Listen to the text.

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Santa Maria vai abrigar um museu

Antiga fábrica de tecidos guarda muita história em suas instalações e será transformada em museu

Um trâmite legal assinado na semana passada pelo Ministério Público, representantes do grupo empresarial Agra Sorocaba Incorporadora Ltda, proprietário do imóvel, e pela Secretaria da Cultura de Sorocaba, vai permitir que as antigas instalações da Fábrica de Tecidos Santa Maria seja transformada em museu.

O documento, denominado TAC (Termo de Ajuste de Conduta), traz o acordo entre as partes que aceitaram a liberação do local mediante a possibilidade da construção de empreendimentos comercial e residencial na área.

O prédio está localizado na Vila Hortência, entre as ruas Newton Prado, Santa Maria e Manoel Lopes, e foi o ganha pão de centenas de pessoas desde sua inauguração, em 1882, até o seu fechamento.

O terreno da antiga Fábrica Santa Maria tem cerca de 38 mil metros quadrados, em estilo inglês, com tijolos aparentes. Foi a primeira estamparia da cidade no período histórico em que Sorocaba ficou conhecida como Manchester Paulista. Deste total, sete mil metros quadrados serão doados à prefeitura que deve usar o espaço para a instalação de um espaço cultural.

Para a titular da Secretaria da Cultura, Jaqueline Gomes da Silva, o TAC promoveu a justa devolução de um importante patrimônio histórico à municipalidade e a ideia, que ainda será melhor discutida e avaliada, é promover a instalação de um museu. A secretária não descarta uma relação com a história do lugar.

Ainda segundo ela, a construtora já deu início às obras no prédio histórico, pois há um grande interesse de que o processo seja ágil. Compondo o ambiente, o futuro museu será integrado às áreas onde serão construídos os complexos comercial e residencial, interligando-os por meio de jardins.

Para efetivar a doação à prefeitura, o Executivo vai encaminhar um projeto de lei à Câmara nos próximos dias.


opinião: 
Camila Santos - Repórter do BOM DIA Antepassados
Por conta das tradições de casamentos precoces, naturais antigamente, tive a oportunidade de conviver durante 22 anos com meus bisavós. Minha bisa Saveria trabalhou na fábrica e contava suas histórias vividas nas dependências da fábrica.
Assim como eu, muita gente deve lembrar de seus antepassados com esta notícia do museu. É realmente muito gratificante ver um prédio que carrega a história entranhada em seus tijolos virar abrigo cultural.
MAIS
1882 Foi inaugurada a Fábrica santa Maria
7 mil m² serão doados para a construção do museu

fonte:

Museu de Antioquia, na Colômbia, restaura obras de Botero

Entidade tratará 27 obras do artista colombiano que estão espelhadas pelas ruas de Medellín

O Museu de Antioquia trabalha na restauração de 27 obras do artista colombiano Fernando Botero. As obras estão espalhadas pelas ruas de Medellín, Colômbia, e cada uma leva três dias para ser restaurada. Elas serão mantidas cobertas até o dia 31 de dezembro, de acordo com a prefeitura local.

As peças se encontram na praça Botero, no parque San Antonio e no parque Berrío. Cada uma será lavada, lixada e receberá uma nova camada de pátina de bronze. Em seguida, recebem uma camada de cera protetora contra chuva, sol e poluição.


O artista Fernando Boter


O Museu de Antioquia reúne 187 obras do artista que, com 81 anos de idade, continua pintando e esculpindo. Sua temática preferida são as formas humanas arredondadas. Botero prepara uma coleção com 70 desenhos inspirados no Kamasutra, para serem exibidas a partir do próximo mês em Saint Moritz, na Suíça.