sábado, 24 de agosto de 2013

Atração dos elevadores corporativos



Depois do sucesso da primeira e recente exposição da Galeria E. - espaço digital inovador lançado pela Elemidia, dentro de elevadores comerciais - o público ganha novas atrações. E ao mesmo tempo ganham a divulgação de seu trabalho autoral os artistas que ditam tendências nos campos da fotografia, animação, grafite e ilustração.


Até a primeira quinzena de setembro, um conjunto de obras pode ser visto por milhares de usuários durante os seus percursos em elevadores de edifícios corporativos nas cidades de São Paulo, e agora também em Porto Alegre, Curitiba, Cuiabá, Maceió. A exposição reúne os artistas Duda Lanna, Anna Anjos e Tatoo (ilustração), Rafael Sliks (grafite) e Rogério Camolez (modelagem).

A Galeria E. é uma iniciativa da Elemidia, maior empresa brasileira da mídia digital out of home, e com curadoria do Estúdio Zupi, referência em artes visuais e considerado o maior crossmedia da arte e criatividade no Brasil.


fonte:
http://www.portaldapropaganda.com.br/portal/component/content/article/16-capa/37845-galeria-e-e-a-nova-atracao-dos-elevadores-corporativos

Aeroporto de Paris tem museu para tornar espera por voo mais agradável

http://g1.globo.com/globo-news/noticia/2013/08/aeroporto-de-paris-tem-museu-para-tornar-espera-por-voo-mais-agradavel.html

Desde o início deste ano, os passageiros que passam pelo aeroporto Charles de Gaulle, na França, podem conferir obras emblemáticas dos grandes museus de Paris. No terminal 2E, uma área que opera voos para Ásia, América do Norte e Brasil, foi aberto o museu de Roissy. A primeira exposição foi dedicada a Auguste Rodin e tinha 50 obras do escultor.

A mostra atual, que vai até janeiro, homenageia o artista francês Jean Dubuffet. Ele é pioneiro da chamada arte bruta, uma expressão que designa a arte produzida por criadores livres de qualquer influência do mercado. São 21 obras, entre pinturas, esculturas e maquetes. Realizadas entre 1967 e 1974, as obras gráficas e lúdicas são as mais conhecidas do artista.

Diariamente, o espaço de 250 metros quadrados recebe cerca de dois mil visitantes e a previsão é atingir mais de 700 mil até o final deste ano, o que equivale à visitação anual do Museu Rodin, um dos mais procurados da capital francesa. As exposição duram cerca de seis meses.



Após suspensão temporária do serviço para atualização da plataforma, já está disponível para consulta do público a base de dados online do Cadastro Nacional de Museus, iniciativa desenvolvida pelo Ibram/MinC, que tem por objetivo conhecer e integrar os museus brasileiros por meio da coleta, registro e disseminação de informações sobre o setor. - See more at: http://www.museus.gov.br/noticias/cadastro-nacional-de-museus-ja-esta-novamente-disponivel-para-consulta-online/#sthash.wRAbc3GJ.dpuf
Após suspensão temporária do serviço para atualização da plataforma, já está disponível para consulta do público a base de dados online do Cadastro Nacional de Museus, iniciativa desenvolvida pelo Ibram/MinC, que tem por objetivo conhecer e integrar os museus brasileiros por meio da coleta, registro e disseminação de informações sobre o setor.
A ferramenta permite a busca de museus por nome, unidade da federação (UF), município, natureza administrativa e tipologia de acervo. Possibilita ainda identificar a quantidade de museus por UF e região, podendo ser utilizada por profissionais de museus, gestores, pesquisadores e público em geral.
Com base nas informações do Cadastro Nacional de Museus, lançado em 2006, sabe-se hoje que o Brasil possui mais de 3.200 instituições museológicas. A base de dados é atualizada de forma permanente e subsidia a produção de publicações como Museus em Números e Guia dos Museus Brasileiros.
Para cadastrar um museu, é necessário preencher um questionário e enviar para o endereço eletrônico cnm@museus.gov.br.
- See more at: http://www.museus.gov.br/noticias/cadastro-nacional-de-museus-ja-esta-novamente-disponivel-para-consulta-online/#sthash.wRAbc3GJ.dpuf
Cadastro Nacional de Museus já está novamente disponível para consulta online
  Após suspensão temporária do serviço para atualização da plataforma, já está disponível para consulta do público a base de dados online do Cadastro Nacional de Museus, iniciativa desenvolvida pelo Ibram/MinC, que tem por objetivo conhecer e integrar os museus brasileiros por meio da coleta, registro e disseminação de informações sobre o setor.
A ferramenta permite a busca de museus por nome, unidade da federação (UF), município, natureza administrativa e tipologia de acervo. Possibilita ainda identificar a quantidade de museus por UF e região, podendo ser utilizada por profissionais de museus, gestores, pesquisadores e público em geral.
Com base nas informações do Cadastro Nacional de Museus, lançado em 2006, sabe-se hoje que o Brasil possui mais de 3.200 instituições museológicas. A base de dados é atualizada de forma permanente e subsidia a produção de publicações como Museus em Números e Guia dos Museus Brasileiros.
Para cadastrar um museu, é necessário preencher um questionário e enviar para o endereço eletrônico cnm@museus.gov.br.
- See more at: http://www.museus.gov.br/noticias/cadastro-nacional-de-museus-ja-esta-novamente-disponivel-para-consulta-online/#sthash.wRAbc3GJ.dpuf
Cadastro Nacional de Museus já está novamente disponível para consulta online
  Após suspensão temporária do serviço para atualização da plataforma, já está disponível para consulta do público a base de dados online do Cadastro Nacional de Museus, iniciativa desenvolvida pelo Ibram/MinC, que tem por objetivo conhecer e integrar os museus brasileiros por meio da coleta, registro e disseminação de informações sobre o setor.
A ferramenta permite a busca de museus por nome, unidade da federação (UF), município, natureza administrativa e tipologia de acervo. Possibilita ainda identificar a quantidade de museus por UF e região, podendo ser utilizada por profissionais de museus, gestores, pesquisadores e público em geral.
Com base nas informações do Cadastro Nacional de Museus, lançado em 2006, sabe-se hoje que o Brasil possui mais de 3.200 instituições museológicas. A base de dados é atualizada de forma permanente e subsidia a produção de publicações como Museus em Números e Guia dos Museus Brasileiros.
Para cadastrar um museu, é necessário preencher um questionário e enviar para o endereço eletrônico cnm@museus.gov.br.
- See more at: http://www.museus.gov.br/noticias/cadastro-nacional-de-museus-ja-esta-novamente-disponivel-para-consulta-online/#sthash.wRAbc3GJ.dpuf

Primavera dos Museus 2013



O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) informou nesta sexta-feira, 23, que a 7ª Primavera dos Museus vai mobilizar um número recorde de instituições. Um total de 884 museus e centros culturais de todo o país confirmaram sua participação no evento que acontecerá de 23 a 29 de setembro.




 Serão mais de 2,6 mil atividades em torno do tema Museus, Memória e Cultura Afro-Brasileira, que propõe aos museus reverberar as contribuições da África para a sociedade brasileira e disseminar conhecimento e reflexão crítica sobre a realidade afrodescendente no país, contribuindo para a ampliação de olhares e a superação de preconceitos e discriminações raciais.

Programação será disponibilizada

O Ibram, instituição vinculada ao Ministério da Cultura, divulgará, na primeira semana de setembro, um guia online contendo toda a programação da temporada, que oferecerá ao público de todas as regiões do Brasil exposições, seminários, oficinas, exibições de música, teatro, dança e cinema, além de outras atividades e atrações.

Confira o texto explicativo sobre o tema deste ano.

Realizada desde 2007, a Primavera dos Museus é resultado de uma ação conjunta entre o Ibram e as instituições museológicas de todo o país. Os museus que participam da ação têm conseguido alcançar importantes resultados, como o aumento da visitação, maior envolvimento da comunidade, e fortalecimento de sua imagem.

(Texto: Ibram/MinC)
(Fotos na home e acima: Ascom/Ibram - Primavera dos Museus/2011)
(Publicação: Ascom/MinC)

HISTÓRIA - Musal participa de conferência internacional de museus



O Rio de Janeiro sediou, entre os dias 11 e 17 de agosto, a 23ª Conferência do Conselho Internacional de Museus (ICOM), que teve como tema: “Museus + criatividade = mudança social”. O ICOM foi criado por profissionais de museus em 1946 e atualmente a rede conta com 30.000 membros de 137 países. É um órgão consultivo do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas.

O ICOM subdivide-se em 117 comitês nacionais e 31 comitês internacionais dedicados às várias tipologias de museus. O diretor do Museu Aeroespacial e os oficiais museólogos integraram o ICOMAM – comitê do ICOM que se dedica ao estudo de armaria e da história militar.

Durante a conferência, o diretor do Musal proferiu a palestra “Arquitetura de Museus” para os participantes do ICOMAM, dentre eles diretores de museus militares e de armas de vários países.

A 23ª Conferência do ICOM recebeu cerca de 2000 participantes de mais de 100 países, que tiveram como local principal dos trabalhos a Cidade das Artes, localizada na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. Os comitês temáticos realizaram algumas visitas técnicas. Uma delas foi o Musal, onde receberam o livro recém-lançado “Museu Aeroespacial – 40 anos” .


Fonte: MUSAL