sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Mostra de Museus será realizada amanhã no Parque da Juventude

Ação vai apresentar atividades e conteúdo de diversos museus do Estado

A Mostra de Museus, que oferece programação gratuita e variada de diferentes museus, será realizada amanhã no Parque da Juventude, na capital. A ação tem por objetivo apresentar ao público as atividades e o conteúdo dos museus, criando uma relação maior entre as pessoas e os equipamentos culturais.

- Siga o Governo do Estado no Twitter, Facebook e veja fotos no Flickr

Participam da mostra os museus Casa das Rosas, Casa Guilherme de Almeida, Catavento, Memorial da Resistência, Museu Afro Brasil, Museu da Casa Brasileira, MIS (Museu da Imagem e do Som), Museu da Imigração, Museu da Língua Portuguesa, Museu do Futebol, Museu de Arte Sacra, Estação Pinacoteca, Paço das Artes e Pinacoteca.

A Mostra de Museus será também uma oportunidade de conhecer museus localizados em outras cidades do Estado, como o Museu do Café (Santos), Museu Índia Vanuíre (Tupã), Museu Felícia Leirner (Campos do Jordão) e Museu Casa de Portinari (Brodowski).

Quem visitar o evento poderá participar de oficinas, jogos, bate papo, exibição de filmes e contação de histórias, entre outras atividades. A programação inclui até o futebol de cinco - uma adaptação do esporte, jogado por pessoas cegas.

Mais Museus
Os visitantes receberão um passaporte que dá direito a uma entrada gratuita em cada um dos museus e que pode ser usado até novembro de 2014. A abertura oficial da Mostra de Museus acontecerá às 10h com a apresentação do Quinteto de Metais da Osesp (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo).

SERVIÇO
Mostra de Museus
Hoje, das 10h às 17h
Parque da Juventude (Av. Cruzeiro do Sul, 2.630 - Santana - ao lado do Metrô Carandiru)
Grátis
Mais informações no site da Secretaria da Cultura

Do Portal do Governo do Estado

Internet Archive, o museu da internet, pega fogo nos EUA



A instituição Internet Archive, que guarda cópias de milhões de páginas da internet, foi vítima de um incêndio na manhã da última quarta-feira, 6. A sede da organização, localizada em San Francisco, EUA, teve problemas com os fios elétricos, que causaram o acidente.

Ninguém se feriu e as informações continuam preservadas. Os dados do Museu da Internet (como é conhecida a instituição) são guardados em vários servidores.

A Internet Archive diz que haviam alguns materiais físicos, que estavam sendo digitalizados, foram prejudicados. A maioria estava seguro em uma sala separada e protegida, onde eles guardam os arquivos físicos.

Ao todo, a instituição perdeu mais de US$ 600 mil em equipamentos de digitalização. Agora ela está enfrentando dificuldades e pede doações para reparar os danos.

Vale lembrar que boa parte da História vivida hoje é documentada na internet, e preservar nossa memória digital é uma ação fundamental para a preservação e evolução do conhecimento humano.




fonte:

http://olhardigital.uol.com.br/noticia/38707/38707

Museu Itinerante de tecnologia é uma das atrações da Inventum



Ter a sensação de estar no sistema solar, entender como se propaga o som e a energia elétrica ou, ainda, ter uma experiência digna de um verdadeiro astronauta. Que tal aprender coisas novas ou rever um conceito estudado na escola, sendo parte integrante de um fenômeno científico? Os visitantes da 1ª Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pato Branco – Inventum 2013, estão vivenciando novas experiências, onde a Ciência está sendo apresentada de um jeito instigante, despertando a curiosidade e estimulando a interatividade de crianças, jovens e adultos.


O Museu Itinerante da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS) trouxe para a feira 60 experimentos que reproduzem conceitos de química, física, geografia e um pouco de história. “Cada experimento precisa ser manuseado. Mostramos que a ciência é hospitaleira, é fácil, usada no nosso dia a dia e, muitas vezes, nem percebemos. Com isso, queremos que as pessoas aprendam e saiam da feira mais curiosas do que chegaram”, diz Mauro Compani, assistente de Museu da PUC/RS.

A carreta que transporta os equipamentos pelo Brasil e já esteve em mais de 160 cidades e se transforma em um mini-auditório com 45 lugares. Lá dentro, os visitantes da Inventum assistem um filme em 3D sobre o corpo humano. A estrutura colorida chama atenção do público e desafia logo na entrada. Na fachada, estão as palavras: observe, descubra, experimente, analise e crie. “O projeto é veiculado ao Museu de Ciências e Tecnologia da PUC/RS, existe desde 2001 e quer despertar a curiosidade das pessoas, levando a ciência para diversas partes do país. Mais de 1.600 milhões pessoas já visitaram o museu itinerante”, conta Mauro.

Cada experimento contém um título, que remete algum conceito cientifico. Uma placa explica como utilizar e que fenômeno observar. Um “totem” multimídia fornece mais detalhes e complementa as informações de cada equipamento. “Exploramos fenômenos do cotidiano de uma forma lúdica e acessível, como eletricidade, magnetismo, equilíbrio e energia. Mostramos como o processo inicia, para que as pessoas possam entender a base da tecnologia”, explica.

Mauro destaca a grande interação dos visitantes da Inventum. “As pessoas perguntam bastante, têm muita sede de informações. Isso de uma forma geral, desde os pequenos até os adultos. A participação das pessoas mostra que Pato Branco tem um potencial inovador muito grande”, pondera.

Em Pato Branco, a equipe da PUC/RS conta com seis profissionais e alunos dos cursos de Biologia e Geografia da universidade. Além disso, 20 voluntários do Município foram capacitados para realização das atividades.

Experiências inesquecíveis
O sorriso no rosto ao sair do “giroscópio humano” indica que a sensação de ficar suspenso no ar é única e inesquecível. Por dois minutos, Matheus Alves, 16 anos, teve a oportunidade de participar de uma atividade bem semelhante aos treinamentos dos astronautas da Nasa. “Foi uma sensação inexplicável, estou sem palavras. Dá vontade de fazer de novo, é muito bom. Quando vim para a feira não imaginei que teria essa experiência”, revela Matheus.

O passeio pelo “planetário inflável” é concorrido, mas isso não intimidou a curiosidade de Arthur Chociai Scheffer, 12 anos. Na fila, ele conta o que aprendeu no museu dentro da feira. “Gostei de ver que a parabólica também é um meio de comunicação sem fio. Eu pensava que o inflavermelho era gerado de uma forma diferente. Gostei pra valer”, conta.

Com uma câmera fotográfica na mão, para registrar as novidades da Inventum e os momentos com a família,o beltronense Anselmo Bodenmuller destaca a importância da interação proposta pela feira. “Meus filhos estão bem curiosos, descobrindo a ciência brincando. Nós, adultos, também estamos curiosos. Para mim, quase tudo aqui é novidade. A exposição está sendo de muito valor para a nossa região”, completou.

Feira Tecnológica
A Inventum 2013 é uma realização da Prefeitura de Pato Branco, por meio da Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Informação, em parceria com o NTI, Sebrae/PR, Fiep Sesi Senai PR, Pato Branco Tecnópole, UTFPR, faculdade Mater Dei, Fadep, Sindicomércio, ACEPB, Sindimetal Sudoeste, Fórum de Desenvolvimento, Parque Tecnológico Binacional, ItecPB e Proem (Programa de Empreendedorismo e Inovação).

A programação segue até 09 de novembro, com entrada franca para todos os dias. O estacionamento junto ao Parque de Exposições também é gratuito.