quarta-feira, 12 de outubro de 2011

"Paris é sexy", exclamou em entrevista coletiva realizada no Museu do Erotismo de Paris


Festival de Cinema Sexy busca olhar sensual dos filmes


Festival de Cinema Sexy de Paris inaugura na próxima sexta-feira (14) sua terceira edição com mais de 20 obras que buscarão revelar um olhar sensual na cena cinematográfica da França, explicaram os organizadores do evento.



"Paris é sexy", exclamou em entrevista coletiva realizada no Museu do Erotismo de Paris a diretora do festival, Natalie Vella, que importou este formato da Austrália para proporcionar à capital francesa um espaço que abrigue títulos ausentes do circuito dos festivais eróticos e pornográficos.
Para isso, a programação conta com filmes vanguardistas, essencialmente curtas-metragens, procedentes do Canadá, Reino Unido, Israel, Estados Unidos, França, Alemanha, Japão, Grécia e Irlanda, dentre outros, que pretendem mostrar "o limite do que se denomina 'sensualidade branda'".
Segundo Natalie, as projeções serão realizadas no cinema Le Nouveau Latina de Paris dias 14 e 15 de outubro, com a intenção de beirar os limites e de provocar. "Gosto da ideia da provocação", ressaltou a diretora.
A diretora da mostra explica que a maior luta é conseguir patrocinadores, dinheiro. "As pessoas são muito conservadoras. A gente pode pensar que o sexo vende, mas as pessoas são muito cuidadosas com o investimento em algo que é novo, especialmente em Paris".
Para Oscar Sisto, professor de teatro e membro do júri, "o erotismo é psicológico, não sexual", e o cinema sexy deve mostrar um "sexo com poesia". Seu critério como jurado será encontrar "criadores" que apresentem "um olhar diferente sobre o sexo, sobre o erotismo", destacou.
A dançarina Mariana Baum, também membro do júri, disse à Agência Efe na apresentação da mostra que o sexy é o que "provoca uma cosquinha e faz com que os olhos se abram subitamente com interesse".
"Para mim, a diferença é que o sexy é o que me permite fantasiar, embora sem cenas explicitamente eróticas ou com nudez, enquanto às vezes cenas que apresentam todos esses elementos não provoquem essas cosquinhas", explicou.

fonte:

Ibram abre três editais do Programa de Fomento aos Museus 2011




O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) está com três editais do Programa de Fomento aos Museus com inscrições abertas, são eles: Modernização de Museus, Mais Museus e o Edital para Criação e Fortalecimento de Sistemas de Museus.


Em sua quarta edição, o Edital Mais Museus visa o conveniamento de projetos para a implantação de museus em municípios com até 50 mil habitantes e que ainda não possuam instituição museológica instituída. Podem participar pessoas jurídicas de direito público e de direito privado sem fins lucrativos, com finalidade cultural. No caso de pessoas jurídicas de direito privado deverão ser instituídas há no mínimo três anos. Os projetos atendidos terão valores entre R$100.000,00 e R$150.000,00.


O Edital Criação e Fortalecimento de Sistemas de Museus, que está em sua primeira edição, é voltado para entidades públicas que atuam no âmbito museal e visa o apoio à estruturação, modernização e fortalecimento do Sistema Brasileiro de Museus. Podem participar entidades públicas, nos âmbitos municipal, estadual e distrital.


Os dois concursos e o Modernização de Museus fazem parte do Programa de Fomento aos Museus Ibram 2011, que consiste em prêmios e projetos relacionados à construção e modernização de museus, ao incentivo a artistas contemporâneos, à divulgação do tema museu em diversas mídias e ao apoio a iniciativas e experiências de memória social desenvolvidas por comunidades e grupos populares.


São mais de 16 milhões de reais em recursos financeiros para dez editais. Esses recursos são resultado de emendas parlamentares apresentadas pelo Congresso, do orçamento do Fundo Nacional de Cultura/MinC. Os interessados em participar podem inscrever os projetos por meio do Sistema SalicWeb, que pode ser acessado pelo portal do Ministério da Cultura e no site do Ibram.
Os editais estão disponíveis para consulta na página do Ibram, na Seção Prêmios, Editais e Concursos. Mais informações pelo email fomento@museus.gov.br


fonte:
http://www.odocumento.com.br/noticia.php?id=374409