Google+ Followers

domingo, 27 de novembro de 2016

Ancient Mosques of the Northern Region, Ghana. --- Antigas Mesquitas da Região Norte, Gana.

Most of the communities of the regions of Northern Ghana, especially the Northern Region, are Muslim. Islam, which first entered Africa through Egypt in the 10th Century AD, progressed from Egypt towards the west and the south at the same time as the trans-Saharan slave and gold trade routes. In Ghana, these trade routes were used by Mande warriors, Islamic Traders and Missionaries. Occasionally, these routes were marked by incursions by the Almoravids, a Berber Dynasty, which played a major role in the spread of Islam in the area. At rest points for the Islamic traders along the routes, and in conquered territories people were converted to Islam and this led to the construction of mosques in the Northern part of Ghana. Some of these mosques still exist today and they date as far back as the 17th Century AD.



ARCHITECTURAL STYLE 

Architecturally, the ancient mosques belong to the Sudanic-Sahelian styles, which can also be found in Burkina Faso and Cote d'Ivoire. This style is characterized by the fusion of the vernacular construction teclmiques with the architectural rules which have to be respected when building a mosque. Two major styles of mosques were the Sudanic style and the Djenne Style.

The Djenne style features a rectangular building without buttresses. It has load bearing walls and a flat roof surrounded by a parapet. It usually has one tower at one end of the rectangle. A typical example of this mosque is the Wuriyanga Mosque located in the Upper East Region, a town near the Northern Region and Togo borders, lying between Garu in the  Upper East Region and Nalerigu in the Northern Region.


B) The Sudanic Style 

The Sudanic style, though rectangular, has timber frame structures or pillars supporting the roof. It is characterized by two pyramidal  towers (the minaret and the mihrab), and by a number of irregular shaped buttresses, with pinnacles projecting above the parapet, which enlivens the mosque's elevations. An example of this style is the Larabanga Mosque located in the Northern Region, near Damongo on the way to Mole Park.







fonte: @edisonmariotti #edisonmariotti

http://www.ghanamuseums.org/ancient-mosques.php

colaboração: Eliasu Mahama 

Cultura e conhecimento são ingredientes essenciais para a sociedade.


A cultura e o amor devem estar juntos.


Vamos compartilhar.



--br via tradutor do google
Antigas Mesquitas da Região Norte, Gana.

A maioria das comunidades das regiões do Norte do Gana, especialmente a Região Norte, são muçulmanas. O Islã, que entrou pela primeira vez na África através do Egito no século X dC, progrediu do Egito para o oeste e para o sul, ao mesmo tempo que as rotas de comércio de escravos e ouro trans-saharianos. Em Gana, essas rotas comerciais foram usadas pelos guerreiros Mande, comerciantes islâmicos e missionários. Ocasionalmente, essas rotas foram marcadas por incursões dos almorávidas, uma dinastia berbere, que desempenhou um papel importante na disseminação do islamismo na região. Em pontos de descanso para os comerciantes islâmicos ao longo das rotas, e em territórios conquistados as pessoas foram convertidas ao Islã e isso levou à construção de mesquitas na parte norte de Gana. Algumas dessas mesquitas ainda existem hoje e datam de tão longe como o século 17 dC.

ESTILO ARQUITECTÓNICO

Arquitectonicamente, as mesquitas antigas pertencem aos estilos Sudanic-Sahelian, que podem igualmente ser encontrados em Burkina Faso e no d'Ivoire da costa. Este estilo caracteriza-se pela fusão das técnicas de construção vernáculas com as regras arquitectónicas que devem ser respeitadas na construção de uma mesquita. Dois estilos principais de mesquitas eram o estilo sudanês e o estilo de Djenne.

O estilo de Djenne caracteriza um edifício retangular sem contrafortes. Tem paredes de carga e um telhado plano rodeado por um parapeito. Geralmente tem uma torre em uma extremidade do retângulo. Um exemplo típico desta mesquita é a Mesquita de Wuriyanga localizada na região do Alto Oriente, uma cidade próxima à região Norte e fronteiras do Togo, situada entre Garu, na região do Alto Est e Nalerigu, na Região Norte.

B) O estilo sudanês

O estilo sudanês, embora retangular, tem estrutura de madeira estruturas ou pilares que suportam o telhado. É caracterizada por duas torres piramidais (o minarete eo mihrab), e por um número de contrafortes irregulares, com os pináculos que projectam acima do parapeito, que alimenta as elevações da mesquita. Um exemplo deste estilo é a Mesquita de Larabanga localizada na Região Norte, perto de Damongo, a caminho de Mole Park.


Nenhum comentário:

Postar um comentário