Listen to the text.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

A Casa Brasil, montada em Londres para promover a cultura, o esporte brasileiro e as oportunidades de negócio do País, está abrigando um estande do Laboratório de Sistemas Integráveis (LSI) da Escola Politécnica (Poli) da USP. Neste estande há uma exposição do Virtual Paraglider 3D, programa que reproduz um voo virtual imersivo sobre a cidade do Rio de Janeiro.


Laboratório da Poli é destaque em estande montado durante os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2012



A Casa Brasil está aberta desde o dia 27 de julho, por causa do início dos Jogos Olímpicos, e permanecerá até o dia 9 de setembro, quando termina os Jogos Paraolímpicos, das 11h às 19h (às quintas-feiras, das 11h às 21h), no Summerset House (The Strand, Wc2R, 1LA), próximo à Ponte Waterloo, em Londres.
Reprodução de um voo virtual sobre a cidade do Rio de Janeiro
O sistema todo ocupará um estande de 25 m², dentro do qual estarão instalados umselete real (local onde o piloto se acomoda no paraglider) e telas que formam uma imagem panorâmica de 160 graus.  Os óculos anaglifos (para imagens em 3D) completam o sistema. Para fazer o vôo virtual, o sistema captura a força exercida nas cordas, possibilitando que o ‘piloto’ sobrevoe livremente o Rio de Janeiro.
“A cidade virtual é gerada por um software desenvolvido pelo LSI e mostrado em três televisores com a tecnologia 3D”, explica um dos responsáveis pelo projeto, o engenheiro Marcelo Knörich Zuffo, docente do Departamento de Engenharia de Sistemas Eletrônicos, do qual pertence o LSI. “É uma tecnologia que pode ser aplicada em diversas áreas, principalmente para promover o turismo”, acrescenta.
A entrada é gratuita e a média diária de visitantes está em torno de 450 pessoas – o que pode chegar a quase 20 mil visitas em 50 dias de evento. Quem não está em Londres também pode fazer um tour virtual pela casa, disponível no site:http://rio2016.com/londres2012/casa-brasil/tour-virtual
Esta não é a primeira vez que o LSI participa de um evento em parceria com a Casa Brasil. Em 2010, durante a Copa da África do Sul, outro programa, que simulava um dirigível, também foi uma das estrelas da exposição.
O desenvolvimento desta simulação contou como apoio da Associação do Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico (LSI-TEC), organização criada por professores e pesquisadores do LSI voltado à inovação tecnológica. Para este projeto, além do apoio da Escola Politécnica, o projeto contou com financiamento do Ministério dos Esportes.

(Com informações da Comunicação da Poli / Foto: Divulgação/LSI
)

O ouvinte já pode conferir na programação da 104 FM o Especial sobre o Museu das Culturas Dom Bosco.


104 FM tem programação especial sobre os lugares de Campo Grande



Campo Grande (MS) - Em comemoração aos 113 anos da Capital, a 104 FM apresenta uma série de inserções sobre lugares de Campo Grande. Os drops que vão ao ar durante a programação da rádio têm entre 30 segundos e um minuto de duração, com curiosidades sobre os locais turísticos como a feira central, museus e parques da cidade.



Divulgação

 
O ouvinte já pode conferir na programação da 104 FM o Especial sobre o Museu das Culturas Dom Bosco. Inaugurado em outubro de 1951 em frente à “Praça do Rádio”, o museu foi idealizado pelos salesianos e tem um vasto acervo de objetos das diversas etnias indígenas, de Mineralogia, Paleontologia e Zoologia. Atualmente está localizado no Parque das Nações Indígenas.
Outro lugar interessante, também aberto à visitação pública, é o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), localizado dentro do Parque do Prosa, em uma área de 135 hectares, onde é possível realizar trilhas ecológicas e ver a fauna exuberante.
A Feira Central, a Casa do Artesão, o Museu José Antônio Pereira, o Mercado Municipal e a Morada dos Baís são alguns dos lugares citados. Além de conhecer um pouco mais sobre a cidade morena, o especial produzido para o aniversário de Campo Grande, comemorado dia 26 de agosto, oferece aos ouvintes informações como localização, horário de visitas e preços dos ingressos, quando cobrado. Durante todo mês de agosto essas informações serão veiculadas nos intervalos da programação de forma leve e informativa.
TV Brasil Pantanal
Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:www.twitter.com/PantanalNews

Secretaria de Cultura dá curso gratuito de museu no interior



Aulas tratarão de curadoria, expografia, montagem e conservação preventiva
A Secretaria Estadual da Cultura, em parceria com a Acam Portinari (Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari) está com inscrições abertas para o curso gratuito de museu. As aulas são voltadas à capacitação de profissionais de museus para qualificar equipes do interior paulista.

fonte:

Bolsa de Valores seleciona ONGs para receberem doações


Entidades têm até 15 de agosto para se inscrever; projetos devem colaborar para o alcance dos Objetivos do Milênio

    BVSA seleciona projetos
    A BOLSA DE VALORES SOCIOAMBIENTAIS SELECIONA ONGS E PROJETOS PARA SEU PORTFÓLIO. FOTO: BVSA/DIVULGAÇÃO

    08 Agosto 2012
    do PNUD

    A Bolsa de Valores Socioambientais (BVSA), iniciativa da BM&FBOVESPA, está com as inscrições abertas para a seleção de novos projetos. Organizações não-governamentais têm até dia 15 de agosto para participar. Os projetos selecionados passam a fazer parte do portfólio da Bolsa e podem receber doações de empresas e investidores sociais. A BSVA é semelhante à bolsa de valores, mas no lugar de comprar ações o investidor pode financiar projetos socioambientais. 

    Com o apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), os trabalhos das ONGs agora são avaliados de acordo com a sua cooperação para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Milênio (ODM). São eles: erradicar a pobreza extrema e a fome; atingir o ensino básico universal; promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres; reduzir a mortalidade infantil; melhorar a saúde materna; combater o HIV/AIDS, a malária e outras doenças; garantir a sustentabilidade ambiental; e estabelecer uma parceria global para o desenvolvimento.
     
    Quem pode se inscrever
     
    Podem participar da seleção organizações brasileiras, sem fins lucrativos e que tenham experiência comprovada na área do projeto inscrito. Os projetos devem ter orçamento de R$ 30 mil a R$ 100 mil e contribuir para um dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. A grande vantagem é que a Bolsa garante que os recursos doados são repassados integralmente, sem qualquer tipo de dedução.

    Saiba como cadastrar sua ONG e Projeto na BVSA.
    Para mais informações sobre a seleção, consulte o regulamento do programa

    Doe também

    Desde 2003, 104 projetos foram financiados com os mais de R$ 12 milhões arrecadados na Bolsa.
    Saiba como doar para algum dos projetos da BVSA

    fonte: Raquel de Avila