Google+ Followers

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Sheikh Safi al-Din Khānegāh and Shrine Ensemble. --- Conjunto do Khānegāh e do Santuário do Xeque Safi al-Din

Sheikh Safi al-Din Khānegāh and Shrine Ensemble (Persian: مجموعه آرامگاه و خانقاه شیخ صفی الدین‎‎) is the tomb of Sheikh Safi-ad-din Ardabili located in Ardabil, Iran. In 2010, it was registered on the UNESCO World Heritage List.




Sheikh Safi, an eminent leader of an Islamic Sufi order established by the Safavids, was born in Ardabil where this complex is located. The Safavids valued the tomb-mosque form, and the tomb with its mausoleum and prayer hall is located at a right angle to the mosque. The buildings in the complex surround a small inner courtyard (31 by 16 meters). The complex is entered through a long garden.





The Mausoleum of Sheikh Safi, in Ardabil, was first built by his son Sheikh Sadr al-Dīn Mūsā, after Sheikh Safi’s death in 1334. It was constructed between the beginning of the 16th century and the end of the 18th century. The mausoleum, a tall, domed circular tower decorated with blue tile and about 17 meters in height; beside it is the 17th-century Porcelain House preserving the sanctuary's ceremonial wares.


Also part of the complex are many sections that have served a variety of functions over the past centuries, including a library, a mosque, a school, mausolea, a cistern, a hospital, kitchens, a bakery, and some offices. It incorporates a route to reach the shrine of the sheikh divided into seven segments, which mirror the seven stages of Sufi mysticism. Various parts of the mausoleum are separated by eight gates, which represent the eight attitudes of Sufism.

Several parts were gradually added to the main structure during the Safavid dynasty. A number of Safavid sheikhs and harems and victims of the Safavids’ battles, including the Battle of Chaldiran, have been buried at the site.









fonte: @edisonmariotti #edisonmariotti

Cultura e conhecimento são ingredientes essenciais para a sociedade.

A cultura é o único antídoto que existe contra a ausência de amor.

Vamos compartilhar.



--br via tradutor do google
Conjunto do Khānegāh e do Santuário do Xeque Safi al-Din
-
Shaykh Safi, um líder eminente de uma ordem islâmica Sufi estabelecida pelos Safavids, nasceu em Ardabil, onde este complexo está localizado. Os Safavids valorizado a forma túmulo-mesquita, eo túmulo com seu mausoléu e oração salão está localizado em um ângulo direito à mesquita. Os edifícios do complexo rodeiam um pequeno pátio interior (31 por 16 metros). O complexo é introduzido através de um longo jardim.
-
O mausoléu de Sheikh Safi, em Ardabil, foi construído por seu filho Sheikh Sadr al-Din Musa, após a morte de Sheikh Safi em 1334. Foi construído entre o começo do século 16 eo final do século 18. O mausoléu, uma torre circular abobadado de altura decorada com azulejos azuis e cerca de 17 metros de altura; ao lado dele é o século 17 Porcelain House preservar wares cerimonial do santuário.
- Também faz parte do complexo são muitas seções que têm servido uma variedade de funções ao longo dos séculos passados, incluindo uma biblioteca, uma mesquita, uma escola, mausoléus, uma cisterna, um hospital, cozinhas, uma padaria e alguns escritórios. Ele incorpora uma rota para chegar ao santuário do xeque dividida em sete segmentos, que espelham os sete estágios do misticismo sufi. Várias partes do mausoléu estão separados por oito portas, que representam as oito atitudes do Sufismo.
-
Várias peças foram adicionados gradualmente à estrutura principal durante a dinastia Safávida. Um número de xeiques Safávidas e haréns e vítimas de batalhas os safávidas ", incluindo a batalha de Chaldiran, foram enterrados no local.
---
Conjunto do Khānegāh e do Santuário do Xeque Safi al-Din (persa: مجموعه آرامگاه و خانقاه شیخ صفی الدین) é o túmulo do Sheikh Safi-ad-din Ardabili localizado em Ardabil, Iran. Em 2010, foi registrado na Lista do Património Mundial da UNESCO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário