terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Museus estrangeiros fazem parcerias com brasileiros


Com abertura hoje (para convidados), a exposição "Circuitos Cruzados" apresenta cinco grandes pioneiros da videoarte dos anos 1960 e 70 no Museu de Arte Moderna (MAM-SP). Instalações emblemáticas de Nam June Paik, Bruce Nauman, Vito Acconci, Peter Campus e Dan Graham pertencentes ao acervo do Centre Pompidou, em Paris, são exibidas em diálogo com 50 obras de arte contemporânea brasileira pertencentes ao acervo do museu paulistano.


“Zero Dollar”, de Cildo Meireles, e “Moon Is the Oldest TV”, de Nam June Paik: diálogo sobre questões contemporâneas entre artistas brasileiros e estrangeiros
 

 
Trata-se de um modelo de exposição raramente empregado pela instituição francesa: a concepção, em conjunto, de uma exposição capaz de juntar acervos e curadorias de duas instituições. Via de regra, o museu trabalha com dois modelos básicos de administração: ou empresta obras "soltas" de seu acervo para exposições que estão sendo montadas por outros museus ou comercializa uma exposição "por inteiro", criada em sua matriz e montada tal e qual em outro país.
 
Leia mais em:
 
Fonte: Valor Econômico