Listen to the text.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Museu de Zoologia da Unesc completa dez anos de serviço à comunidade

Mais de 75 mil alunos e professores de 446 instituições de ensino de 38 municípios da Amesc, Amrec e Amurel.


Estes são os números dos 10 anos de atuação do Museu de Zoologia Professora Morgana Cirimbelli Gaidzinski da Unesc, que celebra o seu aniversário nesta quarta-feira (26/9). “Sempre trabalhamos com uma mensagem de conservação, de manter vivos valores importantes para a sociedade, como o respeito e a preservação. Para comemorar estes dez anos serão realizados diferentes eventos ao longo do ano”, comentou a coordenadora do Museu, Morgana Cirimbelli Gaidzinski.
 
O início das comemorações, no dia 26, será no Espaço Cultural da Universidade (hall do Bloco Administrativo), às 15 horas, com direito a uma apresentação do Colégio Unesc, bolo e uma surpresa para os convidados.
 
Na educação
“O Museu de Zoologia conseguiu se constituir como um espaço de educação. Um número cada vez maior de escolas participa de nossos programas educativos”, explicou Morgana. Este trabalho já foi reconhecido nacionalmente pelo IBRAM (Instituto Brasileiro de Museus) em duas edições do Prêmio Darcy Ribeiro. Na primeira edição (2008), com o projeto Bicho que Educa, e na quarta edição (2011), com o projeto Arte Animal.
 
Mediante ao seu potencial educativo o Museu de Zoologia integra a REM/SC (Rede de Educadores em Museus de Santa Catarina). Esta rede é formada por um grupo de profissionais com o propósito de estudo, reflexão e definição de diretrizes no campo teórico e prático na área museal, de modo a fundamentar, avaliar, dinamizar e potencializar ações para a área.
 
Na extensão
O Museu de Zoologia desenvolve programas educativos junto à comunidade escolar como o “Bicho que Educa”, o “Escolha Animal”, o “Arte Animal”, o “Café Cultural no Museu”, o “Animals Who Teach” e o “Programação Animal”.
 
Além dos programas citados o Museu leva seus acervos para eventos externos e internos, pública semanalmente informações de animais na imprensa, identifica espécies das mais diferentes tipologias e promove cursos e palestras.
 
“Nosso compromisso é de desenvolver ações de extensão junto à comunidade, realizando atividades extramuros”, explicou Morgana.
 
Na pesquisa
O Museu de Zoologia realiza atividades de pesquisa que possibilitaram a aproximação com projetos e instituições que atuam na área de biologia da conservação. São órgãos com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Aves Silvestres, o Centro de Ciências Tecnológicas da Terra e do Mar (Univali), o Laboratório de Mamíferos Aquáticos (UFSC), o Projeto Baleia Franca e o Projeto Tamar Sul, entre tantos outros.
 
No turismo
Devido ao reconhecimento do Museu de Zoologia como espaço de lazer, convivência e compartilhamento de experiências sobre a fauna Sul Catarinense, a instituição foi incluída pela Fundação Cultural de Criciúma no roteiro oficial de visitação turística do município a partir de 2007.
 
“Este reconhecimento ganhou notoriedade estadual com a inclusão do Museu no roteiro Encantos do Sul, organizado pela Santur (Santa Catarina Turismo S.A.), empresa pública ligada ao governo do Estado de Santa Catarina”, destacou Morgana.

fonte: