Listen to the text.

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Museu Botânico de Curitiba receberá nome do fundador Gerdt Hatschbach

Homenagem foi solicitada pelo Prefeito Gustavo Fruet (PDT).
Botânico faleceu na terça-feira (16) aos 89 anos. 

Gert tinha 89 anos e foi o fundador do Museu Botânico de Curitiba  (Foto: Divulgação / Prefeitura ) 
Gerdt tinha 89 anos e foi o fundador do Museu Botânico de
Curitiba (Foto: Divulgação / Prefeitura )
 
O Museu Botânico de Curitiba receberá o nome do fundador, Gerdt Guenther Hatschbach, que faleceu na madrugada de terça-feira (16), em Curitiba. Ele tinha 89 anos e estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Nossa Senhora do Pilar e morreu após uma infecção generalizada.

A homenagem foi um pedido do prefeito Gustavo Fruet (PDT)  à equipe da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, responsável pelo espaço. “É o local ao qual Gerdt dedicou a vida. Se o museu botânico existe, é em função do esforço dele, somado ao de outros funcionários. O museu é um patrimônio de Curitiba respeitado no Brasil e no mundo e por isso é uma homenagem mais do que justa”, afirma o secretário do Meio Ambiente, Renato Lima.

 
 
Gerdt formou-se no curso técnico em Química Industrial, em 1945, pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Em 1965, a convite do ex-prefeito Ivo Arzua Pereira, organizou o Museu Botânico Municipal em uma pequena casa, no Passeio Público, exercendo a função de chefia. Na ocasião, ele fez a doação do acervo particular de mais de mil exemplares de plantas ao museu botânico.

Desde então, o museu é considerado um dos maiores do mundo. Atualmente conta com aproximadamente 400 mil exsicatas (plantas secas identificadas e preservadas).

fonte:
http://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2013/04/museu-botanico-de-curitiba-recebera-nome-do-fundador-gert-hatschbach.html

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário