Google+ Followers

terça-feira, 6 de junho de 2017

Bath of St. John, one of the most traditional festivities in the country, registered by the State of Mato Grosso do Sul, Brazil, as Intangible Heritage. --- Banho de São João, uma das festas mais tradicionais do país, tombada pelo Estado do Mato Grosso do Sul, Brasil, como Patrimônio Imaterial.

Considered by the Ministry of Tourism as one of the five main venues for June celebrations in Brazil, the city of Corumbá is preparing to celebrate the famous "bath" of São João, a secular demonstration that takes place on the night of June 23 with the descent of the andores The image of the saint for baptism in the Paraguay River.


The traditional party was declared by the State of Mato Grosso do Sul, Brazil as intangible heritage and awaits national recognition as Intangible Cultural Heritage.


The June celebrations spread throughout the country with strong ingredients of local cultures that mix the profane and the sacred and attract thousands of people, moving the cities in the months of June and July.


It is a bit of this climate that the Ministry of Tourism has started to spread the five destinations (Belo Horizonte in Minas Gerais, Brazil - Bragança in Pará, Brazil - Campina Grande in Paraiba, Brazil - Corumbá in Mato Grosso do Sul, Brazil and São Luis in Maranhão, Brazil) covered by the project to promote and support marketing. Faith and belief

In all corners of the municipality, Corumbá, located in the Pantanal of Mato Grosso do Sul, is a party, is a belief, a devotion, a tradition. One of the highlights is Lavagem do santo, in the waters of the Paraguay River, the day when partygoers descend the Cunha and Cruz hills.

The festeiros, who are more than 100, also open their houses for the feast of the Arraial do São João Bath. The celebrations begin on June 21, but the prayer houses are prepared all year for the "bath", Where pledges are paid for an attained grace - faith that perpetuates the ritual. If Saint John knew that today was his day The earth descended from heaven With pleasure and joy Saint John Pantaneiro surrounds all of Corumbá and became forbidden by the church in the middle of the last century, probably because of its characteristic sacroprofano, where today Catholicism , Candomblé and umbanda.

In the descent of the andores, the singing of the litany and the batuque are mixed in a rhythm of frevo, where the faithful dance and they shake security the lit candle in the hand, accompanied by a band of blow. This is the differential of the Corumbaense party of the other camps in the country. Cururu On June 23, there is no descent order from the andores, which cross in Ladeira Cunha and Cruz, in the usual fulfillment.

The city of Corumbá, which supports the demonstration by organizing a food court and promoting musical attractions, in the General Port, also participates with its official street, where the guests participate. At that moment, the mast lifting ceremony takes place, with the participation of the cururueiros, who dance and paddle around. The party follows the dawn of the 24th. Publicity In the National Calendar of Events, of the Ministry of Tourism, there are 96 festivities distributed in 21 Brazilian states from all regions of the country. In the Central-West Region, managers, organizers and event producers registered six festivities: Mato Grosso do Sul (3), Mato Grosso (2) and Goiás (1).

In addition to national publicity, the Brazilian Tourism Institute (Embratur) has promoted a series of presentations of the feasts of São João do Brasil in Europe, with the aim of diversifying tourism in other countries.

In Rome (Italy) was recorded the largest public so far: 30 thousand people. Followed by Lisbon (Portugal), with more than 15 thousand people and Madrid (Spain) with about 6 thousand.

The foreigners have been enchanted with musical presentations, typical clothes, gangs and the cooking of the party. At the moment, the group is in London (England), where it presents until Sunday (4). The United Kingdom is the 8th largest emitter of tourists to Brazil and the 3rd among European countries.








fonte: @edisonmariotti #edisonmariotti

http://www.diariodigital.com.br/geral/ministerio-do-turismo-divulga-banho-de-sao-joao-uma-das-festas-mais/158854/

By: Gilbert Ngabo Metro Published on Thu Jun 01 2017


Cultura não é o que entra pelos olhos e ouvidos,
mas o que modifica o jeito de olhar e ouvir. 
A cultura e o amor devem estar juntos.

Vamos compartilhar.

Culture is not what enters the eyes and ears, 
but what modifies the way of looking and hearing.



--br
Banho de São João, uma das festas mais tradicionais do país, tombada pelo Estado do Mato Grosso do Sul, Brasil, como Patrimônio Imaterial.


Considerada pelo Ministério do Turismo um dos cinco principais destinos de festejos juninos do Brasil, a cidade de Corumbá se prepara para celebrar o famoso “banho” de São João, manifestação secular que ocorre na noite do dia 23 de junho com a descida dos andores com a imagem do santo para o batismo no Rio Paraguai. 

A tradicional festa foi tombada pelo Estado do Mato Grosso do Sul, Brasil como patrimônio imaterial e aguarda reconhecimento nacional como Patrimônio Cultural Imaterial. 

Os festejos juninos se espalham pelo país com fortes ingredientes das culturas locais que misturam o profano e o sagrado e atraem milhares de pessoas, movimentando as cidades nos meses de junho e julho. 

É um pouco desse clima que o Ministério do Turismo começou a divulgar, desde sexta-feira (2.6), os cinco destinos (Belo Horizonte em Minas Gerais, Brasil - , Bragança em Pará, Brasil -  Campina Grande em Paraiba, Brasil - Corumbá em  Mato Grosso do Sul, Brasil  e São Luis em Maranhão, Brasil) contemplados pelo projeto destinado à promoção e apoio à comercialização. Fé e crença

Em todos os cantos do município, Corumbá, localizada no Pantanal de Mato Grosso do Sul, é festa, é crença, é devoção, é tradição. Um dos pontos altos é a Lavagem do santo, nas águas do rio Paraguai, dia em que os festeiros descem a ladeira Cunha e Cruz. 

Os festeiros, que são mais de 100, também abrem suas casas para a festa do Arraial do Banho de São João. Os festejos se iniciam no dia 21 de junho, mas as casas de rezas se preparam o ano todo para o “banho”, onde paga-se promessas por uma graça alcançada – fé que perpetua o ritual. Se São João soubesse Que hoje era seu dia Descia do céu a terra Com prazer e alegria O São João Pantaneiro envolve toda Corumbá e chegou a ser proibido pela igreja, em meados do século passado, provavelmente pela sua característica sacroprofano, onde hoje se misturam catolicismo, candomblé e umbanda. 

Na descida dos andores, misturam-se o canto da ladainha e o batuque em ritmo de frevo, onde os fieis dançam e se agitam segurança a vela acesa na mão, acompanhados por uma banda de sopro. Este é o diferencial da festa corumbaense dos demais arraiais pelo País. Cururu No dia 23 de junho, não existe ordem de descida dos andores, que se cruzam na Ladeira Cunha e Cruz, no habitual cumprimento. 

A prefeitura de Corumbá, que apoia a manifestação organizando uma praça de alimentação e promovendo atrações musicais, no Porto Geral, também participa com o seu andor, considerado oficial, onde participam os convidados. Nesse momento, ocorre a cerimônia de levantamento do mastro, com a participação dos cururueiros, que dançam e sapateiam em volta. A festa segue pela madrugada do dia 24. Divulgação No Calendário Nacional de Eventos, do Ministério do Turismo, existem 96 festejos distribuídos por 21 estados brasileiros de todas as regiões do país. Apenas na Região Centro-Oeste, gestores, organizadores e produtores de eventos cadastraram seis festejos: Mato Grosso do Sul (3), Mato Grosso (2) e Goiás (1). 

Além da divulgação em nível nacional, o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) tem promovido uma série de apresentações das festas de São João do Brasil na Europa, com intuito de diversificar a oferta turística em outros países. 

Em Roma (Itália) foi registrado o maior público até o momento: 30 mil pessoas. Seguido de Lisboa (Portugal), com mais de 15 mil pessoas e Madri (Espanha) com cerca de 6 mil. 

Os estrangeiros têm se encantado com apresentações musicais, vestimentas típicas, quadrilhas e a culinária da festa. Neste momento, o grupo está em Londres (Inglaterra), onde se apresenta até domingo (4). O Reino Unido é o 8º maior emissor de turistas ao Brasil e o 3º entre os países europeus.




Nenhum comentário:

Postar um comentário