quinta-feira, 27 de outubro de 2011

O conceito que se tem de museu mudou muito! Basta olharmos para...


Museu da Universidade do Extremo Sul Catarinense: um lugar de encontro com a memória, história e formação cultural


O conceito que se tem de museu mudou muito! Basta olharmos para o século XIX quando foi caracterizado como um lugar restrito e silencioso, destinado a dar destaque e distinção a alguns bens culturais, sacralizando-os, tendo em seus objetos o centro da atenção museal. Hoje no século XXI os museus são espaços vivos, dinâmicos, que preservam e divulgam a cultura e a natureza, favorecendo a produção de sentidos, tendo o seu enfoque na relação que estabelecemos com eles. 

Diante de tantas reflexões sobre a história, memória, cultura e sujeito, torna-se evidente a importância do acesso aos diferentes bens culturais produzidos pela humanidade que se ressignificam a cada momento, dignificando o olhar e ampliando nosso repertório estético. Muitos espaços oportunizam o encontro direto do sujeito com a arte, com sua história e suas memórias, como as galerias e museus, por exemplo. Tais espaços contribuem para a comunicação, fruição, pesquisa, ensino e entretenimento dos sujeitos com suas histórias. Democratizar, facilitar, visitar esses espaços e poder fruir dos diferentes acervos que ali se encontram não só amplia o repertório do espectador, como também modifica algo - no olhar, no sentir e no perceber.

A partir desses princípios é que, desde 2002, a Unesc criou o Muesc - Museu da Universidade do Extremo Sul Catarinense -, com a missão de "preservar e comunicar os testemunhos materiais e imateriais, as histórias, as memórias e os saberes produzidos por diferentes sujeitos e lugares por meio do ensino, pesquisa e extensão, democratizando o acesso à cultura, ao entretenimento e à formação cultural". 

Atualmente o Muesc conta com cinco museus: Museu de Zoologia Professora Morgana Cirimbelli Gaidzinski; Museu da Infância; Cedoc - Centro Regional de Documentação e Memória; Herbário Pe. Raulino Reitz; Setor de Arqueologia. Os museus que integram os acervos da instituição têm como objetivos: propiciar pesquisas em suas áreas de concentração; promover exposições para a visitação pública; colaborar na formação e aperfeiçoamento de profissionais e docentes; possibilitar o desenvolvimento de estudos sobre o patrimônio e manifestações socioculturais do sul catarinense; responsabilizar-se pela guarda, catalogação e preservação de seu acervo, disponibilizando-o para uso científico, educativo e cultural, mantendo intercâmbio com outras entidades congêneres. 

Cada museu que compõe o Muesc desenvolve ações na área de pesquisa, programas educativos e áreas expositivas. A diversidade do acervo torna a instituição um espaço de encantamento, de vivência, de história. Nosso intuito é difundir cada vez mais o encontro dos sujeitos com os diferentes acervos, desmistificando o gesto de ir ao museu enquanto algo que remete ao "velho não atrativo". É preciso romper com as barreiras que construímos de que a arte/cultura é para poucos, pois as intenções dos museus mudaram. Os objetivos de outrora não sustentam mais as necessidades do sujeito que hoje frequenta os museus.

Nesse sentido buscamos expor diferentes acervos por meio de temáticas diversas, garantindo ao público visitante - crianças, alunos, professores, funcionários e comunidade em geral - uma experiência que, para além da contemplação, os transforma em sujeitos críticos, com potência de criação, quando ao serem instigados e tocados pelas temáticas, constroem seus conhecimentos, apropriando-se do museu como um espaço de descoberta, de encontros, de confrontos, de diversidade, de cidadania. Um museu para todos, com linguagens diversas e espaços múltiplos diluídos pela universidade na perspectiva de museu sem paredes, que convida o visitante a olhar, interagir, (re) significar e (re) visitar a história dos diferentes lugares e tempos de nossa região.

Por isso, você é nosso/a convidado/a! Visite o Muesc e venha tecer diferentes encontros com memórias, sujeitos, práticas e saberes. Nosso acervo encontra-se no site: www.unesc.net/muesc e visitas mediadas podem ser agendadas pelo fone (48) 3431-2774. 

Nas próximas semanas, você conhecerá um pouco mais de cada um dos museus que formam o Museu da Universidade do Extremo Sul Catarinense. Visite, o museu é seu!

Professor Marcelo Feldhaus - Coordenador do Muesc


fonte:
http://www.atribunanet.com/noticia/museu-da-universidade-do-extremo-sul-catarinense-um-lugar-de-encontro-com-a-memoria-historia-e-formacao-cultural-71391