Google+ Followers

domingo, 10 de abril de 2016

Exposições brasileiras estão em ranking das mais visitadas em 2015. --- Brazilian exhibitions are in the ranking of the most visited in 2015.

Brasil é destaque no ranking da revista The Art Newspaper desde 2011. Três exposições aparecem entre as 20 mais visitadas no ano passado


Exposições brasileiras voltaram a figurar entre as mais visitadas do mundo no mais recente ranking da revista britânica especializada The Art Newspaper, fenômeno que se repete desde 2011. Para elaborar a classificação, o periódico considerou o volume de público registrado por museus e outros centros culturais em 2015.

Outras quatro mostras de arte figuram no “Top 100” dedicado à visitação a museus de arte. Exposições brasileiras também ocupam posições nos “Top 10” específicos de Arte Pós-Impressionista e Moderna (cinco); Arte Contemporânea (duas); e Arquitetura e Design (duas).

Fila de visitantes para a exposição “Picasso e 
a Modernidade Espanhola”, no Rio de Janeiro

Destaques

Com público de 620.719 visitantes, “Picasso e a Modernidade Espanhola”, que ficou em cartaz entre os meses de junho e setembro no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) do Rio de Janeiro, é a exposição brasileira que aparece em melhor colocação no ranking geral, figurando em décimo lugar. Outra exposição organizada pelo CCBB RJ, “Kandinsky: tudo começa num ponto”, aparece na décima segunda posição. A terceira exposição a figurar no Top 20 é “Salvador Dalí”, exibida pelo Instituto Tomie Ohtake, de São Paulo (SP), que ocupa o décimo quinto lugar.

As três exposições citadas, nesta ordem, também levaram o Brasil a ocupar, no Top 10 específico de Arte Pós-Impressionista e Moderna, nada menos que as três primeiras colocações. As edições brasiliense e paulista das mostras “Kandinsky: tudo começa num ponto” e “Picasso e a Modernidade Espanhola”, recebidas pelas unidades locais do CCBB, também figuram neste Top 10, ocupando a sexta e décima posições.

Além do Instituto Tomie Ohtake e das unidades do CCBB no Rio de Janeiro, outros espaços figuram no ranking mundial de exposições mais visitadas, são eles: Pinacoteca do Estado de São Paulo; Museu de Arte de São Paulo (MASP); o Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba (PR); o Museu Nacional de Brasília, o Museu Histórico Nacional e o Centro Cultural Correios, também no Rio de Janeiro.
Fonte: Portal Brasil, com informações do Instituto Brasileiro de Museus


Fonte: @edisonmariotti #edisonmariotti
Cultura e conhecimento são ingredientes essenciais para a sociedade.

A cultura é o único antídoto que existe contra a ausência de amor.

Vamos compartilhar.




--in via tradutor do google
Brazilian exhibitions are in the ranking of the most visited in 2015.

Brazil is featured in the magazine's ranking The Art Newspaper since 2011. Three exhibitions appear among the 20 most visited last year

Brazilian exhibitions again among the most visited in the world in the latest ranking of the British specialist journal The Art Newspaper, a phenomenon that recurs since 2011. To develop the ranking, the journal considered the public volume recorded by museums and other cultural centers 2015.

Four other art shows listed in "Top 100" dedicated to visit the art museums. Brazilian exhibitions also take up positions in the "Top 10" Specific Post-Impressionist and Modern Art (five); Contemporary Art (two); and Architecture and Design (two).

Queue of visitors to the exhibition "Picasso and
the Spanish Modernity ", in Rio de Janeiro

highlights

With public of 620,719 visitors, "Picasso and the Spanish modernity" which was staged between the months of June and September at the Centro Cultural Banco do Brazil (CCBB) in Rio de Janeiro is the Brazilian exhibition that appears in better position in the ranking Overall, ranking tenth. Another exhibition organized by CCBB RJ, "Kandinsky: it all starts at a point" appears in the twelfth position. The third exhibition to feature in the Top 20 is "Salvador Dalí" displayed by Tomie Ohtake Institute in São Paulo (SP), which ranks fifteenth place.

The three exhibitions cited, in that order, also led Brazil to occupy the top 10 specific Post-Impressionist and Modern Art, no less than the first three places. The Brasilia and São Paulo editions shows "Kandinsky: it all starts at a point" and "Picasso and the Spanish modernity", received by local units of the CCBB also included in this top 10, ranking sixth and tenth positions.

In addition to the Instituto Tomie Ohtake and CCBB units in Rio de Janeiro, other spaces included in the world ranking of the most visited exhibitions, they are: Pinacoteca do Estado de São Paulo; Art Museum of São Paulo (MASP); Oscar Niemeyer Museum, in Curitiba (PR); the National Museum of Brasilia, the National History Museum and the Post Office Cultural Center, also in Rio de Janeiro.
Check out the full list in the magazine's website The Art Newspaper.
Source: Portal Brazil, with information from the Brazilian Institute of Museums

Nenhum comentário:

Postar um comentário