Google+ Followers

domingo, 22 de maio de 2016

Angola: Munícipes do Sambizanga visitam Museu da Escravatura.

Luanda - Funcionários, alguns alunos e grupos carnavalescos do distrito urbano do Sambizanga efectuam uma visitam guiada, esta sexta-feira, ao Museu Nacional da Escravatura, em saudação ao Dia Internacional dos Museus.


De acordo com responsável da área cultural do distrito urbano do Sambizanga, Carlos Pedro, mentor do evento, o mesmo serve para estimular os funcionários da administração e munícipes de uma forma geral, ao gosto em conhecerem a história do país e não só.

O responsável deseja que os cidadãos cultivem o hábito de visitar museus, sobretudo acompanhando os seus educandos para desde cedo saberem o que os antepassados fizeram em prol do bem-estar social, saber como e onde viviam e sobre a verdadeira historia de Angola.

A celebração da data é feita desde o dia 18 de Maio de 1977, por proposta do Conselho Internacional de Museus (ICOM), organismo da UNESCO.

Neste dia vários museus têm entrada gratuita, sendo possível visitar as suas exposições e obras, assim como participar nas iniciativas preparadas para comemorar a efeméride.

Por essa altura, o horário de funcionamento dos museus é alargado com o objectivo de permitir que mais pessoas possam visitar os espaços museológicos do país.

Em Angola, existem duas dezenas de museus, divididos em três categorias, nacionais, regionais e locais.


VISTA PARCIAL DO EDIFÍCIO DO MUSEU DA ESCRAVATURA
FOTO: LINO GUIMARAES

Só em Luanda estão sedeados seis de âmbito nacional. Desde 2001, o acervo de todos os museus do país tem estado a ser inventariado. Os museólogos angolanos estão preocupados com o actual “divórcio” entre os museus e os cidadãos, em particular a juventude.





Nenhum comentário:

Postar um comentário