Listen to the text.

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Astana comemora aniversário como capital cazaque com novo museu

A capital do Cazaquistão, Astana, recebeu como presente pelo décimo sexto aniversário de sua criação, um Museu Nacional, que constitui mais um exemplo da nova arquitetura cazaque, cujo objetivo é vertebrar a capital do país euroasiático.
 


O presidente do Cazaquistão, Nursultan Nazarbayev, assinalou, em comunicado, que "se trata de um presente à capital cazaque pouco antes de seu décimo sexto aniversário", que acontece no dia 16, quarta-feira.

O novo Museu Nacional, cuja construção levou seis anos, está situado no coração econômico e político de Astana, denominado "Terra cazaque", junto à Biblioteca Nacional, o Palácio da Independência, a pirâmide da Paz e a Concórdia, a Mesquita Hazret Sultão e a faculdade de Arte.

Com seus 64 mil metros quadrados se trata de um dos museus maiores da Europa quanto a extensão e está concebido em salas que funcionam como "minimuseus".

A sala da Independência, a de Ouro, a Etnográfica e a de Arte Moderna são expoentes da ideia de um museu multifacetado onde qualquer manifestação de arte pode ser apreciada.

Telas táteis em cazaque, russo e inglês facilitam o percurso do museu que tem espaços multidisciplinares, onde o visitante pode ver a arte através da tela e as crianças podem desenvolver seus dotes de imaginação em oficinas infantis e guiados por analistas.

Duas exposições temporárias, uma sobre a moda da Ásia Central e do Cáucaso e outra de pintura russa foram as escolhidas para a inauguração.

Até agora, assinou acordos de colaboração com o Museu Britânico e com o Russo de Etnografia e com o Museu e Centro de Exibições estatal de Rosizo em Lublinskaya (Rússia).




fonte: @edisonmariotti #edisonmariotti EFE EFE - Agencia EFE - Todos os direitos reservados. Está proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agencia EFE S/A.


Jeff Koons. A festa do ano é no Whitney Museum

Em Novembro passado, Jeff Koons conseguiu entrar para o Guinness – e não é que precisasse desse tipo de publicidade. A sua obra “Balloon Dog (Orange)” que, tal como o nome indica, é um cão em forma de balão laranja, foi a mais cara de um artista vivo a ser vendida em leilão: 58,4 milhões de dólares. A retrospectiva que estará até 9 de Outubro no Whitney Museum of American Art de Nova Iorque também não lhe fica atrás. 
 
 
 
 
 
Estima-se que as peças em exibição no museu estejam avaliadas em mil milhões de dólares. E é, sem dúvida, uma das exposições do ano. Além de uma estátua de Michael Jackson com o seu chimpanzé Bubbles, há bolo de aniversário, balões, aspiradores, uma lagosta insuflável e até um póster com a sua ex-mulher, a actriz porno Cicciolina. Clara Silva faz-lhe uma visita guiada por esta festa bizarra do artista de 59 anos



“New Hoover Celebrity III’s”, de 1980, feito com dois aspiradores de pó da época. Segundo Koons, há que olhar para os objectos de outra maneira, como “máquinas respiratórias”, com os seus “orifícios e poder de sucção”



Mais aspiradores, do período entre 1981 e 1987, quando Koons estava obcecado por estes aparelhos e pelas suas qualidades “andróginas”



"Made In Heaven”, um poster de 1989 com o próprio Jeff Koons e a ex-mulher, a actriz porno Cicciolina. O artista pintou-se a si próprio a fazer sexo com Cicciolina, com quem esteve casado entre 1991 e 1992 e com quem teve um filho, Ludwig



Em 1986, Koons criou este “Fisherman Golfer” em aço inoxidável



A famosa escultura de porcelana de Koons, "Michael Jackson and Bubbles", de 1988, com Michael Jackson e o seu chimpanzé Bubbles. O rei da pop visto pelo rei do kitsch



“Cake”, 1995–97, a rosa em cima do bolo que faltava nesta festa. Pode parecer uma escultura – ou mesmo um bolo de aniversário verdadeiro – mas trata-se de uma pintura

"Gazing Ball (Mailbox)” é uma das esculturas mais recentes da exposição, de 2013, e pertence a um conjunto de obras com uma bola azul a que Koons chamou de “Gazing Ball”
 

fonte: @edisonmariotti #edisonmariotti http://www.ionline.pt/artigos/liv/jeff-koons-festa-ano-no-whitney-museum

Pub