Listen to the text.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

3º Encontro Baiano de Museus


Antigo Museu do Cacau, dividido entre Salvador e Ilhéus, está apagando a história regional
Ilhéus, que vai sediar o 3º Encontro Baiano de Museus, poderá pagar o maior “mico” frente aos especialistas da área. O motivo é que o Museu do Cacau, criado pelo extinto Instituto de Cacau da Bahia (ICB), continua fechado e Jaques Wagner mandou jogar as chaves fora.
Como os “restos mortais” do “velho ICB cansado de guerra” foram herdados pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Secretaria Estadual da Agricultura (Seagri), dentre outros órgãos estaduais, que se fingem de mortos para não reativar importante equipamento cultural.
Enquanto isso, todo o acervo encontra-se encaixotado (espera-se, que todo, mesmo), ao sabor das intempéries climáticas, fungos e outros bichos maléficos. Como se miséria pouca fosse besteira, um painel do renomado artista plástico Caribé, contando a Saga do Cacau, continua enrolado em baixo de uma escada, à espera do “amigo do alheio” ou dos inimigos naturais da arte.

fonte:
http://www.ciadanoticia.com.br/v1/tag/3%C2%BA-encontro-baiano-de-museus/

ONU oferece vagas a brasileiros. A remuneração básica para quem for trabalhar em Nova York, por exemplo, varia de US$6.200,00 a US$10.800,00, por mês.


ONU oferece vagas a jovens brasileiros
Candidatos de até 32 anos podem se candidatar para carreira internacional nas Nações Unidas; inscrições vão até setembro e são para diversas áreas das ciências sociais, humanas e exatas
Sede das Nações Unidas, em Nova York. Foto: JC McIlwaine/ONU
Inscreva-se
Todo o processo de inscrição, bem como informações adicionais/dúvidas sobre o programa devem ser obtidas no site do Programa Jovens Profissionais, do Secretariado-Geral das Nações Unidas.

UN Careers - Young Professionals Programme
O Secretariado-Geral das Nações Unidas incluiu o Brasil na lista de países participantes no Programa de Jovens Profissionais (YPP, em inglês) para o ano de 2011. As opções de carreira, nessa edição, são nas áreas de assuntos humanitários, informação pública e comunicação, administração e estatística. As vagas devem ser preenchidas por profissionais de até 32 anos, que falem com fluência inglês ou francês e que possuam diploma em algum curso superior relacionado à área de atuação (ver tabela abaixo). A remuneração básica para quem for trabalhar em Nova York, por exemplo, varia de US$6.200,00 a US$10.800,00, por mês.


A busca por jovens, como no caso do YPP, pode ser um componente importante na mudança de cultura dentro de uma organização. “Em programas como esse o que se busca é o potencial, e não a experiência do profissional. Do ponto de vista da organização, isso traz benefícios a médio e longo prazo para mudança organizacional. Do ponto de vista do jovem profissional, é uma oportunidade de adquirir conhecimentos e habilidades para se desenvolver profissionalmente”, explica Alzira Silva, coordenadora de recursos humanos do PNUD Brasil.


O momento é oportuno para os brasileiros que querem ter uma carreira internacional. O crescente envolvimento do país nos fóruns multilaterais e organismos internacionais fez com que, nos últimos anos, aumentasse a demanda por brasileiros ocupando cargos nessas organizações. A lista de países elegíveis para o Programa de Jovens Profissionais é atualizada anualmente, e muda de acordo com o nível de representação que eles possuem no secretariado da ONU.

Embora existam vários atrativos para uma carreira na ONU, há alguns princípios centrais que devem guiar o candidato em sua escolha. “É fundamental que o profissional se identifique com a causa, a missão da organização. Esse é o primeiro passo para uma escolha acertada”, avalia a coordenadora.

Processo seletivo

As inscrições devem ser feitas online diretamente pelo site do Programa Jovens Profissionais. Depois de uma triagem inicial, os melhores candidatos de cada país farão uma prova escrita de conhecimentos gerais e específicos da área de atuação. Somente aqueles que se classificarem serão convidados para a entrevista. As cidades em que as provas serão realizadas ainda não foram definidas.Todo o processo é realizado em inglês ou francês, os dois idiomas oficiais do Secretariado da ONU.

Veja abaixo as quatro áreas de atuação do Programa Jovens Profissionais a que os brasileiros podem se candidatar esse ano.











































































































ÁREA DE ATUAÇÃOSUBÁREACURSO SUPERIOR EXIGIDO
Assuntos HumanitáriosPaz, Política e SegurançaCiência Política 
Ciências Sociais 
Relações Internacionais 
Administração Pública 
Economia
Engenharia
Geociência
Direito 
Informação Pública e ComunicaçãoInformação Pública e Relações ExternasComunicação
Jornalismo 
Relações Internacionais
Administração Gestão e Suporte de OperaçõesAdministração Pública 
Administração
Contabilidade 
Finanças 
Gestão de Recursos Humanos 
Análise de Sistemas
Marketing 
Direito 
Ciências Humanas
Educação 
Ciências Sociais
Psicologia 
Sociologia
EstatísticaDesenvolvimento Econômico e SocialEstatística
Matemática 
Economia (com especialização em Estatística ou Econometria) 
Ciências Sociais (com especialização em Economia)
Demografia



fonte:
http://www.pnud.org.br/administracao/reportagens/index.php?id01=3800&lay=apu

Museu das Missões (RS) promove formação para guias de turismo



missoes
O Museu das Missões promove, nos dias 20 e 21 de agosto, o módulo V do Programa de Formação dos Guias de Turismo da Região Missioneira. O tema será sobre Arte e Arquitetura Barroco-Missioneira e terá a presença do arquiteto Luiz Antônio Bolcato Custódio. O último dia do curso será reservado para visitar alguns locais onde há presença da imaginária barroca-missioneira.
 
Esse projete teve início em 2008  e através dele o Museu das Missões segue cumprindo sua missão de pesquisar, documentar e divulgar a experiência histórica missioneira.
O IV módulo aconteceu nos dias 12 e 13 de agosto. Com o tema História da Arte Barroca no Brasil, foi ministrado pelo prof. Júlio Cézar Neto Dantas, Diretor do Museu de Arte Sacra de Parati-RJ.

fonte:

Na véspera de decisão, museu do Real bate recorde de visitantes: 7 mil


tour pelo estádio Santiago Bernabeu do Real Madrid (Foto: Thiago Dias / Globoesporte.com)Entrada do Santiago Bernabéu: museu com recorde
de visitas (Foto: Thiago Dias / Globoesporte.com)
Um dia antes da decisão do título da Supercopa da Espanha contra o Barcelona, o Real Madrid bateu um recorde nesta terça-feira: o clube divulgou que mais de sete mil pessoas visitaram o museu do Santiago Bernabéu.
A marca supera os 5.500 turistas de um dia, estabelecida em 2001. A entrada no museu do Real custa € 16 (R$ 36) ou € 22 (R$ 50) por uma visita guiada. No local, o visitante vê os troféus conquistados pelo time, fotos e uniformes de ídolos, documentos históricos e tem direito a conhecer gramado, vestiários e sala de imprensa.
O ponto alto do passeio é a sala com as nove taças de Liga dos Campeões, responsáveis por tornar o Real o maior vencedor da história do torneio europeu. O fã pode ainda tirar foto com réplicas de alguns dos troféus.
Na quarta, o time de José Mourinho decide a Supercopa da Espanha com o Barcelona, às 18h (de Brasília), no Camp Nou, com acompanhamento em Tempo Real no GLOBOESPORTE.COM. No jogo de ida, as equipes empataram em 2 a 2 no Bernabéu.
tour pelo estádio Santiago Bernabeu do Real Madrid (Foto: Thiago Dias / Globoesporte.com)Sala com as taças da Liga dos Campeões é o ponto alto do museu (Foto: Thiago Dias / Globoesporte.com)fonte:fonte:http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-espanhol/noticia/2011/08/na-vespera-de-decisao-museu-do-real-bate-recorde-de-visitantes-7-mil.html

Com mais de 12 mil restaurantes, 110 museus, 300 salas de cinema e uma efervescente vida noturna, São Paulo


Cidade de São Paulo busca 'excelência turística'

Mirante do Edifício Martinelli



Com mais de 12 mil restaurantes, 110 museus, 300 salas de cinema e uma efervescente vida noturna, São Paulo, a maior cidade da América do Sul, quer ultrapassar o rótulo de capital financeira para atrair turistas com o título de polo cultural nacional.
"Nossa praia é a cultura". Este é um dos slogans com os quais Caio Luiz de Carvalho, presidente de São Paulo Turismo (SPTuris), a empresa de promoção turística municipal, defende a metrópole.
No ano passado a cidade bateu o recorde em recepção de turistas com um total de 11,7 milhões de pessoas, o que representou um aumento de 3,54% com relação ao ano anterior, segundo dados do Observatório de Turismo.
No entanto, a maior parte dos visitantes ainda é composta por brasileiros.Apenas 1,6 milhão dos turistas que desembarcaram em São Paulo em 2010 eram estrangeiros.
As instituições de promoção do turismo sabem que para colocar São Paulo no mapa dos viajantes do mundo, e sem poder contar com os encantos naturais de lugares como o Rio de Janeiro, é preciso pôr em evidência suas opções culturais, gastronômicas, de lazer e consumo.

Campinas registra alta no movimento dos Museus

Os museus municipais de Campinas receberam um público total de 19.722 pessoas em julho. O número é 25,3% maior que a frequência total de junho, que somou 15.741 pessoas. Segundo a Coordenadora de Extensão Cultural da Secretaria de Cultura de Campinas, Mariana Saldini, o número real é um pouco maior, uma vez que nem todas as pessoas assinam os registros de frequência.

Os campeões da frequência em julho foram o Museu de História Natural, no Bosque dos Jequitibás, que registrou 11.532 visitantes (5.968 em junho) e o Observatório Municipal Jean Nicolini, com 4.527 visitantes (3.658 em junho). O Museu da Imagem e do Som (1.707 contra 1.320 em junho) também registrou aumento nas visitas.

Já o Museu de Arte Contemporânea de Campinas José Pancetti registrou queda no número de visitantes (797 contra 1.964), assim como o Planetário (865 contra 2.494) e o Museu da Cidade (294 contra 337).

Para Mariana Saldini, o período de férias escolares foi o responsável pelo aumento na frequência de algumas unidades e também na redução de outras, pela interrupção temporária das visitas de escolas.



fonte:
http://www.canalrioclaro.com.br/?pg=noticia&id=3385

Museus poderão receber obras apreendidas


Conforme o substitutivo, o Ibram poderá destinar as obras a museus federais (que terão preferência), estaduais ou municipais




A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou hoje, em caráter conclusivo, proposta que permite ao Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) receber bens de valor artístico, histórico e cultural que tenham sido apreendidos, abandonados ou estejam em poder de órgãos públicos federais ou da Justiça Federal. A proposta segue para o Senado, a menos que haja recurso para que seja analisada pelo Plenário da Câmara.
O texto aprovado foi o substitutivo da Comissão de Educação e Cultura ao Projeto de Lei 2935/08, da deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), determina que sejam doadas obras apreendidas em decorrência de controle aduaneiro ou de sonegação de tributos, objeto de pena de perdimento, recebidas em pagamento de dívidas ou abandonadas.
Conforme o substitutivo, o Ibram poderá destinar as obras a museus federais (que terão preferência), estaduais ou municipais. Um dos critérios que serão usados para definir essa destinação é a relevância regional da obra, a ser justificada pelo museu interessado. Essas obras também poderão ser transferidas para museus privados sem fins lucrativos que integrem o Sistema Brasileiro de Museus.
O relator da proposta na CCJ, deputado Marçal Filho (PMDB-MS), defendeu a aprovação da matéria. Ele fez apenas correções no texto para esclarecer que obras que estejam sob guarda do Poder Público não poderão ser repassadas, uma vez que essa posse pode ser provisória.

fonte: