Google+ Followers

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Museu aberto na sinagoga conta história dos judeus


Sob fortes medidas de segurança, o Museu Judaico do Porto, na Rua de Guerra Junqueiro, foi inaugurado no domingo por Dale Jeffries, presidente da Comunidade Israelita do Porto.

PEDRO GRANADEIRO/GLOBAL IMAGENS
Na sala que pertenceu ao capitão Barros Basto há objetos de rituais hebreus

A cerimónia juntou duas centenas de convidados, destacando-se, além do cônsul de Israel, Domingos Jerónimo, várias personalidades da política, da cultura e do ensino do Porto, bem como representantes de outras religiões, nomeadamente Abdul Mangá, líder da Comunidade Islâmica do Porto.

No discurso inaugural Dale Jeffries destacou a importância do museu que "conta séculos de história dos judeus da cidade, com respeito pelo judaísmo e pela verdade histórica, sem distorções e sem fantasias".

Três salas na sinagoga

O museu ocupa três salas da que é a maior sinagoga da Península Ibérica. A primeira, que serviu de escola aos jovens criptojudeus resgatados pelo capitão Barros Basto, é agora um espaço dedicado ao judaísmo, estando expostos múltiplos objetos de rituais hebreus. Para além das velhas mesas de tampo inclinado e do quadro a giz que se encontram no espaço, nas paredes estão pendurados antigos mapas com os quais o próprio Barros Basto deu a conhecer o mundo aos seus estudantes.

Na segunda sala pode ver-se a vasta biblioteca de que a Comunidade é depositária, sendo a maioria dos livros em hebraico, bem como um enorme painel com a identificação de cerca de 900 cidadãos do Porto vitimados pela Inquisição, entre os séculos XVI e XVIII.

Finalmente, na terceira sala, onde outrora foi dado abrigo a fugitivos da sanha do nazismo, é contada a história dos judeus portuenses desde a Idade Média até hoje. Painéis, documentos e objetos ilustram essa mesma história, que passou por períodos de liberdade e opressão. O museu está aberto todos os dias, das 9.30 às 17.30 horas, com exceção dos sábados e feriados judaicos. A entrada custa cinco euros por adulto, havendo condições especiais para as escolas.


fonte: @edisonmariotti #edisonmariotti http://www.jn.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Porto&Option=Interior&content_id=4652069

Nenhum comentário:

Postar um comentário