Google+ Followers

terça-feira, 20 de junho de 2017

EcoMuseu do Cerrado Laís Aderne, Brazil. --- EcoMuseu do Cerrado Laís Aderne, Brasil.

The idea of ​​an open Museum, built in a network and allowing, in the widest possible way, to bring together people and institutions that are doing important things for the conservation and preservation of the Cerrado, led us to form the EcoMuseu do Cerrado Laís Aderne.



The Cerrado EcoMuseu Laís Aderne is a new approach to museology, a conceptual challenge focused on the triad territory, heritage and community.

It is a living museum of people who show their face, their culture and the nature where they are inserted that is the Cerrado.

Our museum has no walls; The idea is that every park, house, square, street, river, reserve, school of each city is part of the EcoMuseu. We will build a socio-cultural itinerary to promote a reading about the Cerrado, establishing cultural calendars, trails, attractions, educational workshops, recreation, seminars, fairs and pedagogical and gastronomic experiences so that people can visit different EcoMuseu sites, Dissemination of knowledge about the socio-biodiversity of the Cerrado.

Each person / institution / place that develops a sociocultural project / action can be part of the EcoMuseu. It is a decentralized, dynamic museum, constituting itself in a diversified network that will promote the local history, the achievements and the wishes of its inhabitants, reaching diverse publics of the areas of education, tourism, culture, human ecology, etc., working In the rescue of cultural practices for self-sustaining development.

The museum's physical collection is where each member develops their individual, collective or institutional action / project. To meet the members of the EcoMuseu, visit the gallery of each of them.

The Cerrado EcoMuseu Laís Aderne is an area of ​​cultural and environmental preservation of the Cerrado and its socio-biodiversity that expands as more people enter with their projects, individual, collective or institutional.

Without walls or doors, the idea of ​​the Eco-museum of the Cerrado Laìs Aderne is that every park, house, square, street, river, reserve, school of every city, country and city, is part of the museum through the positive actions of its inhabitants .

For this, each member will be part of a socio-cultural itinerary to promote a reading about the cerrado, establishing cultural calendars, trails, attractions, educational workshops, picnics, recreation, seminars, fairs and pedagogical and gastronomic experiences for people to visit The different sites of the EcoMuseu, as well as the dissemination of knowledge about the socio-biodiversity of the Cerrado.

The Ecos Museums and Open Museums are self-sustaining conservation and development units that seek to balance the human being, the environment and culture, preserving biodiversity and multiculturalism.

What unites us today is our love of the Cerrado. As such, the Cerrado EcoMuseu Laís Aderne is a cultural and environmental preservation area of ​​the Cerrado and its socio-biodiversity that expands as more people come in with their projects, individual, collective or institutional.

Without walls or doors, the idea of ​​the Eco-museum of the Cerrado Laìs Aderne is that every park, house, square, street, river, reserve, school of every city, country and city, is part of the museum through the positive actions of its inhabitants .

To do this, each member will be part of a socio-cultural itinerary to promote a reading about the cerrado, establishing cultural calendars, trails, attractions, educational workshops, picnics, recreation, seminars, fairs and gastronomic and pedagogical experiences for people to visit The different sites of the Ecomuseum, as well as the dissemination of knowledge about the socio-biodiversity of the cerrado.

Each person / institution / place that develops a sociocultural and environmental project / action will be part of the Eco-museum.








Cultura não é o que entra pelos olhos e ouvidos,
mas o que modifica o jeito de olhar e ouvir. 
A cultura e o amor devem estar juntos.

Vamos compartilhar.

Culture is not what enters the eyes and ears, 
but what modifies the way of looking and hearing.




--br 
EcoMuseu do Cerrado Laís Aderne, Brasil.

A ideia de um Museu aberto, construído em rede e que permitisse, da forma mais ampla possível, juntar pessoas e instituições que estão fazendo coisas importantes para a conservação e preservação do Cerrado nos levou a constituição do EcoMuseu do Cerrado Laís Aderne. 

O EcoMuseu do Cerrado Laís Aderne é uma nova abordagem da museologia, é um desafio conceitual voltado para a tríade território, patrimônio e comunidade. 

É um museu vivo de pessoas que mostram a sua cara, a sua cultura e a natureza aonde estão inseridos que é o Cerrado. 

Nosso museu não tem paredes; a ideia é que cada parque, casa, praça, rua, rio, reserva, escola de cada cidade faça parte do EcoMuseu. Iremos construir um roteiro sócio-cultural para promover uma leitura sobre o Cerrado, estabelecendo calendários culturais, trilhas, atrações, oficinas educativas, recreação, seminários, feiras e experiências pedagógicas e gastronômicas para que as pessoas possam visitar os diferentes locais do EcoMuseu, além da divulgação de conhecimentos sobre a sociobiodiversidade do Cerrado. 

Cada pessoa/instituição/lugar que desenvolva um projeto/ação sociocultural poderá fazer parte do EcoMuseu. Trata-se de um museu descentralizado, dinâmico, constituindo-se em uma rede diversificada que promoverá à história local, às realizações e aos anseios dos seus habitantes, atingindo diversos públicos das áreas de educação, turismo, cultura, ecologia humana, etc, trabalhando no resgate dos fazeres culturais para o desenvolvimento auto-sustentável. 

O acervo físico do museu está aonde cada membro desenvolve a sua ação/projeto individual, coletivo ou institucional. Para conhecer os membros do EcoMuseu, visite a galeria de cada um deles.

O EcoMuseu do Cerrado Laís Aderne é um espaço de preservação cultural e ambiental do Cerrado e a sua sociobiodiversidade que se expande na medida que mais pessoas entram com os seus projetos/ações, individuais, coletivas ou institucionais. 

Sem paredes nem portas, a ideia do EcoMuseu do Cerrado Laìs Aderne é que cada parque, casa, praça, rua, rio, reserva, escola de cada cidade, no campo e na cidade, faça parte do museu através das ações positivas dos seus habitantes. 

Para isso, cada membro fará parte de um roteiro sócio-cultural para promover uma leitura sobre o cerrado, estabelecendo calendários culturais, trilhas, atrações, oficinas educativas, piqueniques, recreação, seminários, feiras e experiências pedagógicas e gastronômicas para que as pessoas possam visitar os diferentes locais do EcoMuseu, além da divulgação de conhecimentos sobre a sociobiodiversidade do Cerrado. 

Os Ecos Museus e Museus Abertos são unidades de conservação e desenvolvimento autossustentável que buscam o equilíbrio entre o ser humano, o meio ambiente e a cultura, preservando a biodiversidade e a multiculturalidade.

O que nos une hoje é o nossso amor ao Cerrado. Sendo assim, o EcoMuseu do Cerrado Laís Aderne é um espaço de preservação cultural e ambiental do Cerrado e a sua sociobiodiversidade que se expande na medida que mais pessoas entram com os seus projetos/ações, individuais, coletivas ou institucionais. 

Sem paredes nem portas, a ideia do EcoMuseu do Cerrado Laìs Aderne é que cada parque, casa, praça, rua, rio, reserva, escola de cada cidade, no campo e na cidade, faça parte do museu através das ações positivas dos seus habitantes. 

Para isso, cada membro fará parte de um roteiro socio-cultural para promover uma leitura sobre o cerrado, estabelecendo calendários culturais, trilhas, atrações, oficinas educativas, piqueniques, recreação, seminários, feiras e experiências pedagógicas e gastronômicas para que as pessoas possam visitar os diferentes locais do Ecomuseu, além da divulgação de conhecimentos sobre a sociobiodiversidade do cerrado. 

Cada pessoa/instituição/lugar que desenvolva um projeto/ação sociocultural e ambiental fará parte do Eco-museu.



Nenhum comentário:

Postar um comentário