quarta-feira, 20 de março de 2013

Campus mexicano é museu a céu aberto reconhecido pela Unesco

O imenso campus da Universidade Autônoma do México (Unam) tem muitos de seus prédios decorados pelos famosos artistas muralistas mexicanos, como Juan O´Gorman, que assina a arte no prédio da Biblioteca Central. Em 2007, a cidade universitária foi declarada patrimônio cultural da humanidade pela Unesco, o que se explica pela bela arquitetura e pela diversidade de atrações culturais e esportivas que oferece
Foto: Maximiliano Monterrubio/Wikicommons

fonte:
http://vidaeestilo.terra.com.br/turismo/turismo-de-negocios/cidade-do-mexico/campus-mexicano-e-museu-a-ceu-aberto-reconhecido-pela-unesco,6526e3a657e7d310VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html



Prec discute a criação de Núcleo de Museus na UFPel


 Estiveram reunidos, na última terça-feira(12), o pró-reitor de Extensão e Cultura, Antônio Cruz, o coordenador de Arte e Cultura, Paulo Gaiger, e docentes que desenvolvem trabalhos e projetos na área de museus. Na reunião, foi discutida a criação de um núcleo de museus dentro da Universidade. Segundo o pró-reitor, percebeu-se que existe uma quantidade bastante significativa de ações de extensão, mas elas são dispersas, se comunicam apenas pela relação pessoal/profissional das pessoas que estão envolvidas nesses trabalhos.

Devido à essa constatação, surgiu a ideia de aproximar essas ações, criando um núcleo de museus para dialogar com a Administração Central, que seria uma estrutura para unir e orientar profissionais e colaboradores e divulgar organizadamente esses trabalhos para a sociedade em geral. O próximo encontro, que acontecerá no dia 19, às 17h, no Gabinete da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura, vai constituir a estrutura de coordenação do núcleo.
museus.jpg





fonte:
http://ccs.ufpel.edu.br/wp/2013/03/14/prec-discute-a-criacao-de-nucleo-de-museus-na-ufpel/