Listen to the text.

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Museu de São Paulo é fechado para obras de modernização

Mais nove museus vinculados ao Ibram têm previsão de entrar em obras ainda este ano
O presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), Angelo Oswaldo, esteve na última semana em São Paulo(SP), para visitar o Museu Lasar Segall. Acompanhado pelo diretor da instituição, Jorge Scwhartz, o presidente viu de perto o andamento das obras de requalificação do museu, um dos nove vinculados ao instituto que teve contratados serviços deste tipo no final do ano passado. Outros nove têm previsão de entrar em obras ainda este ano.
A fim de recuperar as coberturas e anexos, além das instalações elétrica, telefônica, lógica e luminotécnica, do Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas (SPDA) e do sistema de segurança, foram investidos R$ 2,5 milhões. Os projetos serão concluídos com recursos do Fundo Nacional de Cultura (FNC) e Petrobrás.
Por conta das obras, que já estão em andamento, o museu está fechado até outubro. Atividades como cursos, oficinas, ação educativa e exposições, continuarão a ser promovidas pelo Museu Lasar Segall externamente, em parceria com outras instituições culturais. A programação já foi iniciada.
Em Caeté
No último sábado (22), o Ibram visitou o Museu Regional de Caeté (MG), outra instituição vinculada ao Ibram que passa por obras de requalificação. Na pauta, estavam questões ligadas ao patrimônio histórico-cultural. A presidenta Dilma Rousseff enviou uma mensagem ao município mineiro parabenizando pelos 300 anos da Vila Nova da Rainha (atual Caeté), comemorados neste mês.
Fonte: 

Corrida bizarra para doar o primeiro pénis humano a museu

Dois homens estão a disputar uma «corrida» para ver qual será o primeiro a doar o pénis a uma colecção de um museu na Islândia. A disputa será apresentada num documentário que estreia em Abril.

O documentário «The Final Member» («O Membro Final», em tradução literal), com estreia a 18 de Abril, vai abordar o Phallological Museum, em Reykjavik, Islândia, onde Sigurour «Siggi» Hjartarson exibe a mais completa colecção de pénis da fauna terrestre. Mas falta-lhe um: o pénis do Homo Sapiens.

Um idoso islandês, Pall Arason, argumenta que quando morrer, «já não vai precisar» do seu órgão genital, pelo que ficará «feliz» por doá-lo ao museu. Mas um norte-americano, Tom Mitchell, pretende bater Arason na corrida, dispondo-se a fazer a doação ainda em vida.

O homem dos EUA tem um carinho muito especial pelo seu membro, e deu-lhe inclusivé um nome: «Elmo» (como a personagem da «Rua Sésamo»). Tom decidiu fazer uma tatuagem da bandeira norte-americana no pénis, com as listas e as estrelas.

«Eu quero que todo o mundo saiba que o maior e melhor [pénis] veio dos EUA... sempre tive sonhos de fama e de fortuna para o Elmo», diz Tom Mitchell no trailer do documentário.

«Uma história extraordinária... três homens... um pénis», lê-se no trailer.

fonte:
http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=686926