sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Museu da Energia de Itu abre vagas para estagiários

Universitários devem enviar currículo via e-mail.

O Museu da Energia de Itu abre processo seletivo de 26 de janeiro a 09 de fevereiro para duas vagas de Educador. Podem concorrer as vagas, universitários a partir do 2º semestre, dos cursos de Pedagogia, Turismo, Biologia, História e Educação Artística; e alunos dos Cursos Técnicos de Turismo e Meio Ambiente.

Os interessados devem encaminhar currículo para o e-mail: itu@museudaenergia.org.br.

Informações sobre a Vaga
Vagas: 2
Título: Educador
Regime: Contrato de 1 ano
Descrição do Cargo: administrar o atendimento ao público; organização em geral (documentos/monitoramento); Auxílio no desenvolvimento de pesquisas e atividades educativas, entre outros.
Perfil do Candidato: 
- Universitário (2º semestre) dos cursos: Pedagogia, Biologia, Turismo, Educação Artística e História;
- Curso Técnico Turismo ou Meio Ambiente;
- Comunicativo, organizado, dinâmico, boa expressão oral e escrita, facilidade de adaptação a novas situações, bom relacionamento interpessoal, interesse em museus histórico-científico e ações educativas para espaços museológicos.

Informações sobre o local de trabalho
O Museu da Energia de Itu pertence à Fundação Energia e Saneamento e está localizado no Centro da Estância Turística de Itu, preparado para receber visitas de escolas e grupos em geral.

A Fundação foi criada em 1998 e abriga um significativo acervo arquivístico, bibliográfico, museológico, arquitetônico e ambiental, integrado à sua missão de preservar e divulgar o patrimônio histórico e cultural dos setores de energia e saneamento, através de projetos de educação e cultura.

No Museu da Energia de Itu são desenvolvidas atividades em educação, cultura e recreação por meio de visitas orientadas.
Informações sobre o Processo Seletivo
Currículos deverão ser encaminhados para o e-mail: itu@museudaenergia.org.br

Período: 26 de janeiro a 09 de fevereiro de 2012.

fonte:

MinC inaugura na Bahia sua sétima representação regional

Conforme anunciado o ano passado, pelo secretário-executivo do MinC, Vitor Ortiz, foi inaugurada na tarde da última sexta-feira (20/01), uma Representação Regional do Ministério da Cultura na Bahia (Rua Ignácio Acioly, no Pelourinho, em Salvador), a sétima no país. A presença do MinC em Salvador foi saudada por artistas, produtores e gestores culturais como passo importante para o fortalecimento de políticas culturais da pasta, considerado como uma importante oportunidade para a articulação com iniciativas já realizadas em nível local.

De acordo com a representante da Regional Bahia, Monica Trigo, a inauguração da sede consolida o trabalho realizado ao longo dos últimos 12 meses. “As representações regionais são fundamentais para a implementação e acompanhamento das políticas públicas culturais e contribui muito com a divulgação de informações sobre os programas, projetos e atividades do Ministério”, destacou.

fonte:

Sertão nordestino é tema de exposição em SP

Até 1º de abril o Museu Afro Brasileiro apresenta a exposição  O sertão: da caatinga, dos santos, dos beatos e dos cabras da peste com cerca de 800 obras, palestras e oficinas.

Além de pinturas, esculturas (entre elas muitas são ex-votos), tem fotografias, documentos e até roupas. Com  cenários e recursos multimídia a mostra tem como objetivo ajudar o visitante a compreender o ambiente e cultura do povo que vive no sertão nordestino.


Visitação de terça a domingo das 10h as 17h – Grátis
Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº – Pavilhão Padre Manoel da Nóbrega – Parque Ibirapuera – Portão 10 – São Paulo

fonte:
Babel das Artes

Unesco contrata consultores para atuar na Diretoria de Educação a Distância e Básica Presencial da Capes

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) divulga o edital nº 01/2012, que traz informações sobre a contratação de consultoria especializada para elaboração de estudo propositivo referente ao processo de organização e disseminação de documentos, informações e orientações relativos aos programas de fomento à formação de professores e valorização do magistério da Educação Básica e aos polos de apoio presencial da Universidade Aberta do Brasil (UAB).

Para candidatar é necessário graduação preferencialmente nas áreas de ciências humanas ou sociais aplicadas e pós-graduação nas áreas de administração, educação ou ciência da informação. Também é necessário experiência mínima de dois anos em projetos e/ou pesquisa no uso de tecnologias voltadas para educação a distância (EaD) e desejável experiência com ambientes virtuais de aprendizagem (AVAs) e em diagnósticos institucionais.

A vigência do contrato será de quatro meses (de 13 de fevereiro a 15 de junho) e o valor total do contrato para o período é de R$ 30 mil.

Os interessados deverão enviar o CV até o dia 1º de fevereiro para o e-mail cgti@capes.gov.br, indicando o número do edital (01/2012). Serão desconsiderados os CVs remetidos após a data limite indicada neste edital.

Mais informações no Termo de Referência disponível na página da Capes. 

As obras do Kremlin

O Kremlin de Moscou é um conjunto único de museus e, ao mesmo tempo, é a residência do poder central da Rússia. Qual destas funções é mais importante para o país, para a sociedade, para os moscovitas?



Foto: RIA Novosti




Este tema está agora sendo discutido e existem as mais variadas opiniões.
Por exemplo, a questão se coloca em relação ao grande prédio administrativo do Kremlin onde, desde o Verão do ano passado, estão decorrendo obras de reabilitação. Será que os funcionários da Administração Presidencial voltarão para lá após as obras ou passarão para um outro edifício, mais moderno e mais confortável, que melhor corresponda às suas atuais necessidades?
O dirigente do serviço de imprensa da Direção de Gestão do Património da Presidência da Rússia, Viktor Khrenov, explica o que está sendo feito.

– Se trata de uma estrutura complexa, o prédio foi construído nos anos 1930 e praticamente não tinha tido obras de reabilitação. Mas a questão não é só reabilitar o edifício mas também criar condições adequadas para os serviços da Administração Presidencial, para o Serviço de Guarda (serviços de segurança), que lá trabalham.

Aliás, se os serviços e departamentos regressarem a este prédio, deverá ser por pouco tempo já que, de acordo com o plano aprovado de ampliação do território da capital, uma série de entidades públicas, entre as quais a Administração Presidencial, deverão ser instaladas nos arredores de Moscou.

Há quem considere mais adequado desenvolver vertente museológica do Kremlin. Esta ideia é defendida pelo ministro da Cultura, Aleksandr Avdeev, que propõe organizar um novo museu no referido prédio administrativo agora em obras. Esta proposta tem os seus fundamentos. Os museus do Kremlin precisam urgentemente de novas áreas, precisam de locais para guardar as obras, como muitas vezes já disse a sua diretora, Elena Gagarina.

– A nossa tarefa principal é libertar os monumentos do Kremlin de funções que não lhes são próprias, retirar daqui todos os armazéns, as oficinas de restauro, os escritórios que ainda continuam a existir e mudá-los para fora das muralhas do Kremlin.

No entanto, a proposta mais radical partiu do conhecido galerista Marat Gelman. Segundo ele, todo o Kremlin deve ser transformado numa zona museológica, ou seja, “fazer do centro histórico da Rússia um local verdadeiramente histórico”. Na verdade, Marat Gelman tem bastantes apoiantes. Entre eles, está, por exemplo, o coordenador do movimento cívico Arkhitecturni Nadzor, Konstantin Mikhailov, que aliás é membro da Câmara Social da Federação Russa. Ele considera que o Kremlin deve ser um espaço público, ou seja, uma zona de acesso livre. No entanto, é preciso bastante cautela no que se refere a dar livre acesso aos vários edifícios do Kremlin, de maneira a não alterar o estado de conservação deste extraordinário conjunto arquitetónico que, atualmente, podemos considerar como praticamente ideal.

fonte:

Cultura indígena

O Museu do Índio de Embu das Artes (Rua da Matriz, 54, Centro) é o caminho mais curto para conhecer a cultura indígena. Num espaço privilegiado, no Centro Histórico, o museu, planejado pelo artista plástico, pesquisador da cultura indígena e escritor Walde-Mar, guarda peças valiosas dessa cultura e é talvez um dos mais dinâmicos museus do País. 

É também um espaço de pesquisa, com auditório no qual são ministrados cursos que estão na grade da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Campus de Extensão Embu das Artes. 

Está aberto a visitação, a visitas monitoradas e a palestras que podem ser agendas num programa conjunto, por entidades ou grupos, com preços a combinar.Funciona de terça a domingo, das 10 às 18h. Entrada: R$ 3 (menores de 7 e maiores de 60 não pagam). Informe-se no Centro de Atendimento ao Turista (CAT), Largo 21 de Abril, 139, Centro Histórico, telefone 11 4704-6565.





image
















fonte:

RIO DE JANEIRO - As melhores exposições da cidade - 27 de janeiro a 2 de fevereiro

MAIS DE 70 indicações, no Rio de Janeiro  Confira...

Cultura - Programa -

fonte:
http://www.jb.com.br/programa/noticias/2012/01/26/as-melhores-exposicoes-da-cidade-27-de-janeiro-a-2-de-fevereiro/

No CCBB RJ --- ÍNDIA! - A mostra explora os mais...

ÍNDIA! - A mostra explora os mais diversos aspectos desse país multifacetado por meio de quase 400 peças em uma viagem pelos últimos dois mil e duzentos anos de história. É a maior exposição de cultura indiana já realizada no País, com obras pertencentes ao Museu de Arte Asiática de Berlim (Alemanha), ao Museu Rietberg de Zurique (Suíça), ao Museu Nacional de Etnologia de Leiden (Holanda) e a coleções particulares, além de fotografias antigas, itens de arte popular e de arte contemporânea cedidos por artistas e instituições privadas na Índia. Centro Cultural Banco do Brasil, Rua Primeiro de Março, 66, Centro (3808-2020). 3ª a dom., das 10h às 21h. Grátis. Até 29 de janeiro. O CCBB RJ estende o seu horário até meia-noite, nos dias 27, 28 e 29 de janeiro. 
ÍNDIA - O CCBB RJ estende o seu horário até meia-noite, nos dias 27, 28 e 29 de janeiro
ÍNDIA - O CCBB RJ estende o seu horário até meia-noite, nos dias 27, 28 e 29 de janeiro
ÍNDIA - LADO A LADO, sob curadoria de Tereza de Arruda, reúne pintura, escultura, instalação, fotografia e vídeo de 18 artistas e dois coletivos, todos vivendo na Índia e atuando internacionalmente. A mostra é parte do evento ÍNDIA! Instalados em 900 m2 do CCBB, os cerca de 40 trabalhos selecionados, inéditos no Brasil, expressam momentos distintos da cultura indiana ligados a questões históricas, sociais, econômicas, urbanísticas, entre outras, encobertas por narrativas em parte lúdicas e cotidianas, impregnadas de resolução estética marcante. Centro Cultural Banco do Brasil, Rua Primeiro de Março, 66, Centro (3808-2020). 3ª a dom., das 10h às 21h. Grátis. Até 29 de janeiro. 

fonte:

CCDRC cria roteiro de museus - PORTUGAL

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) acaba de criar um portal dedicado aos museus e espaços museológicos da região Centro. A iniciativa vem na sequência da edição de um livro dedicado ao tema.
O portal referencia mais de três centenas de estruturas museológicas, desde os museus da região, que pertencem à Rede Portuguesa de Museus, a pequenos espaços de recolha etnográfica local./
A plataforma pode ser consultada em http://roteiromuseus.ccdrc.pt/ ou através do portal da CCDRC ( www.ccdrc.pt ). 

O portal disponibiliza a informação constante no livro, permite pesquisas e a georreferenciação dos espaços (através do Google Maps). 

Este projecto vem na sequência de outros que foram recentemente apresentados, como o Datacentro ( http://datacentro.ccdrc.pt/ ) e a Biblioteca Digital da CCDRC ( http://bibliotecadigital.ccdrc.pt/ ), e que têm por objectivo comum a partilha da informação com o público em geral.

fonte: