Listen to the text.

sexta-feira, 3 de agosto de 2012


Inscrições para a 6ª Primavera do Museus vão até o dia 10


Entre os dias 24 e 30 de setembro de 2012 acontecerá a 6ª Primavera dos Museus, período em que instituições museológicas de todo o País e, principalmente, do Estado de Mato Grosso, juntamente com o Instituto Brasileiro de Museus (Ibraim) e a Secretaria de Estado de Cultura (SEC-MT), por meio do Sistema Estadual de Museus (SEM), promoverão eventos em torno de um mesmo tema: a Função Social dos Museus.
Museus e entidades culturais interessados em participar da 6ª Primavera dos Museus devem inscrever eventos e promover sua realização no período, convidando, assim, a comunidade a refletir, discutir e trocar experiências sobre a responsabilidade da própria instituição que as inscrever, bem como a viabilização para seu desenvolvimento. Ao Ibram e ao cabem divulgar a programação nacional e estadual da Primavera, produzir e distribuir o guia da programação. 

As inscrições começam dia 10 de julho e encerram dia 10 de agosto. Primeiramente, deve-se fazer a inscrição do museu ou entidade cultural. Depois, a inscrição das ações a serem realizadas, como seminários, exposições, oficinas, espetáculos musicais, de teatro e de dança, mesas-redondas, visitas guiadas, exibições de filmes, entre outras. A efetiva participação do museu dá-se apenas com a inscrição de uma ou mais atividades.

As instituições que tiverem alguma dúvida poderá obter mais informações através dos e-mails para cpgii@museus.gov.br ou sistemaestadualdemuses.mt@gmail.com ou pelos telefones (61) 3521-4135 ou (65) 3613-0214

fonte:

Com realização da Fundación MAPFRE e do Museu D‘Orsay, mostra sobre o Impressionismo traz ao Brasil obras-primas de Monet, Van Gogh, Manet e Renoir


Obras-Primas do Museu d’Orsay poderão ser vistas pelo público no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em São Paulo e no Rio de Janeiro. Ao todo serão 85 obras inéditas que retratarão um dos movimentos mais significativos da história da arte.
 
A partir deste sábado, dia 4, o público brasileiro terá a oportunidade de conhecer uma das maiores mostras sobre o Movimento Impressionista já apresentadas no Brasil. Tendo a Fundación MAPFRE como uma das realizadoras, estará à disposição no CCBB-SP e no CCBB-RJ a exposição “Impressionismo: Paris e a Modernidade”, mostra que terá 85 obras-primas que vão traçar um panorama detalhado da pintura impressionista e pós-impressionista. 
 
Com curadoria de Guy Cogeval e Caroline Mathieu, respectivamente, presidente e curadora chefe do Museu d’Orsay, e de Pablo Jiménez Burillo, diretor geral do Instituto de Cultura da Fundación MAPFRE, a apresentação conta com o patrocínio do Grupo Segurador Banco do Brasil e MAPFRE e também tem o apoio do Ministério da Cultura, por intermédio da Lei Rouanet. 
 
Dividida em sete módulos, as 85 obras contam nos três primeiros a trajetória da “Cidade de Luz”, tendo como característica uma Paris marcada pela construção de grandes boulevards, mercados, jardins públicos, cafés, óperas e bailes – “Paris: a cidade moderna”; “A vida urbana e seus autores”; e “Paris é uma festa”. Nestes módulos figuram as cenas e vistas do rio Sena e da catedral de Notre-Dame, pintadas por Pisarro e Gauguin, as imagens da vida burguesa retra¬tadas por Renoir; o cotidiano mundano das prostitutas, em quadros de Toulouse-Lautrec; e as bailarinas de Degas.
 
As quatro etapas subsequentes têm como pano de fundo a tranquilidade do campo como inspiração e mostram os trabalhos de artistas que escaparam do ritmo acelera¬do de Paris para uma vida calma e reservada. Assim, os módulos “Fugir da cidade”, “Convite à viagem”, “na Bretanha” e “A vida silenciosa” exploram as pinturas de Van Gogh, que decidiu seguir para Arles, com a finalidade de formar uma colônia de ar¬tistas; Claude Monet, que se mudou para Argenteul, no interior da França, e depois para Giverny; Gauguin e Émile Bernard, que foram viver na Bretanha; e de Cezanne, que voltou a Aix-en-Provence para redescobrir a luz. 
 
De acordo com a diretora da Delegação da Fundación MAPFRE no Brasil, Fátima Lima, “é especialmente importante e uma honra ter nossa instituição como uma das realizadoras de uma mostra de tamanha amplitude, dando aos brasileiros a oportunidade de conhecer um movimento que não só mudou as diretrizes da pintura do século XIX, como revolucionou o padrão artístico da época”. 
 
Para Fátima, “arte e cultura têm grande contribuição na qualidade de vida de uma sociedade e essa mostra, certamente, é uma das maiores exposições que já aconteceram no Brasil”.
 
A exposição Impressionismo: Paris e a Modernidade poderá ser vista pelo público de 4 de agosto a 7 de outubro de 2012, no CCBB São Paulo, e de 22 outubro de 2012 a 13 de janeiro de 2013, no CCBB Rio de Janeiro. A organização da mostra está a cargo da Expomus, empresa brasileira selecionada pela direção do Museu d’Orsay e pela diretoria da Fundación MAPFRE.
 
SERVIÇO
Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) São Paulo
04 de agosto a 07 de outubro
Rua Álvares Penteado, 112, Centro, SP.
Agosto: terça a domingo, das 10 h às 22h
Setembro: Terça a domingo, das 10h às 22h
Atendimento a Grupos agendados: 7h às 10h
Informações: (11) 3113-3651/ 3113-3652.
 
Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) Rio de Janeiro
22 de outubro de 2012 a 13 de janeiro de 2013
Rua 1º de Março, 66, Centro, RJ.
Terça a domingo, das 9h às 21h
Informações: (21) 3808-2020

A magia dos automóveis do passado

Com um acervo de 74 veículos expostos, todos originais e em condições de rodarem, o Museu do Automóvel de Curitiba é considerado um dos mais importantes do país. A sua história começa em 1968, quando entusiastas dos carros antigos iniciam o Clube de Antiguidades Automotivas do Paraná (CAAMP), que em 1976 veio a fundar o museu e o gerencia até hoje. De acordo com o arquiteto Tito Lívio Calderari, diretor do museu, o curitibano, devido à sua cultura, valoriza o passado e principalmente os automóveis, por isto, verdadeiras jóias são encontradas na cidade. “Carro antigo é cultura e restaurar um modelo é uma obra de arte”, diz o presidente. Conheça algumas das atrações do museu.
Serviço:


tn_620_600_museu_automovel_2907doze

O Museu do Automóvel de Curitiba fica na Avenida Cândido Hartmann nº 2.300 no Parque Barigui. Horários: de terça à sexta das 13h30 às 16h45. Sábados e domingos das 10h às 11h45 e das 13h30 às17h45. Entrada: R$ 5,00.
Fonte:
Gazeta do Povo

Museu Histórico Folclórico e Pedagógico Monteiro Lobato preparou uma nova rotina de atividades voltadas ao aprendizado e recreação de diversos públicos, durante as férias escolares.


Prefeitura de Taubaté recebe mais de 29 mil visitantes no Sítio do Picapau Amarelo no mês de julho

No mês de julho o Museu Histórico Folclórico e Pedagógico Monteiro Lobato preparou uma nova rotina de atividades voltadas ao aprendizado e recreação de diversos públicos, durante as férias escolares. A programação contou com peças teatrais, brincadeiras, oficinas e outros.

A inciativa visava satisfazer a expectativa do público, que procurava um espaço agradável de lazer, e cumprir com sua função social de transmitir o conhecimento a diferentes faixas etárias.

Um dos principais focos dessa programação especial, neste ano, foram as oficinas pedagógicas, desenvolvidas para complementar a educação infanto-juvenil e entreter no período de férias escolares.

Com as atividades desenvolvidas e acompanhadas pelos funcionários e estagiários do Museu, mais de 29 mil pessoas de 217 cidades e 7 países diferentes puderam aprender e conhecer mais sobre as raízes da cultura regional da Capital Nacional da Literatura Infantil.

A cidade de Taubaté, segue com os trabalhos nessa área, e continua com os museus, parques e hortos da cidade abertos para visitantes de todo o país e exterior.


Fonte:: Vale News http://valenews.com.br/geral/14443-prefeitura-de-taubate-recebe-mais-de-29-mil-visitantes-no-sitio-do-picapau-amarelo-no-mes-de-julho.html#ixzz22TwSi800