Listen to the text.

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Museu Casa de Portinari, de Brodowski (SP), reabre no 1º semestre de 2014

Se em Batatais (352 km de São Paulo) a restauração das telas de Candido Portinari ainda vai começar, na vizinha Brodowski (338 km de São Paulo) elas já estão em andamento.

As obras do museu que funciona na casa em que o artista viveu sua infância e adolescência devem ser reabertas ao público em 2014.

O investimento na residência, pertencente à Secretaria de Estado da Cultura, é de R$ 2,7 milhões. O localabriga pinturas feitas pelo artista nas paredes de quase todos os cômodos.

O local foi fechado no primeiro semestre do ano passado após um laudo apontar desgaste nas pinturas “São Jorge e o Guerreiro” e “Sagrada Família”, que apresentavam um processo em que a tinta se desgarra das paredes, chamado delaminação.

A Capela da Nonna e a recepção do museu foram os pontos mais críticos apontados pelo laudo, que foi assinado pelo restaurador Júlio Moraes.

O fato de Portinari também “inventar” a tinta que era usada em seus trabalhos fez a análise do restauro ser ainda mais complexa.

Toda a parte de reforço das fundações e estrutura já está concluída, assim como substituição da cobertura, implantação de sistema de drenagem, captação de águas e impermeabilização e reforço do revestimento das paredes.

O trabalho no museu começou em dezembro do ano passado e deve continuar até maio de 2014.

Depois da conclusão dos trabalhos, a Casa de Portinari será preparada para ser reaberta ao público.

HISTÓRICO

Em 1968, a casa foi tombada pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). No ano seguinte, o imóvel foi desapropriado e adquirido pelo governo paulista.

Em janeiro de 1970, foi tombado pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo) e, dois meses depois, o museu foi instalado e inaugurado.

Além das obras do artista plástico, no Museu Casa de Portinari os visitantes contam com serviço de monitoria e uma sala para pesquisa, com material sobre o artista –livros, revistas, catálogos e artigos de jornais.

fonte:

Nenhum comentário:

Postar um comentário