Google+ Followers

domingo, 11 de dezembro de 2016

Mole National Park - Ghana. Africa.... --- Mole National Park - Gana. África.

In 1958 the park’s lands were set aside as a wildlife refuge and in 1971 the remaining small human population was relocated and the area was designated as a national park. The park occupies an area of approximately 4840 square kilometers. Poaching is a problem, with poachers going 50 km within the park boundaries. The government does not adequately fund the park and there are not enough rangers to patrol the area. 







Mole is located in the Gonja region of Northern Ghana, the nearest town being Larabanga, and the nearest place to get public transportation to the park being Tamale (about 146 km away). The main visitor area and hotel are on an escarpment that overlooks one of the large watering holes.

There are several ways you can view wildlife at Mole. There’s a lovely viewing area overlooking one of the large watering holes and an open expanse of grassland in the visitor’s center complex. You can take a guided hike on a couple of different trails, each of which cover several miles out into the bush and the open grasslands. Or, you can go on a safari vehicle that will drive out onto roads that cut through the bush.

The weather when we were at Mole was very hot and humid (in the 90s F) and a real bonus was being able to relax in the swimming pool in the afternoons.

The food at the hotel restaurant was pretty basic and also rather pricey for the quality. They did a decent job with typical Ghanaian fare. One of the highlights of the visit to Mole was our hiking guide inviting us to have dinner at the staff canteen (his wife was the cook). Two of our companions were vegetarian and they ordered what must have sounded rather strange to the ranger’s wife (beans and boiled eggs) – but she cooked it very well and we all enjoyed it!

As previously mentioned, it is possible to get to Mole by public transportation (taxi or tro-tro – a tro-tro being essentially a terribly overcrowded minivan) that could be accessed from Tamale. You can fly from Accra (the capital) to Tamale. So potentially you could get to the park even if you didn’t have a vehicle to drive. To drive to Mole from Accra is a pretty straight shot north through Kumasi (the second largest city in the country). The roads are a bit rough in places but the roads leading into the park from Larabanga are quite good. 

The area of Ghana in which the park is located is interesting to visit from a cultural perspective also. Larabanga’s claim to fame is the oldest mosque in Ghana, built in the 1400s and still used for worship. There’s also a “witch village” not too far away – a sort of concentration camp to which people accused of witchcraft are banished. The villages in the northern part of the country are the traditional round mud and thatched roof buildings and are very picturesque.




fonte: @edisonmariotti #edisonmariotti

Cultura e conhecimento são ingredientes essenciais para a sociedade.

A cultura e o amor devem estar juntos.

Vamos compartilhar.




--br via tradutor do google
Mole National Park - Gana. África.

Em 1958 as terras do parque foram postas de lado como um refúgio de vida selvagem e em 1971 a pequena população humana restante foi realocada ea área foi designada como um parque nacional. O parque ocupa uma área de aproximadamente 4840 quilômetros quadrados. A caça furtiva é um problema, com os caçadores furtivos indo 50 km dentro dos limites do parque. O governo não financia adequadamente o parque e não há rangers suficientes para patrulhar a área.

Mole está localizado na região de Gonja do norte de Gana, a cidade mais próxima é Larabanga, eo lugar mais próximo para obter o transporte público para o parque Tamale (cerca de 146 km de distância). A principal área de visitantes e hotel estão em uma escarpa que tem vista para um dos grandes buracos.

Há várias maneiras que você pode ver animais selvagens em Mole. Há uma linda área de visualização com vista para um dos grandes orifícios de água e uma extensão aberta de pastagem no centro do visitante do complexo. Você pode fazer uma caminhada guiada em um par de trilhas diferentes, cada um que cobrem vários quilômetros para o mato e as pastagens abertas. Ou, você pode ir em um veículo do safari que conduza para fora nas estradas que cortam através do arbusto.

O clima quando foram no Mole foi muito quente e estação úmida e chuvosa (90 F) e um real bônus foi poder relaxar na piscina à tarde.

A comida no restaurante do hotel era bastante básico e também bastante caro para a qualidade. Eles fizeram um trabalho decente com tarifa típica do Gana. Um dos destaques da visita a Mole foi o nosso guia de caminhada convidando-nos a jantar na cantina do pessoal (sua esposa foi o cozinheiro). Dois dos nossos companheiros foram vegetarianos e eles pediram o que deve ter soado bastante estranho para a esposa do ranger (feijão e ovos cozidos) - mas ela cozinhou muito bem e todos nós gostamos!

Como mencionado anteriormente, é possível chegar a Mole por transporte público (táxi ou tro-tro - tro-tro sendo essencialmente uma minivan terrivelmente superlotadas) que poderia ser acessado de Tamale. Você pode voar de Accra (a capital) para Tamale. Assim potencialmente você poderia começar ao parque mesmo se você não tiver um veículo dirigir. Para dirigir a toupeira de Accra é um tiro reto bonito norte através de Kumasi (a segunda cidade a maior no país). As estradas são um pouco rústica em locais, mas as estradas que levam para o parque de Larabanga são muito bons.

A área de Gana em que o parque está localizado é interessante para visitar de uma perspectiva cultural também. A reivindicação de Larabanga à fama é a mesquita a mais velha em Ghana, construída nos 1400s e usada ainda para a adoração. Há também uma "aldeia de bruxas" não muito longe - uma espécie de campo de concentração para o qual as pessoas acusadas de feitiçaria são banidos. As aldeias na parte norte do país são a tradicional lama redonda e edifícios de telhado de colmo e são muito pitorescos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário