quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Museu de Campos disputa prêmio nacional representando o RJ


Resultado sai na próxima quinta-feira (15).
Cidade foi destaque estadual pelo projeto de revitalização e restauração.


A área cultural de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, pode ganhar destaque nacional mais uma vez. O Museu Histórico de Campos concorre a 26ª edição do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade. O museu foi indicado pela Comissão Estadual do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) do Rio de Janeiro e representa o estado na categoria “Políticas Públicas, Programas e Projetos Governamentais”.
Material do índio Goytacá foi encontrado em sítio arqueológico de Campos, RJ  (Foto: Priscilla Alves/ G1)Ossos do índio Goytacá fazem parte do acervo do
Museu de Campos, RJ (Foto: Priscilla Alves/ G1)
O resultado com os nomes dos vencedores das oito categorias do prêmio vai ser divulgado até esta quinta-feira (15). Segundo a diretora do museu, Graziela Escocard, a cidade foi destaque estadual pelo projeto de revitalização e restauração do espaço físico do museu e das ações desenvolvidas pela administração.
“Foram 277 projetos inscritos em todo o Brasil e para representar o Rio de Janeirotemos o Museu de Campos que é o único nessa categoria. Ter restaurado este prédio foi uma questão de consciência e recebemos muitos visitantes. O museu tem apenas um ano e termos conseguido este destaque nacional é muito bom até porque muita gente ainda desconhece o nosso trabalho”, afirmou a diretora.

CNM – Cadastro Nacional de Museus



O Cadastro Nacional de Museus – CNM é uma iniciativa do Departamento de Museus e Centros Culturais – do IPHAN, atual Instituto Brasileiro de Museus – IBRAM, desenvolvido em consonância com as ações estabelecidas na Política Nacional de Museus.

O Cadastro Nacional de Museus constitui-se em um instrumento do Sistema Brasileiro de Museus e tem por objetivo conhecer e integrar o campo museal brasileiro, por meio da coleta, registro e disseminação de informações sobre museus. Foi com este espírito que, desde o seu lançamento, em março de 2006, até os dias atuais, a atividade do Cadastro Nacional de Museus já mapeou mais de 3.200 instituições museológicas em todo o país, compartilhando seus resultados por meio de publicações como Guia dos Museus Brasileiros e Museus em Números.

Informações diversas como distribuição de museus em estados e municípios, endereço, contatos, tipologia de acervo e infraestrutura para turistas e pessoas com deficiência poderão ser consultadas em breve através da nossa base de dados online no link abaixo:

Conheça os Museus Brasileiros 2.0



Informações

Em virtude do desenvolvimento de uma nova plataforma para armazenamento de dados e da elaboração de um novo questionário de pesquisa, o Cadastro Nacional de Museus suspendeu temporariamente suas atividades de cadastramento de instituições. Estamos certos de que as medidas tomadas são necessárias ao aperfeiçoamento dos instrumentos de informação voltados ao desenvolvimento e fortalecimento do campo museal brasileiro.

Tão logo o novo sistema entre em operação faremos contato com todos os museus para convidá-los a participar da nova pesquisa do Cadastro Nacional de Museus. Por isso é fundamental que os dados de sua instituição estejam corretos.

Se a sua instituição ainda não faz parte do Cadastro Nacional de Museus, preencha o Formulário de Pré-Cadastro e envie para cnm@museus.gov.br.

Formulário de Pré-cadastro (download)

Para atualização de dados, preencha o formulário abaixo e envie para cnm@museus.gov.br.

Formulário de Atualização (download)

Perguntas frequentes

Contatos- See more at: http://www.museus.gov.br/cnm-cadastro-nacional-de-museus/#sthash.avyW3HPt.dpuf

Russos participam de evento mundial de museus no Rio de Janeiro

Cooperação e intercâmbio entre as instituições estão entre os objetivos do encontro
Oitenta e cinco representantes de museus russos estão participando no Rio de Janeiro da XXIII Conferência Geral Trienal do Conselho Internacional de Museus (ICOM). O evento, que começou no sábado, 10, e irá até o sábado, 17, está sendo realizada na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca. O Rio de Janeiro conquistou o direito de sediar a Conferência Geral do ICOM após vencer a disputa com duas cidades da Europa: Moscou, na Rússia, e Milão, na Itália.

Segundo os organizadores do evento, os objetivos da XXIII Conferência Geral Trienal do Conselho Internacional de Museus são os de promover a cooperação entre as instituições e o intercâmbio profissional, a difusão de conhecimentos e aumento da participação qualificada do público em museus, a formação profissional para museus em diversos níveis, a prática e a promoção da ética profissional nos museus, a atualização dos padrões profissionais nestas instituições, a preservação do patrimônio cultural mundial e o combate à movimentação ilegal de bens culturais.


fonte:
http://www.diariodarussia.com.br/cultura/noticias/2013/08/14/russos-participam-de-evento-mundial-de-museus-no-rio-de-janeiro/

 

Exposição 500 Anos Portugal-China - Biblioteca Florestan Fernandes (Biblioteca da FFLCH/USP).

Prezados,


Em 6 de agosto, foi inaugurada a Exposição 500 Anos Portugal-China, na Biblioteca Florestan Fernandes (Biblioteca da FFLCH/USP).


Convido todos a visitar a exposição e, também, conhecer mais sobre Wenceslau de Moraes e sua obra.

Lembro também que de 26 a 30 de agosto ocorre o Colóquio do Laboratório de Interlocuções com a Ásia, na Casa de Cultura Japonesa. Gostaria de encontra-los na Exposição e/ou no Colóquio.
abraço,
Sérgio Antunes

fonte: edison mariotti