Listen to the text.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

São Sebastião - III Caiçararte agita São Sebastião no feriado de 1º de maio

Litoral Norte - A terceira edição do Festival da Cultura Caiçara de São Sebastião, o “Caiçararte”, a ser promovido de sexta-feira (27) a domingo (29) pela Administração Municipal, por meio de Sectur (Secretaria de Cultura e Turismo), contará este ano com o apoio da Secretaria de Cultura do Estado.




A parceria faz parte da pasta da Assessoria de Cultura para Gêneros e Etnias, que contribuirá para as apresentações de diversos grupos culturais. Todas as outras atrações do evento são realizadas pela prefeitura sebastianense.

Serão três dias de atividades culturais e artísticas que agitarão a cidade. Haverá exposição de artesanato, a tradicional corrida de canoas, apresentações de dança, além do seminário sobre sustentabilidade que abrirá uma discussão sobre a reserva sustentável de caxeta, taboa e madeira.

O seminário contará com participação dos secretários de Cultura e Turismo, Marianita Bueno, e Meio Ambiente, Eduardo Hipólito do Rego, do gerente do núcleo de São Sebastião do Parque Estadual da Serra do Mar, Edson Lobato, da analista ambiental do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), Kelen Leite, além do público a ser formado, em grande parte, por artesãos e interessados no tema.

Programação

O Festival começará na sexta-feira (27), a partir das 14h, na própria Sectur, com a tradicional farinhada e o café de garapa, feitos pelo mestre farinheiro Reinaldo Joaquim de Santana, o Contrapino.

Às 18h, será aberta a exposição de artesanato caiçara e indígena. Na sequência, a partir das 19h, o público poderá conferir as apresentações de puxada de rede e moçambique, da turma do mestre Angolinha, de Caraguatatuba; Folia de Reis, do bairro Pontal da Cruz, região central de São Sebastião; recital de poesias, declamadas por Geraldo de Buta e convidados;  Fandango, do grupo da Fundart, de Ubatuba; e a banda sebastianense “Detecta Metais”.

Seminário

No sábado 28, na parte da manhã, às 8h30, haverá o seminário de cultura caiçara “Reserva extrativista e sustentável de caxeta, barro, taboa e madeira para fazer canoa”, a ser realizado no Centro Cultural Batuíra, bairro de São Francisco.

Segundo o secretário da Semam, Eduardo Hipólito, sua palestra abordará o tema tratado com foco para diversos públicos. “Como a maioria das madeiras utilizadas para o artesanato está na área do Parque Serra do Mar, e são produtos da natureza que foram explorados sem consciência por muito tempo, é importante a realização de eventos como este. É um assunto polêmico e é difícil de encontrar encontros que debatam este tema para esclarecer as dúvidas frequentes da população”, explicou.

Para esta palestra são esperados mais de 30 estudantes do curso de MBA – Negócios da Sustentabilidade, da Universidade Católica de Santos (UniSantos). “Aproveitei a oportunidade até para aplicar o assunto com meus alunos”, revelou o secretário e professor.

“Os pós-graduandos podem contribuir no auxílio aos artesãos para uma extração da madeira que degrade menos o Meio Ambiente, ao montar um plano de manejo, como uma boa forma de coleta”, acrescentou.

Já no período da noite as atrações serão retomadas em frente à Sectur. Às 19h, o grupo Raizes do Litoral, de Ilhabela, dará início à programação noturna, junto à participação da Folia do Furtado, do bairro Pontal da Cruz, do Quarteto D – Cia Teatral, e do grupo Caiçaríssimo, com Neide Palumbo, Iara e Luis Fernando.

Corrida de canoa

A manhã do domingo 29 promete muita animação àqueles que comparecerem à Rua da Praia, onde está prevista a realização da tradicional corrida de canoas, às 9h.

Já na tarde do mesmo dia, a partir das 16h, o público poderá prestigiar as apresentações indígenas, de maculelê e de puxada de rede do grupo Mareboi – Boizinho de retalhos do bairro Maresias, Costa Sul da cidade; e do Fuá de Ca, de Caraguatatuba, além do filme O cinema e o caiçara, de Edivaldo Nascimento.

Para finalizar a programação, haverá um baile com o grupo de Fandango de Cananéia, às 18h.

Paralelo às apresentações, o evento ainda contará com o Festival Gastronômico, com a participação dos restaurantes da Rua da Praia.

fonte:
http://www.onoticiado.com.br/index.php/noticias/sao-sebastiao/13502-sao-sebastiao-iii-caicararte-agita-sao-sebastiao-no-feriado-de-1o-de-maio.html

Museu da Música de Itu busca parceria para projetos culturais

Entidade busca ampliar atuação na cidade.

Foto
O Museu da Música - Itu é gerido por uma associação de amigos intitulada Instituto Cultural de Itu   

O Museu da Música de Itu está buscando parcerias no setor privado e na iniciativa de pessoas físicas que desejem participar do financiamento de projetos culturais imediatos. Os recursos irão permitir desde a distribuição de material educativo (livros sobre história da cidade e, em especial da música local) para escolas e comunidades até a produção de novas publicações, edição de vídeo institucional e organização de acervo de obras musicais de raríssimo significado para Itu.

Os projetos são de baixo custo (entre R$ 1.000 a R$ 5.000) e buscam a participação de pessoas físicas, microempresas e empresas de médio porte que queiram envolver sua marca em projetos culturais fundamentais para a cidade.

O Museu da Música – Itu é gerido por uma associação de amigos intitulada Instituto Cultural de Itu. Segundo seu presidente, Luís Roberto de Francisco, a entidade está procurando ampliar a atuação do museu na cidade. Em 2012 estabeleceu parceria com a Secretaria Municipal de Educação e está trazendo cerca de 900 alunos das escolas públicas para ação educativa. Novos parceiros trarão a possibilidade do museu chegar a escolas e comunidades.

Itu é uma das mais antigas cidades paulstas. A produção musical ituana remonta a fins do século XVII. O Museu da Música – Itu, que hoje preserva mais de dez mil documentos está instalado em casa cedida em comodato para fins culturais, na rua Floriano Peixoto, 480, centro.

Os interessados devem procurar pelo museu através do e-mail museudamusica@itu.com.br. Empresas poderão promover marketing institucional sobre o projeto.

fonte:
http://www.itu.com.br/cultura/noticia/museu-da-musica-de-itu-busca-parceria-para-projetos-culturais-20120424

Tocha olímpica de Londres - O prêmio, concedido ao estúdio britânico de desenho Barber Osgerby, autor da peça, foi entregue pelo Museu do Desenho de Londres

Tocha olímpica de Londres ganha prêmio de Design do Ano

O prêmio, concedido ao estúdio britânico de desenho Barber Osgerby, autor da peça, foi entregue pelo Museu do Desenho de Londres


Londres - A tocha que será usada nos Jogos Olímpicos de Londres, desenhada por Edward Barber e Jay Osgerby, ganhou nesta terça-feira o prestigiado prêmio internacional de melhor design 2012.

O prêmio, concedido ao estúdio britânico de desenho Barber Osgerby, autor da peça, foi entregue pelo Museu do Desenho de Londres, que elegeu vencedores em sete categorias: arquitetura, arte digital, moda, mobília, gráficos, produtos e transporte.

O diretor do museu, Deyan Sudjic, disse nesta terça-feira em comunicado que ''não há nada mais difícil do que fazer bem e desenhar para os Jogos Olímpicos. A tocha não só captura o espírito de Londres como cidade olímpica, mas também demonstra como o desenho pode realizar as ideias tradicionais de uma maneira moderna'', disse.

A tocha percorrerá o Reino Unido pelas mãos de 8 mil pessoas até chegar ao estádio Olímpico de Londres para a abertura oficial do evento, que começará em 27 de julho e vai até 12 de agosto.A tocha de alumínio conta com pintura dourada, tem 80 centímetros de largura e pesa 800 gramas, tem 8 mil buracos, que representam às pessoas encarregadas de seu revezamento ao longo das 8 mil milhas (12.874 quilômetros).

Além disso, seu desenho triangular tem um conteúdo simbólico, pois cada um dos ângulos representa os três Jogos Olímpicos organizados nesta cidade nos anos 1908, 1948 e 2012.

O presidente do comitê organizador de Londres 2012 (LOCOG), Sebastian Coe, destacou nesta terça-feira que a tocha ''é um dos símbolos mais importantes dos Jogos Olímpicos''.

Em outra categoria, o prêmio de Arquitetura foi vencido pelo Velódromo de Londres 2012.

A tocha olímpica ficará exposta junto com os outros desenhos premiados no Museu do Desenho de Londres, até o dia 4 de julho.


Fonte: Exame.com

Museu da Casa Brasileira, São Paulo - projeção mapeada da fachada do Museu



Video de 4,14 min.

http://vimeo.com/40960344


PROJETO: Lançamento de catálogo - Lumini
DATA: 03/10/2011
CLIENTE: Lumini Equipamentos de Iluminação
LOCAL: Museu da Casa Brasileira, São Paulo
Projetores de 15.000 ANSI Lumens fazendo a projeção mapeada da fachada do Museu.
Processamento das imagens: On Media Flow
Mapping: BijaRi