Listen to the text.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Museus terão Ai Weiwei, Lucian Freud e Maria Martins em 2013

Não será fácil superar a oferta de mostras grandiosas do ano passado, que teve Bienal de São Paulo, mestres impressionistas e Giacometti, mas 2013 já promete algumas estrelas no calendário -nomes como Ai Weiwei, Lucian Freud e Maria Martins têm exposições confirmadas.

No Museu da Imagem e do Som, o ano começa em fevereiro com a primeira mostra individual do artista e ativista chinês Ai Weiwei no país.

Depois de passar pela Fundação Iberê Camargo, em Porto Alegre, chega à Pinacoteca do Estado, também em fevereiro, uma grande exposição de Waltercio Caldas.

Março será a vez de rever a obra do artista plástico e cineasta Cao Guimarães, que expõe fotografias e filmes no Itaú Cultural, em São Paulo.

Em abril, Francis Alÿs, belga que foi destaque da Bienal de São Paulo em 2010, terá mostra na Pinacoteca. No Centro Cultural Banco do Brasil, o chinês Cai Guo-Qiang fará uma megainstalação, com aviões e submarinos.

No mesmo mês, o Museu de Arte Moderna recebe fotografias de Christopher Makos, que retratou Andy Warhol travestido, e o Instituto Tomie Ohtake abre uma série de três mostras em homenagem a Tomie Ohtake, artista que faz cem anos em novembro.

Na última grande mostra do primeiro semestre, o Masp vai exibir em junho telas do artista britânico Lucian Freud e fotografias de seu ateliê.

Uma exposição de obras da escultora surrealista Maria Martins abre o segundo semestre, em julho, no MAM, mas o destaque deverá ser mais tarde, em outubro, com a 33ª edição do Panorama da Arte Brasileira, este ano organizado por Lisette Lagnado.

Ela convidou uma série de arquitetos para elaborar projetos e pensar num novo prédio para o MAM, onde acontece a exposição bienal.

Ainda em outubro, o MIS dedicará uma mostra à obra do cineasta Stanley Kubrick.

fonte:
http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/1211731-museus-terao-ai-weiwei-lucian-freud-e-maria-martins-em-2013.shtml

Museu Nacional de Belas Artes reabre mostra permanente de obras brasileiras

Neste ano, de 10 a 17 de agosto, o principal encontro internacional de profissionais de museus será no Rio de Janeiro. A capital fluminense receberá a 23ª Conferênacia Geral Trienal do Conselho Internacional de Museus - ICOM.

Fundado em 1946, o ICOM é a única organização mundial de museus e profissionais que atuam em museus, e tem por compromisso promover e proteger o patrimônio natural e cultural.

O Comitê Brasileiro do ICOM (ICOM Brasil), criado há 65 anos no Museu Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro,  a fim de melhor realizar o evento, está trabalhando junto às secretarias de Cultura do Estado e do Município do Rio de Janeiro, assim como ao Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM/MinC), ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB), ao Conselho Federal de Museologia (COFEM), à Associação Brasileira de Museologia (ABM) e a outros representantes de museus brasileiros e presidentes dos comitês internacionais do ICOM.

E o Museu Casa do Pontal também fará parte da programação da conferência. No dia 16, acontecerá o Dia das Excursões, com passeios diversificados pelos centros culturais e históricos da região metropolitana. Entre as atrações pagas e gratuitas oferecidas, o Museu Casa do Pontal combinado ao Sítio Burle Marx será uma das opções disponíveis.

fonte:
http://www.museucasadopontal.com.br/pt-br/em-2013-confer%C3%AAncia-do-conselho-internacional-de-museus-icom-ser%C3%A1-no-rio-de-janeiro

A arte do nu feminino no Museu da Fotografia


O contra-luz é uma das principais linguagens das dez fotos

(foto: Reprodução)
O Museu da Fotografia Cidade de Curitiba abriga de 12 de janeiro a 11 de fevereiro a exposição “Tales of Talena”, que reúne fotos de nus femininos do fotógrafo Jean Rodrigues. Nas fotos em preto e branco, o artista trabalha com as tonalidades do cinza a partir de influências de mestres como Jean Loup Sieff e Sebastião Salgado. O contra-luz é uma das principais linguagens das dez fotos nas dimensões 40x60 cm.

Jean Loup Sieff, nascido em 1986, começou a fotografar, ainda pelo sistema analógico, nos anos 2000. Após enveredar-se por outros meios de comunicação, como editor de jornal televisivo e webdeveloper, mudou-se para Curitiba e em 2010 voltou à fotografia, agora no meio digital.

Desde então tem atuado principalmente como fotógrafo de espetáculos musicais de bandas como Pearl Jam, Bad Religion, Misfits, Gene loves Jezebel e artistas como Seu Jorge e Michel Teló. Como retratista, começou a desenvolver seu trabalho de nu autoral.Também colaborou na realização das I e II Semana da Foto de Curitiba em 2011 e 2012. Também participou da VI Maratona Fotográfica de Curitiba em 2011. Mostrou seu trabalho nas exposições “Sem licença para a liberdade, sem licença para o carnaval e sem licença pra namorar”, na Galeria Sem Licença, e “Br Blues”, no Jokers Pub.


Serviço:
Local: Museu da Fotografia Cidade de Curitiba – Solar do Barão
Endereço: Rua Carlos Cavalcanti, 533, Centro
Data e horário: De 12 de janeiro a 11 de fevereiro de 2013, das 9h às 12h e 14h às 18h (3ª a 6ª feira) e 12h às 18h (sábado e domingo)

Preço: Entrada Franca


fonte:
http://www.bemparana.com.br/noticia/242741/a-arte-do-nu-feminino-no-museu-da-fotografia

Curso: Experto en Seguridad y Conservación Preventiva en Museos




Convocatoria: Permanente.
Inicio del curso a partir del 5 de marzo de 2013. Plazas limitadas.
Duración: 270 horas.

Coste total: 400 € (590 USD)

El curso está dirigido a trabajadores de museos y profesionales del sector cultural en general. Museólogos, Directores de museos, Responsables de departamentos de Conservación e Investigación de Museos, Personal de Mantenimiento de Museos, Vigilantes de Seguridad de Museos.

La dirección académica y tutoría del curso están a cargo de Jaime Gómez Martín, experto en Seguridad y Jefe de Seguridad del Museo de América de Madrid.

Objetivos

Conocer las diferentes instalaciones del museo y su seguridad.
Profundizar en el ámbito de la prevención y control de incendios.
Conocer todas las funciones que se desarrollan dentro de un museo en relación a la gestión y organización de la vigilancia y seguridad de éstos (prevención, detección y actuación).
Profundizar en el ámbito de los delitos contra la propiedad en los museos.
Coordinar la guía para la elaboración de un plan de protección integral del museo.


veja mais detalhes em:
http://www.institutomuseologia.com/curso_experto_seguridad.php