Listen to the text.

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Jornalista português anuncia criação do Museu Sem Fronteiras da Imprensa da Lusofonia


Em visita à sede do Diário de Pernambuco, na tarde da última segunda-feira (5), o jornalista português Luís Humberto Marcos, diretor do Museu Nacional da Imprensa de Portugal, anunciou a criação do Museu Sem Fronteiras da Imprensa da Lusofonia, que reunirá informações históricas sobre o jornalismo dos oito países que utilizam o português como língua oficial. As informações são do site Pernambuco.com.

Luís Humberto Marcos foi recebido por Gladstone Vieira Belo, vice-presidente do Diário, e está no Recife para participar do Congresso da Sociedade Brasileira de Estudos interdisciplinares da Comunicação (Intercom), na Universidade Católica de Pernambuco.

Entre os países que têm a língua portuguesa como oficial, apenas Brasil e Portugal possuem museus históricos sobre a imprensa. A intenção de Luís é começar com um acervo virtual e, futuramente, criar um ambiente físico em todas as nações envolvidas. O Museu Sem Fronteiras deve começar a funcionar na internet até o fim de 2011.

Coincidentemente, Pernambuco foi cenário de uma das mais recentes exposições feitas pelo Museu da Imprensa, em Portugal. O tema era a chegada do navio Santa Maria ao Recife há 50 anos, e como isso foi noticiado nos jornais de todo o mundo. O barco partiu da Argentina com mais de 600 passageiros e foi sequestrado por um grupo revolucionário que protestava contra a ditadura de Salazar, em Portugal. 

A próxima exposição do museu, sediado na cidade de Porto, mostrará como os jornais do mundo noticiaram os atentados de 11 de setembro de 2011, nos Estados Unidos. 

fonte:

Estão abertas as inscrições para os programas de residência artística


Experiência pioneira em uma instituição pública brasileira, o LABMIS, Laboratório de Novas Mídias do Museu da Imagem e do Som, foi criado como um espaço de reflexão, intercâmbio de conhecimento e experimentação em novas tecnologias. Para estimular a produção artística e a inovação nos usos criativos de plataformas tecnológicas contemporâneas, o LABMIS promove residências artísticas nacionais e internacionais.
Na Residência LABMIS, os artistas selecionados têm acesso à infraestrutura do espaço e suporte de orientadores e técnicos, visando ao desenvolvimento de suas pesquisas. Os participantes também recebem hospedagem e auxílio para transporte e alimentação. Além disso, recebem uma apreciação crítica de sua produção por parte de um especialista, participam de encontros públicos de discussão e têm seus trabalhos exibidos na Mostra LABMIS e incluídos em um catálogo da coleção MIS.
A primeira edição do Programa, realizada em 2009, contemplou Anaisa Franco, Claudio Bueno, Guilherme Lunhani e a dupla Felipe Sztutman e Rodrigo Bellotto. O júri então contou com Juliana Monachesi, Ruggero Ruschioni e Gisela Domschke na pré-seleção e Angélica de Moraes, Priscila Arantes, Rejane Cantoni e Wilson Sukorski na seleção final. Confira a primeira mostra de resultados da Residência LABMIS.
Já o edital de 2010, que recebeu projetos de 14 estados brasileiros, teve pré-seleção a cargo de Marcelo Bressanin, Nancy Betts e Sérgio Basbaum e comissão de seleção final composta por Priscila Arantes, Christine Mello e Daniela Kutschat. O grupo Al Revés (Alexandre Marino Fernandez e Rafael de Marchi Gherini Molla), Celina Portella, Denise Agassi e Ricardo Nascimento foram os selecionados e apresentarão seus trabalhos na Mostra LABMIS, que tem abertura prevista para novembro de 2010. Conheça os projetos selecionados.
O edital Residência LABMIS 2011 selecionou quatro projetos: a instalação imersiva Digital interruption, do Coletivo Zilch; Biohappenings, projeto audiovisual de Pedro de Freitas Veneroso; a instalação audiovisual A floresta, da Banda Esquizofônica; e a instalação De novo Ercília, que propõe um espaço vestível sonoro, de Graziele Lautenschlaeger e Digwu.
Estão abertas as inscrições para os programas de residência artística que têm por objetivo fomentar a produção de obras desenvolvidas a partir da intersecção de arte e tecnologia. O programa nacional se desenvolve no laboratório de novas mídias do MIS, o primeiro media lab situado em um museu público brasileiro, e o internacional em instituições parceiras do Museu no Canadá, na Espanha e Holanda. Confira as Convocatórias abaixo.
AnexoTamanho
labmis_eng.pdf63.08 KB
convocatoria_residencia_labmis_2012_final.pdf35.9 KB
ficha_de_inscricao_nacional.pdf66.74 KB
convocatoria_residencia_internacional_labmis_2012.pdf54.13 KB
ficha_de_inscricao_internacional.pdf


fonte:
http://www.mis-sp.org.br/labmis/selecaoeeditais

XXIII Feira do Livro de Antropologia e História


18:00 hrs.
MÉXICO-BRASIL 
Heritage aqui e ali: o Brasil eo México
participarão Luiz Fernando de Almeida (Presidente do Instituto do Patrimonio Histórico e Nacional de Arte-Brasil) e Alfonso de Maria y Campos (Diretor Geral do INAH) AUDITÓRIO Tlaloc



PROGRAMA
Quinta-feira 22 de setembro
Tempo
Actividade e à localização
11:00 hrs.
ABERTURA
cerimônia de premiação Antonio García Cubas Jaime Torres Bodet Auditório
Inaugural de turismo
PÁTIO CENTRAL
13:00 hrs.
IV ENCONTRO DAS LÍNGUAS EM PERIGO 

Tabela 1 
línguas indígenas em situação de risco na Argentina , Pedro Viegas Barros (Universidad de Buenos Aires)chilena línguas indígenas em situação de risco , Elisa Loncon Antileo (Universidade de Santiago de Chile)línguas indígenas brasileiras em situação de risco , Aryon Dall "Inácio Rodrigues (Universidade de Brasília) As línguas indígenas do México em risco , Rosa María Torres Rojas (INAH Inali) Moderadores: Dora Pellicer Francisco Barriga Jaime Torres Bodet Auditório






13:00 hrs.
EDITORIAL DE APRESENTAÇÃO 
educação ambiental e pesquisa e sustentabilidade. Ambientes de perto a evolução por vir , Raul Calixto Flores, Mayra Garcia-Ruiz e Daniel Martinez Gutierrez
Mexico State College, AC
Presidente: Dr. José Alejandro Vargas Castro Fray Bernardino de Sahagun Auditório
17:00 hrs.
IV ENCONTRO DAS LÍNGUAS EM PERIGO 

Tabela 2
Projeção dos vídeos Vozes designação, de Nikolenko Beltran Mejia Ermenec Voices em perigo por Bruno Carcamo Kiliwa O declínio de Rodrigo Iturralde González e Georgina de bate-papo com os realizadoresModerador: Francisco Barriga JAIME TORRES AUDITÓRIO Bodet






17:00 hrs.
INTRODUÇÃO EDITORIAL 
A arquitetura de significado , Julieta Haidar e Graciela Sanchez Guevara
ENAH
Presents: Tlaloc AUDITÓRIO
17: 00 hrs.
EDITORIAL APRESENTAÇÃO 
Poder e governo local no México 1808-1857 , Birrichaga Diana, Antonio Escobar, Salinas Carmen (coordenadores)
O Mexico State College, AC
Presidente: Dr. José Alejandro Vargas Castro Fray Bernardino de Sahagun Auditório
18:00 hrs.
APRESENTAÇÃO EDITORIAL 
cruzamento Horizons: O Cerro de las Campanas e da história da Guerra do México , por Alfredo Flores Moreno
Universidade Autônoma Metropolitana
Apresentado por: Bernardino de Fray Auditório Sahagun
18:00 hrs.
MÉXICO-BRASIL 
Heritage aqui e ali: o Brasil eo México
participarão Luiz Fernando de Almeida (Presidente do Instituto do Patrimonio Histórico e Nacional de Arte-Brasil) e Alfonso de Maria y Campos (Diretor Geral do INAH) AUDITÓRIO Tlaloc
19:00 hrs.
EDITORIAL DE APRESENTAÇÃO 
Codex Colombino. A nova história de um ex-governante
Análise e interpretação de Manuel A. Lejarazu Hermann
-INAH CONACULTA
Apresentado por: Manuel Hermann Lejarazu, Cecilia Rossell, Laura Elena Sotelo e Maria Luisa Alvarez Icaza
Moderador: Julieta Gil Elorduy Fray Bernardino de Sahagun Auditório
19:00 hrs.
EDITORIAL DE APRESENTAÇÃO 
Jornal Antropologia não. 89. Imagem e olhar multidisciplinar , Ireri Benigno de la Peña e Casas, coordenadores
CONACULTA-INAH
Apresentado por: Rosa Rodriguez e Gina Casanova
Moderador: Benito Taibo AUDITÓRIO Tlaloc
Actualizado em quarta-feira, 7 de setembro, 2011 00:27
 fomte: