Listen to the text.

sábado, 29 de outubro de 2011

Teórico francês palestra na UFPA sobre Museologia e paradigmas contemporâneos

O francês Hugues de Varine-Bohan, formulador do conceito de Ecomuseu, está em Belém para ministrar a palestra “Conceitos, práticas e desdobramentos da Nova Museologia no Séc. XXI”, promovida pelo Curso de Museologia da Faculdade de Artes Visuais/ Instituto de Ciências da Arte da UFPA em parceria com o Ecomuseu da Amazônia.


A palestra aborda os novos modelos de museus, destacando os paradigmas científico-filosóficos contemporâneos em oposição ao modelo tradicionalista cartesiano.


Para Varine, o "novo museu" é diferente do "museu" tradicional em três vértices principais. Uma vertente é o realce dado ao território, seja meio ambiente ou local, em vez de se realçar o prédio institucional. Outro ponto está na ênfase colocada no patrimônio, em vez de ser dada à colecção e por fim, a importância dada comunidade em oposição ao enfoque dado aos visitantes nos museus tradicionais.


Em Belém, uma experiência de destaque tem sido o Ecomuseu da Amazônia (http://ecomuseuamazonia.blogspot.com/), que  realiza diversas ações e projetos educacionais e culturais com as comunidades das ilhas de Cotijuba, Mosqueiro e Carateteua.


A Palestra vai acontecer dia 27/10, às 14h, no Auditório do Setorial
Básico 2 (em frente ao CAPACIT – Portão 2).


Sobre Hugues de Varine-Bohan -  é Consultor em Desenvolvimento Comunitário. Um dos mais importantes pensadores sobre o conceito de Ecomuseu. Especialista em gestão de projetos e desenvolvimento local, ação comunitária, regeneração urbana, revitalização rural e desenvolvimento sustentável. Presidente Honorário do Ecomuseu Comunitário do Creusot, França. Membro fundador do MINOM – Movimento Internacional para uma Nova Museologia e Ex-presidente do Conselho Internacional de Museus – ICOM.

--
Luciane Bessa

Coordenação de Produção e Comunicação
Instituto de Ciências Arte/UFPA




fonte:
http://www.ica.ufpa.br/index.php?option=com_content&view=article&id=417:teorico-frances-palestra-na-ufpa-sobre-museologia-e-paradigmas-contemporaneos&catid=6:videos

Mitchell aceitou devolver a câmara de filmar à NASA, que por sua vez a encaminhará para o Museu Nacional do Espaço, em Washington.


Astronauta tem de devolver à NASA câmara usada na Apolo


Astronauta tem de devolver à NASA câmara usada na Apolo
Mitchell aceitou devolver a câmara de filmar à NASA, que por sua vez a encaminhará para o Museu Nacional do Espaço, em Washington.
O ex-astronauta Edgar Mitchell, que foi processado pela Nasa (Agência Espacial Americana) por tentar vender uma câmara de filmar que usou na Apolo 14 durante a missão à Lua, chegou nesta sexta-feira a um acordo para resolver o caso sem ir a julgamento.
Edgar Mitchell aceitou devolver a câmara de filmar à NASA, que por sua vez a encaminhará para o Museu Nacional do Espaço, em Washington.
O antigo astronauta tentou vender recentemente num leilão a câmara usada na missão espacial da Apolo 14 à Lua em 1971. Mas a NASA colocou-lhe um processo por considerar que aquela câmara lhe pertencia.
O advogado do ex-astronauta chegou a defender que a NASA tinha dado a câmara ao seu cliente nas celebrações dos 40 anos da missão espacial. O equipamento seria leiloado por cerca de 50 mil euros.
Mitchell foi o sexto astronauta a pisar na Lua.

fonte:

Moscou ganha seu primeiro museu subterrâneo


O Museu de Belas-Artes Pushkin, em Moscou, vai abrir a sua primeira exposição subterrânea. A estacão Volkhonka do Metrô – local escolhido para ser a filial do Museu – receberá as obras entre 2015 e 2016. A iniciativa, que partiu do próprio Museu, contou com o apoio do Instituto Metrogiprotrans, que será responsável pelo projeto.
O Museu Pushkin é o maior de Moscou dedicado à arte europeia, e um dos maiores do mundo nesse gênero. Atualmente, o Pushkin preserva um acervo de mais de 500 mil obras de arte, entre pinturas, esculturas, gravuras, desenhos, artes decorativas, arqueologia, fotografia e numismática.
A coleção de pinturas é a mais importante, enriquecida com peças levadas de São Petersburgo e doações moscovitas, além de transferências de outros museus, como o Hermitage. A coleção do Museu de Belas-Artes Pushkin tomou sua forma atual com a incorporação de séries de pinturas francesas do fim do século XIX e do começo do século XX, procedentes do Museu de Arte Nova do Ocidente, em Moscou.

fonte:

Copa 2014: MinC realizou, em Salvador, reunião sobre Cultura, Educação e Ação Social

O Ministério da Cultura realizou nos dias 26 e 27 de outubro, em Salvador, a terceira reunião da Câmara Temática de Cultura, Educação e Ação Social do Governo Federal para a Copa de 2014. O encontro, que acontece no Museu Numismático Eugênio Teixeira Leal, no Pelourinho, centro histórico da cidade, tem como objetivo a apresentação das diretrizes voltadas para a Educação, a consolidação das propostas para as áreas de Cultura e Ação Social, apresentadas na última reunião, e o relato de experiências locais para a Copa de 2014.

“É uma grande conquista para a Câmara Temática esta reunião acontecer em Salvador. Queremos mais reuniões fora de Brasília, pois possibilita maior transparência do debate público sobre a Copa”, anunciou a Diretora de Educação e Comunicação do MinC e coordenadora da Câmara Temática, Juana Nunes.

Ela informou que a Câmara Temática já se reuniu duas vezes em Brasília, quando foram apresentadas as propostas e diretrizes das ações sociais e culturais a serem desenvolvidas durante os jogos do Mundial de 2014. “Nestes dois dias vamos consolidar essas propostas e apresentar as ações voltadas para a área de educação”, anunciou.

Ney Campello, Secretário de Estado da Copa, agradeceu a presença de todos os representantes das 12 cidades-sede do Mundial e disse que a expectativa é muito grande em relação a essa reunião. “No primeiro ciclo das reuniões sobre a Copa o foco foi as obras de infraestrutura e agora o foco é de geração de legados e esse legado contribuirá muito com o Estado e com o país”, acrescentou.

Na parte da manhã, Leandro Fialho, representante do Ministério da Educação, apresentou as diretrizes para a Educação e disse que há um olhar multidimensional para inserir a educação para além da Copa de 2014. “Queremos, com o Programa Mais Educação, criar uma escola que tenha ambiência e que os alunos gostem de estudar”, comentou o representante do MEC.

Ações consolidadas
Na parte da tarde, a assessora especial da Ministra da Cultura, Morgana Eneile, consolidou, em parceria com representantes das cidades-sede da Copa, as diretrizes da Cultura. Foram consolidadas 45 ações em cinco eixos prioritários: promoção de valores éticos, da cidadania, da cultura da paz e da participação social; promoção da economia criativa, da infraestrutura cultural e a sustentabilidade das ações culturais; promoção do patrimônio, da memória dos museus e do turismo cultural; promoção da diversidade das expressões culturais; e promoção da produção e difusão de conteúdos audiovisuais que valorizem a diversidade cultural brasileira.

Morgana Eneile frisou a importância de, a partir de agora, se iniciar o diálogo com os gestores da área cultural para operacionalizar o planejamento que foi construído até o momento. Depois da validação das propostas, os projetos serão encaminhados e avaliados pelo Comitê gestor da copa – GECOPA.

Participantes
Participaram da abertura do evento o secretário Estadual da Copa do Mundo (Secopa), Ney Campello, o gestor do Escritório Municipal da Copa (ECOPA), Leonel Leal, o secretário de Cultura do estado da Bahia (Secult), Antônio Albino Rubim, o vereador municipal e responsável pelo acompanhamento da Copa na Câmara Municipal, Sandoval Guimarães, o assessor-chefe da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Eliezer Cruz, e o assessor especial da Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda do Estado, Javier Alfaya. As informações são do MinC.



fonte:
http://www.correio24horas.com.br/esportes/detalhes/detalhes-1/artigo/copa-2014-minc-realizou-em-salvador-reuniao-sobre-cultura-educacao-e-acao-social/?id=152&tx_ttnews%5Btt_news%5D=146868&cHash=79fb9427873c638738814adc562cfee0