Listen to the text.

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Museu de Astronomia divulga ciência durante a Rio+20


Destaque é feira com 80 trabalhos de jovens do ensino fundamental e médio. Planetário Inflável também está entre atrações que serão apresentadas, de 13 a 22 de junho, no Armazém 4 da zona portuária. 

Durante a Rio + 20, entre 13 e 22 de junho, o Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) irá apresentar no Pier Mauá inúmeras atividades de popularização da ciência. O Armazém Pop Ciência na Rio + 20, que funcionará das 9h às 18h, irá abrigar trabalhos de mais de 30 instituições de ensino e pesquisa. Além do MAST, estão entre os parceiros o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, a Prefeitura do Rio, a Fundação Xuxa Meneghel, entre outros. O evento acontece no Armazém 4 da Zona Portuária, na Avenida Rodrigues Alves, s/n°, Centro. 

O destaque da programação especial oferecida pelo MAST é a Feira de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia da Rio+20 (FEMACTRio+20). O evento irá reunir cerca de 80 trabalhos de jovens do ensino fundamental e médio de escolas públicas e particulares do estado do Rio de Janeiro, além de convidadas especiais de outros estados. A feira acontece nos dias 13 e 14 de junho, em uma área de 450 m2. A mostra apresenta trabalhos que possam contribuir para a solução de questões ligadas ao meio ambiente, sustentabilidade, circulação nas grandes cidades, produção e consumo de energia, tratamento e destinação de lixo, prevenção de desastres naturais, tecnologia social e economia solidária. 

“O objetivo é incentivar o jovem a se colocar no papel de protagonista diante dos acontecimentos na área de meio ambiente, ciência e tecnologia”, diz Douglas Falcão, Coordenador de Educação em Ciências do MAST e responsável pela FEMACTRio+20. 

Outra atração do MAST será o Planetário Inflável Digital. Em uma cúpula inflável, são projetadas imagens do céu noturno, o que oferece ao espectador a oportunidade de observar e entender os objetos e movimentos celestes. A atividade acontece durante todos os dias do evento, em sessões realizadas de hora em hora. 

O MAST também levará ao Armazém duas exposições, que ficarão abertas ao público de 15 a 22 de junho. Em “Química na História do Universo, da Terra, do Corpo”, o visitante descobrirá porque a química está no centro dos estudos sobre o meio ambiente, mudanças climáticas e sustentabilidade. Na mostra “Conhecimentos do céu, sazonalidade e sustentabilidade em representações iconográficas dos artefatos rituais indígenas”, o objetivo é apresentar como o conhecimento dos índios Ticuna do Amazonas sobre o céu e sobre a sazonalidade da chuva e da estiagem contribui para as estratégias de subsistência em termos do desenvolvimento de atividades agrícolas e pesqueiras, envolvendo a sustentabilidade econômica. 

No Armazém Pop Ciência na Rio + 20, as instituições participantes realizarão diariamente diversas atividades, como encontros virtuais entre jovens de vários locais do planeta, lançamentos de livros, palestras, oficinas e exibição de vídeos. Tudo relacionado aos temas da conferência. Destaque para a Árvore da Vida, que será alimentada por mensagens de crianças e jovens sobre a Rio + 20. www.popciencia.org.br

fonte:
http://www.revistafator.com.br/ver_noticia.php?not=205525