Google+ Followers

sexta-feira, 23 de junho de 2017

New restrictions set on visiting Peru's famed Machu Picchu. --- Novas restrições foram feitas para visitar o famoso Machu Picchu do Peru.

LIMA, Peru (AP) — Travelers wanting a glimpse of Peru's famed Machu Picchu will be restricted to visiting during morning or afternoon tours in a move aimed at conserving the site's archaeological splendor.

The new rules go into effect in July and will allow about 3,600 visitors to enter the ancient Incan citadel from 6 a.m. to noon and an additional nearly 2,700 people to explore during the afternoon.

Previously, travelers could spend the entire day taking in the world-renowned site.

The changes are a result of a 2015 study by a U.S. archaeologist and recommendations from UNESCO on how best to ensure that Machu Picchu isn't hurt by rising numbers of tourists.


FILE - In this April 1, 2010 file photo, the citadel of Machu Picchu 
is seen during its reopening in Cuzco, Peru. Authorities said on 
Wednesday, June 21 2017, that tourist access to the fabled ruins 
has be reorganized into two shifts, to help conservations efforts.


Machu Picchu (in Quechua Machu Pikchu, "old mountain"), also called "lost city of the Incas", Is a well-preserved pre-Columbian city, located at the top of a mountain, at 2,400 meters of altitude, In the valley of the Urubamba River, now Peru.

It was built in the fifteenth century, under the orders of Pachacuti. The place is probably the most typical symbol of the Inca Empire, Either due to its original location and geological features, or due to its late discovery in 1911.

Only about 30% of the city is of original construction, the rest has been rebuilt. The reconstructed areas are easily Recognized by the fit between the stones. The original construction is made up of larger stones, Space between rocks.

It consists of two large areas: the agricultural area consisting mainly of terraces and food storage enclosures; And the urban one, in which the sacred zone with real temples, squares and mausoleums stands out. The layout of the buildings, the excellence And the large number of terraces for agriculture are impressive, highlighting the great capacity of society. In the middle of the mountains, temples, houses and cemeteries are distributed in an organized way, opening streets and Taking advantage of the space with stairs. According to Inca history, all planned for the passage of the sun god.

The place was elevated to the category of UNESCO World Heritage, having been subject of worries due to the interaction With tourism being one of the most visited historical sites in Peru. The Swiss organization New Open World Corporation (NOWC) in a free global internet voting and telephone calls (over 100 million votes worldwide) and with Analysis of architects and archaeologists ranked Machu Picchu as one of the seven wonders of the modern world. There are several Machu Picchu, and the most accepted is that it was a settlement built with the purpose of To supervise the economy of the conquered regions and with the secret purpose to take refuge the sovereign Inca and its entourage
In case of attack.






Cultura não é o que entra pelos olhos e ouvidos,
mas o que modifica o jeito de olhar e ouvir. 
A cultura e o amor devem estar juntos.

Vamos compartilhar.

Culture is not what enters the eyes and ears, 
but what modifies the way of looking and hearing.





--br
Novas restrições foram feitas para visitar o famoso Machu Picchu do Peru.

LIMA, Peru (AP) - Os viajantes que desejam um vislumbre do famoso Machu Picchu do Peru serão restritos a visitas nos passeios da manhã ou da tarde em um movimento destinado a conservar o esplendor arqueológico do site.

As novas regras entrarão em vigor em julho e permitirão que cerca de 3.600 visitantes entrem na antiga cidadela Inca das 6h às 12h e cerca de 2.700 pessoas para explorar durante a tarde.

Anteriormente, os viajantes podiam passar o dia inteiro no local de renome mundial.

As mudanças são resultado de um estudo realizado em 2015 por um arqueólogo dos EUA e recomendações da UNESCO sobre a melhor maneira de assegurar que Machu Picchu não sofra pelo aumento do número de turistas.

imagem
ARQUIVO - Nesta foto de arquivo de 1 de abril de 2010, a cidadela de Machu Picchu é vista durante sua reabertura em Cuzco, Peru. As autoridades disseram na quarta-feira, 21 de junho de 2017, que o acesso turista às ruínas lendárias foi reorganizado em dois turnos, para ajudar os esforços de conservação.


Machu Picchu (em quíchua Machu Pikchu, "velha montanha"), também chamada "cidade perdida dos Incas", é uma cidade pré-colombiana bem conservada, localizada no topo de uma montanha, a 2400 metros de altitude, no vale do rio Urubamba, atual Peru.


Foi construída no século XV, sob as ordens de Pachacuti. O local é, provavelmente, o símbolo mais típico do Império Inca, quer devido à sua original localização e características geológicas, quer devido à sua descoberta tardia em 1911. 

Apenas cerca de 30% da cidade é de construção original, o restante foi reconstruído. As áreas reconstruídas são facilmente reconhecidas, pelo encaixe entre as pedras. A construção original é formada por pedras maiores, e com encaixes com pouco espaço entre as rochas.

Consta de duas grandes áreas: a agrícola formada principalmente por terraços e recintos de armazenagem de alimentos; e a urbana, na qual se destaca a zona sagrada com templos, praças e mausoléus reais. A disposição dos prédios, a excelência do trabalho e o grande número de terraços para agricultura são impressionantes, destacando a grande capacidade daquela sociedade. No meio das montanhas, os templos, casas e cemitérios estão distribuídos de maneira organizada, abrindo ruas e aproveitando o espaço com escadarias. Segundo a história inca, tudo planejado para a passagem do deus sol.

O lugar foi elevado à categoria de Patrimônio mundial da UNESCO, tendo sido alvo de preocupações devido à interação com o turismo por ser um dos pontos históricos mais visitados do Peru. A organização suíça New Open World Corporation (NOWC) em votação mundial gratuita pela internet e ligações telefônicas (mais de 100 milhões de votos pelo mundo) e com analise de arquitetos e arqueólogos classificou Machu Picchu como umas das sete maravilhas do mundo moderno. Há diversas teorias sobre a função de Machu Picchu, e a mais aceita afirma que foi um assentamento construído com o objetivo de supervisionar a economia das regiões conquistadas e com o propósito secreto de refugiar o soberano Inca e seu séquito mais próximo, no caso de ataque.

Nenhum comentário:

Postar um comentário