quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Museu dos Tigres Voadores é inaugurado na China




Um museu comemorativo dos Tigres Voadores, um esquadrão dos Estados Unidos que ajudou na luta da China contra os japoneses na Segunda Guerra Mundial, foi aberto terça-feira ao público na Província de Hunan, centro da China.
O Museu dos Tigres Voadores, localizado no Aeroporto Zhijiang no distrito de Zhijiang, comporta 1.387 peças históricas dos Tigres Voadores, expostas pela primeira vez.

O Aeroporto Zhijiang foi uma importante base para os Tigres Voadores sob a liderança de Claire Lee Chennault, um funcionário aposentado das Forças Aéreas do Exército dos Estados Unidos que começou a trabalhar na China em 1937.

A construção do museu durou cinco anos. Durante esse tempo, o museu recebeu objetos valiosos de membros vivos dos Tigres Voadores e de suas famílias, incluindo Anna Chan Chennault, esposa de Claire Lee Chennault, informou Wu Jianhong, curador do museu.

As relíquias culturais do museu ajudarão gerações mais jovens a relembrar a história gloriosa dos Tigres Voadores e a valorizar a paz que não foi fácil obter, comentou Chen Canpei, que contribuiu com objetos ao museu.

O Primeiro Grupo dos Voluntários dos Estados Unidos, que em chinês foi apelidado "Tigres Voadores" por seu valor, foi formado em 1941 para ajudar a China a expulsar as tropas japonesas invasoras.

Aproximadamente 2.264 Tigres Voadores e mais de 900 aviadores chineses que lutaram com eles morreram na guerra.

por Agência Xinhua

fonte:
http://portuguese.cri.cn/561/2012/12/19/1s159814.htm

O Senhor dos Anéis em vitrais Por Jian Guo




Aproveitando o retorno à Terra Média, com a estreia mundial de O Hobbit hoje nos cinemas, convido os leitores a conferirem o trabalho do ilustrador chinês Jian Guo, que contou a Saga do Anel este ano em forma de vitrais.

O Senhor dos Anéis - magnum opus do escrito, professor e filólogo britânico J.R.R.Tolkien é, sem sombra de dúvidas, um dos maiores clássicos da Literatura de todos os tempos, inspirando pessoas de todos os cantos do mundo há quase um século. Se antes com apenas os livros, alguns jogos eletrônicos ou RPGs, além de uma obscura adaptação em desenho feita pela Disney, a legião de fãs sempre aumentou ao longo das décadas, com a obra transposta para o Cinema a Terra Média cresceu ainda mais conquistando um público inimaginável até então, inspirando mais uma leva enorme de artistas pelo planeta.

Jian Guo é um claro exemplo deste fenômeno, não somente por ter sucumbido aos poderes da Terra Média, como por ter também se rendido ao poder do Um Anel, deixando-o manifestar-se em suas obras. O resultado deste encontro, em que Jian Guo parece ter bebido na fonte viva da mitologia tolkieniana, pode e dever ser apreciado nos vitrais desenvolvidos por ele, onde cada uma das imagens remete à passagens históricas da grande saga.

A luta de Gandalf contra o Balrog, a passagem pelos Argonautas, o encontro de Frodo e Galadriel e outras cenas que certamente habitam a memória dos fãs podem ser reconhecidas neste excelso trabalho. Mas a história ainda não terminou, pois a Terra-Média que o mundo conheceu entre 2001 e 2003, está de volta hoje com a estreia mundial de O Hobbit nos cinemas. A nova saga promete encantar o planeta mais uma vez, contando a história que originou o conflito mostrado na trilogia anterior. E tudo começa com uma jornada inesperada na companhia de Gandalf e Bilbo, o bolseiro.

Se a saga vai servir como injeção de novas ideias para Jian Guo só o tempo dirá, mas enquanto isso os ótimos trabalhos do artista chinês, que tem a Fantasia e a Ficção Científica como seus estilos de arte preferidos, podem ser conferidos em sua página no DeviantArt. - http://breathing2004.deviantart.com/

veja as imagnes

Fonte: bibliobelas
http://wp.me/p1aUXK-FG