quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Família do Texas que achou esqueleto de mamute entrega fóssil a museu local

DALLAS (Reuters) - Uma família do norte do Texas que descobriu o esqueleto de um mamute que pode ter entre 20 mil e 40 mil anos de idade enquanto escavava sedimentos no solo de sua fazenda, está se preparando para entregar os restos mortais do animal pré-histórico para um museu.

Em maio, Wayne McEwen e sua família estavam recolhendo materiais em uma escavação de cascalho em sua propriedade, no sul de Dallas, quando seu filho acertou uma presa de 1,8 metro enquanto operava uma escavadeira.

O resto do esqueleto, que estava quase completo, foi desenterrado por uma equipe de uma faculdade comunitária da região, que determinou que o animal era um mamute columbiano - uma versão um pouco maior e menos peluda do mais célebre mamute lanoso.

A família decidiu doar os fósseis para o Museu Perot de Natureza e Ciência de Dallas.

Ron Tykoski, um paleontólogo do museu que está trabalhando com uma equipe para preparar o espécime para transporte, disse que o esqueleto está quase intacto, faltando apenas alguns ossos da perna.

"Achamos muitos fósseis de mamutes no ×Texas, mas normalmente é um dente aqui, uma presa ali, ou um pedaço de mandíbula, afirmou Tykoski na terça-feira.

"Isso é incomum. Parece que o animal só se deitou e morreu".

Não há indícios de que a carcaça tenha sido alterada por animais carniceiros, provavelmente porque uma inundação a cobriu de sedimentos pouco após sua morte, afirmou.

Acredita-se que o animal seja uma fêmea por causa do tamanho pequeno, do comprimento das presas e do alargamento nos ossos da pélvis.

O animal tinha entre 2,4 e 2,7 metros de altura, tamanho similar ao de uma fêmea de elefante asiático de hoje.

"Ela precisava ficar no norte do ×Texas, onde as comunidades locais possam apreciá-la por muito tempo", disse McEwen em comunicado.


(Reportagem de Jon Herskovitz) Por Lisa Maria Garza Fonte:  @edisonmariotti #edisonmariotti http://br.reuters.com/article/entertainmentNews/idBRKBN0GQ2CU20140826?pageNumber=1&virtualBrandChannel=0

Nova edição do Circuito Moda Carioca, no Museu Militar Conde de Linhares, em São Cristóvão,

A 4ª edição do Circuito Moda Carioca reunirá, nos dias 29, 30 e 31 de agosto, no Museu Militar Conde de Linhares, em São Cristóvão, mais de 70 marcas de moda feminina, masculina, infantil e acessórios como joias e bolsas a preços de fábrica, com descontos de até 70%. Entre as novidades desta edição estão novas marcas e uma programação cultural que inclui oficinas de moda, troca de livros e grafite. Já as vans gratuitas que percorrem museus e restaurantes do bairro durante o evento ganharam guias turísticos, enquanto a área de palestras terá um número maior de vagas.



Participam do evento marcas como Equatore, Complexo B e Joana João e de polos do interior do estado como de Nova Friburgo, Petrópolis, Sul fluminense, Campos e outros. Todas as informações sobre o evento estão no portal www.circuitomodacarioca.com.br, que traz também informações sobre o setor e São Cristóvão. A expectativa dos organizadores é reunir até 15 mil pessoas e movimentar R$ 2 milhões em negócios. O evento, que acontece duas vezes por ano nos períodos da troca de coleções, tem o patrocínio do Sebrae/RJ e apoio de empresas como Concal, Tecidaria e Caçula.



ATRAÇÕES:

Espaço Circuito - Gastronomia, Diversão e Cultura

Estão programadas oficinas de bijuterias e de moda, além de troca de livros para adultos e crianças. O público poderá ainda fazer doações para a biblioteca do projeto Instituto Bola Pra Frente. Já o projeto Casa Geração do Vidigal mostrará, ao vivo, o processo de customização de roupas, enquanto o grupo Trapa Crew irá interagir com o público por meio da pintura em grafite de um grande painel, que fará parte da cenografia da tenda. As crianças contarão, ainda, com playground. Já na área de gastronomia estarão presentes Hare Burguer, Geneal, Nuvem Sorvete, Capilé Carioca, La Dulce Confeitaria, Brigadeiros da Pat e Café Sobre Rodas.

Vans percorrerão museus e restaurantes

Para que o público conheça as atrações culturais de São Cristóvão, vans do Circuito, com guias turísticos e embarque gratuito, farão um roteiro cultural e gastronômico do bairro durante os três dias do evento das 13h às 18h. O roteiro inclui atrações como o Museu Militar Conde de Linhares, o Museu de Astronomia, o Museu Nacional, a Quinta da Boa Vista, o Campo de São Cristóvão e principais restaurantes. A ação será coordenada pela empresa Embarque Cultural, que irá oferecer também em seu estande 150 convites gratuitos (50 por dia) para uma visita ao Museu Nacional da Quinta da Boa Vista . Os consumidores receberão também um mapa com os endereços das lojas de fábrica de moda feminina, masculina, íntima, praia e fitness, além de restaurantes e museus do bairro, para que possa ser utilizado no decorrer do ano por quem quer ficar na moda, mas economizar.



Palestras sobre temas do setor

Outra novidade desta edição é a ampliação da área de palestras e mesas redondas, que passará de 80 para 120 lugares. Estão previstas oito encontros de profissionais que são referências da moda no Brasil sobre temas como transformações no varejo, joias, cultura, e-commerce, marketing e mídias digitais. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site do evento.



"O objetivo é criar em São Cristovão uma nova praça de venda de varejo de moda e, consequentemente, fortalecer outros segmentos do bairro que também se destacam como a cultura e a gastronomia" explicam Ana Paula Gomes e Adriana Jordan, sócias da AAposta, organizadora do evento.

Marcas participantes:

Equatore, Complexo B, Joana João, Langak, Ajorio, Lust, Carmesita, Galaxxy, Amo Bijou, Artes Marcianas, Retalhos Cariocas, Celi Grache, Atelie Pepita, Brasil Brasileiro, Bê de Maria, Território Carioca, Tagas, Crystal Rio, TaiDai, Dayrell, Budha khe rhi, Pantas, Maria Moda, Izola, Ame Bijoux, Eneida França, Mbex, Pilis Secret, Mimos e Acessórios, In Bits, Molusco, Mork, Tristar, Bossanova, Agressive, Dados e Dadinhos, Garage, Indistripe, Casa Geração, Ajorio, Medida Carioca, Devoi, Polo de Moda de Petrópolis.

Serviço

4ª Edição do Circuito Moda Carioca
Inscrições pra as palestras são feitas pelo site www.circuitomodacarioca.com.br
Data: 29, 30 e 31 de agosto de 2014
Horário: das 12h às 20h
Local: Museu Conde de Linhares: Av.Pedro II, 383, São Cristóvão, RJ. (Próximo aos Portões da Quinta da Boa Vista)
Transporte: O evento promove a campanha: "VÁ DE TÁXI". Há ainda estacionamentos privados na Quinta da Boa Vista e o do Pavilhão de São Cristóvão (ambos com taxa).
Linhas de ônibus: 284, 665, 472, 474, 209 e 624
Metrô: É preciso descer na estação de São Cristóvão e pegar um ônibus
Mais informações: www.circuitomodacarioca.com.br
http://facebook.com/circuitomodacarioca
Contato: 21-2486-3249

Fotografia: Divulgação

presidente do Ibram, Angelo Oswaldo, observou que o País ainda tem uma grande área a ser explorada com a criação de mais museus, concentrados em apenas 20% dos municípios do País. -

Audiência discute direito à memória e à participação da sociedade
Assegurar a representação de todas as classes sociais, etnias e religiões do País é um dos desafios dos articuladores e gestores que atuam na área de museu e patrimônio. O assunto foi discutido, nesta terça-feira (26), em audiência pública sobre Direito à Memória, no Tribunal de Contas da União (TCU).Na abertura do evento, a ministra da Cultura, Marta Suplicy, defendeu a importância da preservação da memória brasileira: “a nossa soberania só estará completa quando todos os cidadãos deste país tiverem acesso a sua memória, a sua história, como uma busca incessante pelo autoconhecimento e a autopreservação”.

Além da ministra, participaram do evento o presidente do TCU, ministro Augusto Nardes, o ministro-substituto André de Carvalho – relator de Cultura no tribunal –, o presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Angelo Oswaldo de Araujo Santos, e a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico e Nacional (Iphan), Jurema Machado e representantes do meio acadêmico e da sociedade civil.

O ministro Augusto Nardes ressaltou a relevância das atividades do Ibram e do Iphan na preservação e divulgação aos cidadãos da memória nacional.

Durante a audiência, foi apresentado o histórico da construção de políticas públicas incluindo a elaboração do Plano Plurianual 2012-2015, passando pelo Plano Nacional de Cultura e o Plano Nacional Setorial de Museus. Foram apontados alguns problemas do setor como a falta de orçamento e a necessidade de ampliar a acessibilidade nos museus.

A presidente do Iphan, Jurema Machado, destacou que a insuficiência de outras políticas nas cidades brasileiras faz com que a entidade se torne refúgio desses segmentos, deixando sob a responsabilidade única do instituto a preservação de prédios históricos.

Com relação ao patrimônio imaterial, Jurema apontou que, nos últimos 10 anos, houve um reconhecimento maior das atividades ligadas a culturas antes marginalizadas como afro e a indígena. Atualmente, na lista de bens imateriais brasileiros estão o frevo, a capoeira e arte Kusiwa, de pintura corporal e gráfica dos povos indígenas Wajãpi.

Já o presidente do Ibram, Angelo Oswaldo, observou que o País ainda tem uma grande área a ser explorada com a criação de mais museus, concentrados em apenas 20% dos municípios do País.

Os panoramas apresentados poderão contribuir na elaboração pelo TCU do Relatório Sistêmico de Fiscalização da Função de governo Cultura (Fisc-Cultura), referente ao exercício de 2014, previsto para ser apreciado pelo plenário do tribunal ainda este ano.

Fonte: Ascom Ministério da Cultura @edisonmariotti #edisonmariotti

Drinking About Museums - The Art Institute of Chicago


Carolina Kaufman compartilhou originalmente:
 
Museum3D Capstone Celebration:
Experiments in Engaging Audiences Using 3-D Printing and Scanning
The Art Institute of Chicago cordially invites you to participate in the Museum3D Capstone Celebration highlighting a year-long IMLS Sparks! Ignition grant led by the Department of Digital Experience and Access and the Department of Museum Education.

* Engage with 3-D scanning and printing and learn how the museum experimented with these technologies to measure its impact on audience engagement with the Art Institute’s collection.

* Participate in an interactive fair highlighting five education programs, each designed for a specific audience.

*Meet project participants from the museum, education and maker communities.

Event Program:
4:30 – 5:30 Interactive Fair
5:30 – 6:30 Presentations, Discussion, Q&A
6:30 – 7:30 Interactive Fair continues
Where: Please enter the Art Institute at the Modern Wing entrance on Monroe Street for easy access to the Ryan Education Center, where admission is always free.

RSVP for this event: http://tinyurl.com/mewbqwy

We look forward to your participation! 

Seminário Historiando a Arte Brasileira

Seminário de Arte

Para mais informações e inscrição acesse:

http://www.comartevirtual.com.br/pages/inscricao

 https://bibliobelas.files.wordpress.com/2014/08/seminc3a1rio-de-arte.jpg

fonte @edisonmariotti #edisonmariotti