Listen to the text.

domingo, 10 de fevereiro de 2013

Museu d'Orsay diz que 'A Origem do Mundo' não tem rosto

O Museu d'Orsay considera "fantasista" a tese divulgada na quinta-feira de que existe uma tela com o rosta da mulher retratada em 'A Origem do Mundo', a famosa pintura de Gustave Courbet.



O quadro 'A Origem do Mundo' está no Museu d'Orsay em Paris
O quadro 'A Origem do Mundo' está no Museu d'Orsay em ParisFotografia © Philippe Wojazer/ Reuters

Jean-Jacques Fenier, autor do catálogo 'raisonne' de Gustave Courbet (1819-1877), defende que o quadro que mostra o sexo de uma mulher é apenas uma parte de um nu maior. E o especialista acredita que encontrou o rosto dessa pintura.
No entanto, o Museu d'Orsay, em Paris, onde desde 1995 se encontra 'A Origem do Mundo', não acredita que o quadro tenha "perdido a sua cabeça". O museu emitiu um comunicado explicando que o quadro pintado em 1866 "é uma composição acabada e não um fragmento de uma obra maior". Este facto foi confirmado pelos testemunhos do século XIX. 'A Origem do Mundo' foi visto em casa do diplomata Khalili Bey (seu primeiro proprietário) e era "uma mulher nua, sem pés e sem cabeça".

fonte: