sábado, 4 de maio de 2013

O Museu Monteiro Lobato está com uma programação especial


Sítio do Picapau Amarelo oferece opções de lazer e entretenimento em maio
O Museu Monteiro Lobato está com uma programação especial em maio, mês em que acontecerá a Semana Nacional de Museus, entre os dias 14 e 19.
Além da programação especial para seis dias do evento, que traz exposições e palestras, o Sítio do Picapau oferece diariamente uma série de atividades como oficinas, peças de teatro e momentos de lazer com a Turma do Sítio.
Para informações sobre excursões, o telefone do museu é o (12) 3625-5062.
Confira no site do DT a programação de maio: www.diariotaubate.com.br
04 e 05 de Maio de 2013
09h às 12h e 14h às 17h – Presença da Turma do Sítio do Picapau Amarelo
09h às 11h e 14h às 16h – Oficina Cobra de dobradura
11h e 16h – Teatro Infantil “Quem Conta Um Conto Aumenta Um Ponto”, com a Turma do Sítio do Picapau Amarelo
11 e 12 de Maio de 2013
09h às 12h e 14h às 17h – Presença da Turma do Sítio do Picapau Amarelo
09h às 11h e 14h às 16h – Oficina Colar reciclável
11h e 16h – Teatro Infantil “Quem Conta Um Conto Aumenta Um Ponto”, com a Turma do Sítio do Picapau Amarelo
Semana Nacional de Museus 14 a 19 de Maio
09h às 12h e 14h às 17h – Presença da Turma do Sítio do Picapau Amarelo
09h às 11h e 14h às 16h – Oficina Bandeira de Quiririm
11h e 16h – Teatro Infantil “Quem Conta Um Conto Aumenta Um Ponto”, com a Turma do Sítio do Picapau Amarelo
15/05/2013 - Mesa Redonda “Museu ao céu aberto chamado Taubaté pelo viés da paleografia”
Profª Amanda Valéria de Oliveira Monteiro
Paleógrafa Lia Carolina Prado Alves Mariotto
Local: M.H.F.P. Monteiro Lobato
Horário: 19h00 às 20h30
17/05/2013 - Palestra: “Caçadas de Pedrinho - um panorama lúdico de um eterno menino”
Profº Ms. Cristiano José Pereira
Local: M.H.F.P. Monteiro Lobato
Horário: 19h00 às 20h30
19/05/2013 – Palestra: “O papel das academias literárias”
Relançamento das obras: Baile na casa da gramática e O passeio da geografia
Escritor: Lázaro Piunti
Local: M.H.F.P. Monteiro Lobato
Horário: 10h
Exposição: “Quiririm Quim Quim”
Exposição fotográfica e documental referente à Colônia Agrícola Italiana do Quiririm, que durante 124 anos preserva sua memória através da mudança social.
Pesquisadores: Fábio Scarenzi e Maria Cristina Lopes.
14/05/2013 a 02/08/2013
Espetáculo Teatral
Historias de Tia Nastácia, como detentora dos saberes, passará sua sabedoria popular através de encenações.
Espetáculo “Quem conta um conto aumenta um ponto”
Horário: 11h e 16h
Oficina
Confecção da bandeira Italiana do Quiririm com a técnica de colagem de papel. Resgatando a importância de preservar a identidade da Colônia Agrícola Italiana.
25 e 26 de Maio de 2013
09h às 12h e 14h às 17h – Presença da Turma do Sítio do Picapau Amarelo
09h às 11h e 14h às 16h – Oficina Pião de jornal
11h e 16h – Teatro Infantil “Quem Conta Um Conto Aumenta Um Ponto”, com a Turma do Sítio do Picapau Amarelo
30 de Maio de 2013
09h às 12h e 14h às 17h – Presença da Turma do Sítio do Picapau Amarelo
09h às 11h e 14h às 16h – Oficina Fantoche do símbolo da paz
11h e 16h – Teatro Infantil “Quem Conta Um Conto Aumenta Um Ponto”, com a Turma do Sítio do Picapau Amarelo

fonte:

Museu de Israel expõe pela primeira vez pedra atribuída ao anjo Gabriel


03/05/2013 13h09 - Atualizado em 04/05/2013 17h14


Narrador se identifica como o anjo em inscrição do século 1° a.C.
Peça é tida como mais importante achado arqueológico desde anos 1950.


O Museu de Israel, em Jerusalém, expõe ao público pela primeira vez a Pedra da Revelação do Anjo Gabriel, considerado o mais importante achado arqueológico na região desde a descoberta dos Manuscritos do Mar Morto, nas décadas de 1940 e 1950.
A peça é o objeto central da exposição “Eu sou Gabriel” e abordará a figura desse anjo nos primeiros anos do judaísmo rabínico, do cristianismo e do islamismo. A exposição foi inaugurada no dia 1° deste mês e vai até fevereiro do próximo ano. A inscrição, do século 1° antes e Cristo, foi descoberta em 2007 na região do Mar Morto.
Pedra do século I a.C. com inscrições atribuídas ao anjo Gabriel (Foto: Ministério do Turismo de Israel/Divulgação)A 'pedra do anjo' (Foto: Ministério
do Turismo de Israel)
Ela havia sido adquirida por um colecionador suíço que declarou tê-la comprado em Londres, de um antiquário jordaniano.
De acordo com pesquisadores, a peça procederia da margem leste do Mar Morto, na Jordânia.
Escrita em tinta sobre pedra, o texto de 87 linhas em hebraico está em primeira pessoa e o narrador identifica-se como o Anjo Gabriel. Aparentemente, trata-se de uma conversa do anjo com um profeta.
A exposição exibirá outros manuscritos raros, como cópias antigas da Bíblia e fragmentos dos Manuscritos do Mar Morto e do Codex de Damasco do século 13

fonte: