem um funcionário super simpático recepcionar as pessoas, aliás todo mundo lá é requetesimpatico!! Parabéns Josy!!!

Lotação no metrô Parada Inglesa que leva praticamente na frente do palácio do Horto.
Rua do Horto, 931
4ª a domingo - 9h às 15h Entrada franca.

bjus, Cris

Centro de Memória do Circo

Respeitável público:
Essa dica de visita foi dada pela professora Juliana.
Visitem o Centro de Memória do Circo, que fica na Galeria Olido no centro.
Me chamou  aatenção a questão que a professora Juliana tinha comentado em relação aos  poucos museus que têm a missão, os valores  e missão, e esse Memorial do Circo ele já deu o 1º passo para a determinação desses conceitos que estão exigindo dos museus atualmente:


Muitas coisas das quais a professora Andrea já falou sobre conservação também podemos notar nesse espaço:
essas folhas estão por cima de um papal branco, não estão diretamente sobre a superfície...
...os suportes, podemos perceber que embaixo do chapéu tem um suporte para sustentar o objeto para evitar que as fibras se rompam (falando tecnicamente hehehhe) e dentro do sapato também...

Também tem um vídeo, no qual algumas pessoas antigas contam um pouco da história, da representação do circo na vida delas, ou seja, história oral, cujo tema foi abordado na última palestra. E a profa Juliana falou que quem ajudou a montar esse espaço foi o Gabriel do CEDOC da Pinacoteca, que deu  uma palestra para nós.
Eu adorei esse espaço, conheçam também!!!

Av. São João, 473 -Galaeria Olido
Terça a domingo das 10h às 20h.
Pesquisa do acervo com horário marcado: (11)3397-0177/3397-0199

bjus, Cris.






Olá pessoas...
Vou falar um pouquinho sobre o Ecomuseu, lá na terra da Lú da nossa sala. Esse museu preserva a história da construção de Itaipu, dos povos que viviam lá, dos animais daquela região e um pouco do dia-a-dia dos operários durante a construção da Hidrelétrica.
Nota 10 para a recepção das  pessoas que trabalham lá, logo na parte externa tem algumas máquinas que os donos das fazendas deixaram lá quando abandonaram as terras em razão da construção da Usina  e esse esqueleto me chamou atenção, primeiramente porque  está ao ar livre e não protegido dentro do museu e porque tentei pesquisar  algo sobre ele e não encontrei nada, quem encontrar...me avise, please.

O Ecomuseu também tem algun sobjetos que os povos que viviam lá utilizavam:


Eu sou meio suspeita, pois eu adoro animais, o Ecomuseu também tem vários animais empalhados daquela região e inclusive um aquário com peixes vivos daquela região do Rio Paraná:



O interessante disso tudo, deixando as controvérsias da construção de Itaipu de lado, é a importância do patrocínio das organizações privadas e governamentais na criação e manutenção das instituições de cultura, principalmente a manutenção, pois criar é fácil, o díficil é a manutenção, como vimos na palestra de sexta que foi falado o caso de Paranapiacaba.

Quem se interesar em saber um pouco mais...www.itaipu.gov.br

Bjus, Cris