sexta-feira, 28 de setembro de 2012

O Museu de Arte Sacra de São Paulo (MAS-SP) e a Jornada Mundial da Juventude Rio 2013 (JMJ) declaram aberto o edital para jovens peregrinos,


O Museu de Arte Sacra de São Paulo (MAS-SP) e a Jornada Mundial da Juventude Rio 2013
(JMJ) declaram aberto o edital para jovens peregrinos, do mundo inteiro, que irão fazer parte
da Jornada Mundial da Juventude, de 23 a 28 de julho de 2013, no Rio de Janeiro, e tenham
interesse em participar de workshop e exposição de grafite a ser realizada no período da JMJ e
posteriori.


veja edital completo em:
http://www.museuartesacra.org.br/JMJEDITAL.pdf

Museu da Abolição apresenta exposição itinerante O Santo é de barro


Mostra apresenta peças de barro tradicionais dos três grupos étnicos que formam o povo brasileiro


 (Foto: Mubac/Divulgação)
O Museu da Abolição apresenta a exposição itinerante O Santo é de Barro, que entra em cartaz a partir desta quinta-feira e permanece até 27 de outubro. A mostra propõe uma reflexão sobre a utilização do barro como matéria-prima, na confecção de objetos sagrados, religiosos e utilitários. Estarão expostos peças tradicionais da cultura indígena, africana e cristã-europeia, mostrando como o mesmo material era utilizado nos três principais  grupos étnicos. 

A exposição faz parte da programação Primavera dos Museus coordenada pelo pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e Ministério da Cultura (Minc) e ficará aberta ao público de segunda a sexta-feira das 9h às 17h e aos sábados das 13h às 17h. O Museu da Abolição fica na Rua Benfica, 1150, bairro da Madalena. A entrada é gratuita.

fonte:

Nova edição do Guia de Museus de Salvador é lançada nesta quinta

Será lançada, nesta quinta-feira (27/09), Dia Mundial do Turismo, uma nova edição bilíngue do Guia de Museus do Centro Antigo de Salvador. 





O lançamento ocorrerá às 17h30, no Palácio da Aclamação, e faz parte da programação da 6ª Primavera dos Museus.
Também será iniciado o Ciclo de Palestras que comemora os 100 anos do palácio, imóvel tombado como Patrimônio Cultural, que foi residência dos governadores baianos de 1911 a 1967 e hoje  é sede da Diretoria de Museus (Dimus) do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC). 

A primeira palestra, "A expansão urbana da cidade de Salvador", será ministrada pela arquiteta e mestre em História Social, Socorro Martinez.
Guia de Museus 

Em formato de folder dobrável, a publicação, com fotos e desenhos, contém a descrição do perfil e acervo de cada um dos34 museus da área do centro antigo da capital baiana, com horários de visitação, endereços e telefones. 

Na outra face do impresso, um mapa reproduz as principais ruas, avenidas, largos e praças da área central da cidade, indicando a localização de terminais de ônibus, porto marítimo, aeroporto e pontos turísticos como Terreiro de Jesus, Mercado Modelo, Elevador Lacerda, Largo do Pelourinho, Forte São Diogo e Farol da Barra.

Temporada de verão
O Guia de Museus antecipa as ações para a temporada de verão 2012/2013. “Em 2008, via parceria com agências de viagem lançamos um primeiro folder de museus que foi distribuído ao público baiano e a turistas, principalmente, aos que chegavam pelas dezenas de navios que aportaram no Comércio, tendo o centro histórico como o primeiro ponto de visita”, disse o diretor do IPAC, Frederico Mendonça. 

A estratégia reforçou a campanha pela frequência nos museus estaduais aumentando em cerca de 400% a visitação anual, levando em consideração outras campanhas como a Semana Nacional de Museus que ocorre todo mês de maio.

Quem tiver interesse em obter mais detalhes sobre os museus no Guia do IPAC/SETUR pode utilizar o QR Code, código de barras em 2D (duas dimensões) que pode ser escaneado por aparelhos celulares que tenham câmera fotográfica. 

A tecnologia está inserida no Guia, através de um selo, por meio do qual o leitor poderá acessar o site do IPAC – www.ipac.ba.gov.br – via tablet ou celular que disponha de software para leitura deste código. 

finte:

O Museu de Chianciano é um dos mais conceituados da Europa

Mato-grossense recebe prêmio da Academia Anglo-italiana

Da Reportagem

A mato-grossense Mari Bueno foi premiada pela Anglo-Italian Academy Of Art. Ela ganhou Menção Especial pelas telas “Sob Feras”, “Sob Selvagem” e “Sob Flora” expostas no Museu de Arte de Chianciano, em Siena, na Itália.

A academia Anglo-italiana foi uma das instituições escolhidas pelo museu para julgar o Prêmio Internacional de Arte Chianciano 2012.

Membros da Academia Europeia dos Críticos de Arte, da Academia de Oxford e os críticos Luciano Lepri e Lonnie Schlein (editor de fotografia do New York Times), também participaram do julgamento.

As telas da artista plástica brasileira fizeram parte do acervo de 300 obras de 104 artistas que exploraram a “Arte da Mente” (tema da exposição) para concorrer ao Prêmio Internacional.

“Receber a Menção Especial foi uma surpresa, pois minhas telas estavam entre as mais figurativas dentro de uma variedade enorme de técnicas e estilos. Voltei ao Brasil muito feliz, não só por ter uma das 16 obras premiadas entre as 300 expostas, mas principalmente pela qualidade do evento”, afirma Mari Bueno.

A Anglo-Italian Academy Of Art é uma instituição com sede em Londres, na Inglaterra, fundada em 1975 para promover a arte, atualmente colabora com exposições em museus e galerias ao redor do mundo.

O Museu de Chianciano é um dos mais conceituados da Europa. No acervo fixo tem obras de artistas consagrados como Durer, Munch, Magritte e Tiepolo. Ainda é responsável pela organização da Bienal de Londres.

Viagem Cultural – Além da mostra de arte gratuita para o público, o Museu de Chianciano promoveu conferências com críticos de arte e eventos para integrar os artistas que prestigiaram o evento.

“A troca cultural entre os artistas foi muito rica. Complementou o que as conferências abordavam e trocamos muita experiência em criação e comercialização da arte”, explica Mari Bueno.

Ainda na Itália, a mato-grossense fez um curso de Mosaico em Roma e outro de Iconografia, em Siena, mais visitas às principais igrejas e museus da Europa.

“São técnicas que vão acrescentar bastante, principalmente na Arte Sacra, já que a Iconografia é a primeira técnica de pintura sacra e o Mosaico está presente em várias fases da historia da arte”, explica.

A artista – Mari Bueno é uma artista plástica que mora em Sinop (MT). Duas temáticas se destacam em seu trabalho: Amazônica e Arte Sacra.

Além do acervo comercial, tem 19 telas premiadas no Brasil, Egito, Estados Unidos, Alemanha, Suíça, Itália, Inglaterra e França (Museu do Louvre).

Algumas telas que serão utilizadas já estão disponíveis no ateliê Mari Bueno, que fica na rua das Pitangueiras, 1258, no Centro de Sinop. A visitação é aberta e gratuita a todo público de segunda a sexta-feira em horário comercial. Mais informações: http://www.facebook.com/galeriamaribueno / www.maribueno.com.br (Marco Aurélio Jr/Black & White Comunicação) 



fonte:
http://www.diariodecuiaba.com.br/detalhe.php?cod=418124