Google+ Followers

quinta-feira, 2 de março de 2017

Strutting the runway in fashion: technology behind the glamour. --- Suportando a pista na moda: tecnologia por trás do glamour. --- 在时尚跑道上展示:技术背后的魅力。

Lights, Camera, Action! With New York Fashion Week in full bloom, London Fashion Week in headlines, Milan Fashion Week and Paris Fashion Week lining up the runway, the spotlight over the coming month is well and truly centred on luxury goods. What better time than now to delve into the likes of Vogue’s luxury goods insights for 2017, adding a dash of financial lingo, as we explore the strategic growth of fashion and luxury goods in Asia, as well as the show-stopping link between tech and fashion.




Luxury Goods Outlook for 2017

Luxury goods (including high-end fashion), not being essential for consumers, tend to be more prone to fluctuations in the economic cycle. 

Luckily for the US, this is not so much an issue with positive economic indications following Trump’s election. Unfortunately, though, the situation is not as uniform within Europe. While luxury goods benefitted from the depreciation of the pound, which drove touristic shopping growth in the UK, a series of terrorist attacks around Germany and France negatively impacted sales of luxury goods.


So what is next? The US will have to be wary of the rapidly strengthening USD, which would be sure to restrict high-end tourist spending in the area. However, this concern might be mitigated with the growing expectation of an interest rate hike in the US.

The outlook looks duller in Europe. On the whole, European economies are struggling. This is partly because of the difficulty associated with recovering from the sovereign debt crisis, and the uncertainty that comes with more imminent events: Trump’s administration, Brexit negotiations, and the potential election of leaders with very protectionist agendas which could threaten the Eurozone.

Moving to Asia, the emerging middle class should continue to boost luxury spending, though once again tense political relations following Trump’s election might dampen the expected growth from this area.


On the whole, then, high-end spending has openings for growth (particularly outside Europe), though reverse pressures might be seen from strengthening local currencies and political uncertainty.

Strategic Growth in Asia

How does fashion intend to grow in Asia? On one hand, it doesn’t have to do much. Asian households are increasingly moving into higher income brackets, leading them towards an increased level of discretionary purchases (and thus endowing fashion with a larger customer base). On the other hand, prospective growth in the industry may be more enhanced for certain strategic avenues over others.



Firstly, online shopping is set to skyrocket, even further than it already has in recent years. Clothing is the #1 item purchased by Asian shoppers online, and online retail revenue in the Asia-Pacific is set to double from $733 billion in 2015 to $1.4 trillion by 2020. In particular, targeting China is likely to reap benefits for fashion brands aspiring to expand within Asia, with the country accounting for 80% of online retail in the Asia-Pacific. Forrester, in its report ‘Asia Pacific Online Retail Forecast, 2015 to 2020‘, points out that China surpassed the US to become the largest e-commerce market in the world despite an economic slowdown in 2015. For fashion brands, China is likely to be seen as a more reliable source of Asian retail growth.

Secondly, it seems that Western brands are a more prosperous source of expansion in the Asia-Pacific region. Chinese fashionistas, with a broad international brand awareness from travel and the media, are often willing to pay extra for Western brands, which are less commonly locatable in the Asian regions. Many foreign companies have successfully taken advantage of the growth potential in Asia – H&M, for example, has for a long time had more than 50 stores in China alone. Zara began a similar expansion into Asia around 6 years ago. It is not long before the remainder of foreign retail brands realise the success that such companies have experienced and jump on the bandwagon.



(Fin)Tech and Fashion
Lastly, the fashion industry is prone to changes in the technological sector.

While fashion sometimes uses technology to merely create new styles (Karl Lagerfeld dedicated his October 2016’s Chanel fashion show in Paris to wires and data boxes), some firms have focused on using technological innovations and FinTech to provide customers with new digital experiences. Babyghost, for example, enables pieces of collections to be digitally linked to an app so that they can share “stories”, such as where and by whom they were worn.

Others have adopted new tech tools to design more fashionable products. London start-up Search Style Ltd utilises real social content for unbiased, real-time analysis to provide insights into current global fashion trends. The stored data can then be used as a source of inspiration for designers and customers. Fyodor Golan intends to fully digitalise the design and specification of garments pre-sampling, removing the need to toile, which would speed up the design process and enable designers to focus on creativity.

Final Remarks

Source: Call Levels

Engaging new developments in technology inevitably finds a way to link back to aspects of our everyday lives, and fashion is no exception. The growth of fashion and high-end goods, particularly in the Asian regions, is undoubtedly an exciting space to watch.












Cultura e conhecimento são ingredientes essenciais para a sociedade.

Cultura não é o que entra pelos olhos e ouvidos,

mas o que modifica o jeito de olhar e ouvir. 

A cultura e o amor devem estar juntos.

Vamos compartilhar.

Culture is not what enters the eyes and ears, 

but what modifies the way of looking and hearing.










--br
Suportando a pista na moda: tecnologia por trás do glamour.

Luzes, câmera, ação! Com a Semana de Moda de Nova York em plena floração, a Semana da Moda de Londres em manchetes, a Semana da Moda de Milão e a Semana de Moda de Paris fazendo a fila da pista, o foco no próximo mês está bem centrado nos bens de luxo. Que tempo melhor do que agora para mergulhar em gostos de insights Vogue luxo de mercadorias para 2017, adicionando uma pitada de linguagem financeira, como nós exploramos o crescimento estratégico da moda e bens de luxo na Ásia, bem como a ligação show-stopping entre tecnologia e moda.

Perspectiva de bens de luxo para 2017
Produtos de luxo (incluindo moda high-end), não sendo essencial para os consumidores, tendem a ser mais propenso a flutuações no ciclo econômico.

Felizmente para os EUA, isso não é tanto um problema com indicações econômicas positivas após a eleição de Trump. Infelizmente, porém, a situação não é tão uniforme na Europa. Enquanto os bens de luxo beneficiaram da depreciação da libra, que impulsionou o crescimento das compras turísticas no Reino Unido, uma série de ataques terroristas em torno da Alemanha e da França impactou negativamente as vendas de bens de luxo.
Então o que é o próximo? Os EUA terão de ser cautelosos com o rápido fortalecimento do USD, o que, com certeza, restringiria os gastos turísticos de alto nível na área. No entanto, esta preocupação pode ser atenuada com a crescente expectativa de uma subida das taxas de juro nos EUA.

A perspectiva parece mais embotada na Europa. No seu conjunto, as economias europeias estão a lutar. Isso se deve, em parte, à dificuldade associada à recuperação da crise da dívida soberana e à incerteza que acompanha eventos mais iminentes: a administração de Trump, as negociações de Brexit ea potencial eleição de líderes com agendas muito protecionistas que poderiam ameaçar a zona do euro.
Movendo-se para a Ásia, a classe média emergente deve continuar a impulsionar os gastos de luxo, embora uma vez mais tensas relações políticas após a eleição Trump pode moderar o crescimento esperado a partir desta área.

Em geral, então, os gastos de alto nível têm aberturas para o crescimento (especialmente fora da Europa), embora as pressões inversas possam ser vistas pelo fortalecimento das moedas locais e pela incerteza política.

Crescimento Estratégico na Ásia
Como a moda pretende crescer na Ásia? Por um lado, não tem que fazer muito. As famílias asiáticas estão cada vez mais se movendo em escalões de renda mais elevados, levando-os para um aumento do nível de compras discricionárias (e, assim, dotar a moda com uma base de clientes maior). Por outro lado, o crescimento prospectivo na indústria pode ser mais reforçada para certos caminhos estratégicos sobre os outros.

Em primeiro lugar, compras on-line está definido para skyrocket, ainda mais do que já tem nos últimos anos. A roupa é o item # 1 comprado por compradores asiáticos on-line, ea receita de varejo on-line na Ásia-Pacífico está dobrando de US $ 733 bilhões em 2015 para US $ 1,4 trilhão até 2020. Em particular, a meta da China é colher benefícios para as marcas de moda aspirantes Para expandir dentro de Ásia, com o país que responde por 80% do varejo em linha na Ásia-Pacífico. A Forrester, em seu relatório "Previsão de varejo on-line da Ásia-Pacífico, 2015 a 2020", ressalta que a China ultrapassou os EUA para se tornar o maior mercado de e-commerce do mundo, apesar de uma desaceleração econômica em 2015. Para as marcas de moda, Ser visto como uma fonte mais confiável do crescimento do varejo asiático.

Em segundo lugar, parece que as marcas ocidentais são uma fonte mais próspera de expansão na região da Ásia-Pacífico. As fashionistas chinesas, com uma ampla consciência da marca internacional de viagens e mídia, muitas vezes estão dispostas a pagar mais por marcas ocidentais, que são menos comumente localizadas nas regiões asiáticas. Muitas empresas estrangeiras têm aproveitado com sucesso o potencial de crescimento na Ásia - H & M, por exemplo, tem por muito tempo tinha mais de 50 lojas na China sozinho. Zara começou uma expansão similar em Ásia aproximadamente 6 anos há. Não é muito antes de o restante de marcas de varejo estrangeiras perceber o sucesso que essas empresas têm experimentado e saltar sobre o bandwagon.

(Fin) Tecnologia e Moda
Por fim, a indústria da moda é propensa a mudanças no setor tecnológico.

Enquanto a moda às vezes usa a tecnologia para simplesmente criar novos estilos (Karl Lagerfeld dedicou seu desfile de moda Chanel de outubro de 2016 em Paris a fios e caixas de dados), algumas empresas se concentraram em usar inovações tecnológicas e FinTech para oferecer aos clientes novas experiências digitais. O Babyghost, por exemplo, permite que pedaços de coleções sejam digitalmente vinculados a um aplicativo para que eles possam compartilhar "histórias", como onde e por quem eles foram usados.

Outros adotaram novas ferramentas de tecnologia para projetar produtos mais elegantes. Londres start-up Search Style Ltd utiliza conteúdo social real para imparcial, análise em tempo real para fornecer insights sobre as tendências da moda global atual. Os dados armazenados podem então ser usados ​​como uma fonte de inspiração para designers e clientes. Fyodor Golan pretende digitalizar completamente o design e especificação de vestuário pré-amostragem, eliminando a necessidade de toile, o que aceleraria o processo de design e permitir que os designers se concentrar na criatividade.

Considerações finais

Fonte: Níveis de chamada
Engajar novos desenvolvimentos na tecnologia, inevitavelmente, encontra uma maneira de ligar de volta aos aspectos de nossas vidas cotidianas, ea moda não é excepção. O crescimento da moda e produtos de alta qualidade, especialmente nas regiões asiáticas, é sem dúvida um espaço emocionante para assistir.
Visite o site Call Levels em www.call-levels.com.











--chines simplificado via tradutor do google
在时尚跑道上展示:技术背后的魅力。

灯,相机,行动!随着纽约时装周盛开,伦敦时装周的头条新闻,米兰时装周和巴黎时装周排行跑道,未来一个月的亮点是真正的以奢侈品为中心。在我们探索时尚和奢侈品在亚洲的战略发展,以及技术和服务之间的联系,我们将在2017年深入了解Vogue的奢侈品洞察,时尚。

奢侈品展望2017年
奢侈品(包括高端时尚),对于消费者来说不是必需的,往往更容易出现经济周期的波动。

幸运的是,对于美国来说,这不是关于特朗普当选后的积极经济迹象的问题。不幸的是,这种情况在欧洲并不统一。虽然奢侈品受益于英镑的贬值,这促使英国的旅游购物增长,围绕德国和法国的一系列恐怖袭击对奢侈品销售造成负面影响。
那么接下来是什么呢?美国将必须警惕快速增长的美元,这肯定会限制该地区的高端旅游支出。然而,随着美国加息的预期日益增长,这种担忧可能会减轻。

欧洲的前景看起来很枯燥。总的来说,欧洲经济正在挣扎。这部分是因为从主权债务危机中恢复的困难,以及更迫在眉睫的事件带来的不确定性:特朗普政府,Brexit谈判,以及可能选择可能威胁欧元区的非常保护主义议程的领导人。
走向亚洲,新兴的中产阶级应该继续提高奢侈品消费,但是特朗普选举之后,再次紧张的政治关系可能会抑制这一地区的预期增长。

总体而言,高端支出有增长的空间(特别是在欧洲以外),尽管从加强当地货币和政治不确定性可以看出逆转压力。

亚洲战略增长
时尚如何在亚洲成长?一方面,它不需要做太多。亚洲家庭越来越多地进入高收入阶层,导致他们提高自由购买水平(从而使时尚拥有更大的客户群)。另一方面,对于某些战略渠道,行业的预期增长可能会比其他战略渠道更加增强。

首先,网上购物的规模将大幅提升,远远超过近年来的水平。服装是亚洲购物者在线购买的第一个产品,亚太地区的在线零售收入将从2015年的7,330亿美元翻一番,到2020年达到1.4万亿美元。特别是,面向中国的时尚品牌在亚洲地区扩展,该国占亚太地区在线零售的80%。 Forrester在其报告“2015年至2020年亚太地区在线零售预测”中指出,尽管2015年经济放缓,中国已超过美国成为世界上最大的电子商务市场。对于时尚品牌,中国可能被视为亚洲零售增长的更可靠来源。

其次,似乎西方品牌是亚太地区更为繁荣的扩张源泉。中国时尚达人,来自旅游和媒体的广泛的国际品牌意识,往往愿意为西方品牌支付额外的费用,这些品牌在亚洲地区较少见。许多外国公司已经成功地利用了亚洲的增长潜力 - 例如,H&M长期以来在中国有超过50家门店。大约6年前,Zara开始类似地扩展到亚洲。不久之后,其余的外国零售品牌就意识到这些公司所经历的成功,并跳过了这一潮流。

(Fin)科技和时尚
最后,时装业容易发生技术变化。
虽然时尚有时使用技术来创造新的风格(Karl Lagerfeld将他2016年10月在香港的Chanel时装秀用于电线和数据盒),一些公司专注于使用技术创新和FinTech为客户提供新的数字体验。例如,Babyghost允许将一些集合数字地链接到应用程序,以便他们可以共享“故事”,例如他们穿在哪里和谁。
其他人则采用新的技术工具来设计更时尚的产品。伦敦启动Search Style Ltd利用真实的社交内容进行无偏见的实时分析,以提供对当前全球时尚趋势的洞察。存储的数据然后可以用作设计者和客户的灵感源。 Fyodor Golan打算完全数字化服装预抽样的设计和规格,消除了对厕所的需要,这将加快设计过程,使设计师能够专注于创造力。

最后说明

来源:Call Levels
参与技术的新发展不可避免地找到一种方法来连接回我们的日常生活的各个方面,时尚也不例外。时尚和高端商品的增长,特别是在亚洲地区,无疑是一个令人兴奋的空间观看。

访问Call Levels网站www.call-levels.com

El Museo Nacional de Cardiff es único en el Reino Unido en su gama de muestras de artes y ciencia. --- 卡迪夫国家博物馆的艺术和自然科学展览在英国同类博物馆之中独一无二。 --- Museu Nacional de Cardiff é único no Reino Unido em sua gama de artes e amostras de ciências.

Somos el hogar del Museo Nacional de Arte de Gales, que ocupa la primera planta, y con la Historia Natural en la planta baja.







Horario de apertura
De 10:00 a 17:00 de martes a domingo y la mayoría de los lunes festivos. Las galerías cierran a las 16:45.

Arte y Ciencia - ¡todo bajo un mismo techo!

El Museo Nacional de Cardiff es único en el Reino Unido en su gama de muestras de artes y ciencia.

Tanto si tiene una hora como si tiene todo el día, ¡aquí hay algo para todos!

Las galerías de arte son el hogar de increíbles pinturas, dibujos y esculturas de los últimos 500 años hasta la actualidad.


Puede ver excepcionales pinturas de los antiguos maestros europeos, una de las mejores colecciones impresionistas y post impresionistas en Europa y el mayor espacio para el arte moderno y contemporáneo en Gales.

En la planta baja, se puede viajar en el tiempo, desde el Big Bang y la formación de la tierra en nuestras galerías de las Evoluciones de Gales.

Puede ver una verdadera pieza de roca lunar, volcanes, dinosaurios, trilobites y mamuts peludos - ¡de cerca!

También puede explorar la historia natural de Gales, a través de los bosques y la orilla del mar en las galerías de Historia Natural.


Vea si puede encontrar el zorro, la ballena jorobada y ¡la tortuga laúd más grande del mundo!

Cómo llegar

Ubicado en el Centro Cívico de Cardiff

En coche: tomar la J32 de la M4 en dirección sur hacia la A470 y siga las señales hacia el centro de la ciudad. Para entrar en SATNAV CF10 3NP.

Autobús: desde la central de autobuses y la estación de tren de Cardiff, tome el bus 'Free b' al centro de la ciudad hacia Greyfriars Road.

Información e instalaciones para visitantes

Aparcamiento para visitantes - se aplica un cargo

Visitas guiadas diarias

Restaurante Oriel, con área de juegos para niños

Cafetería

Tienda de regalos

Taquillas & parque de carritos

Cambiador de bebés

Acceso a sillas de ruedas

Aseos para discapacitados y cambiadores

Los niños menores de 16 años deben estar acompañados por un adulto en todo momento.






fonte: @edisonmariotti #edisonmariotti

espanhol - https://museum.wales/cardiff/espanol/

chines  -- https://museum.wales/cardiff/zh_lang/


Cultura e conhecimento são ingredientes essenciais para a sociedade.

Cultura não é o que entra pelos olhos e ouvidos,

mas o que modifica o jeito de olhar e ouvir. 

A cultura e o amor devem estar juntos.

Vamos compartilhar.

Culture is not what enters the eyes and ears, 

but what modifies the way of looking and hearing.




--br via tradutor do google

Museu Nacional de Cardiff é único no Reino Unido em sua gama de artes e amostras de ciências.

Espanhol - https://museum.wales/cardiff/espanol/
Horário de abertura

Das 10:00 às 17:00 de terça-feira a domingo e a maioria dos feriados de segunda-feira. Galerias de fechar às 16:45.

Arte e Ciência - tudo sob o mesmo teto!

Museu Nacional de Cardiff é único no Reino Unido em sua gama de artes e amostras de ciências.

Nós somos a casa do Museu Nacional de Arte de Gales, que ocupa o primeiro andar, eo de História Natural, no piso térreo.

Se você tem uma hora como se você tem todos os dias, há algo aqui para todos!

As galerias de arte são o lar de pinturas surpreendentes, desenhos e esculturas dos últimos 500 anos até o presente.

Você pode ver pinturas excepcionais dos velhos mestres europeus, uma das melhores coleções de impressionistas impressionistas e pós na Europa e o maior espaço para a arte moderna e contemporânea no País de Gales.

No piso térreo, você pode viajar de volta no tempo, desde o Big Bang ea formação da Terra em nossas galerias de Evolutions of Wales.

Você pode ver uma verdadeira peça de lunares rocha, vulcões, dinossauros, trilobites e mamutes - perto!

Você também pode explorar a história natural do País de Gales, através das florestas e do mar nas galerias de História Natural.

Veja se você pode encontrar a raposa, ea baleia jubarte maior tartaruga de couro do mundo!

instruções

Localizado no centro cívico de Cardiff

De carro: tomar J32 do M4 para o sul para o A470 e siga as indicações para o centro da cidade. Para entrar SATNAV CF10 3NP.

Bus: da estação de ônibus e estação de trem Cardiff, tomar o ônibus 'b Livre' no centro da cidade para Greyfriars Road.

Informação e visitante instalações

Estacionamento para visitantes - uma carga aplica-se
visitas guiadas diárias
restaurante Oriel com parque infantil
cafeteria
Loja de presentes
Armários e carrinhos de parque
fraldário
acesso cadeira de rodas
banheiros com deficiência e mudança
Crianças menores de 16 anos devem ser acompanhadas por um adulto em todos os momentos.







卡迪夫国家博物馆的艺术和自然科学展览在英国同类博物馆之中独一无二。


威尔士艺术国家博物馆 Wales's National Museum of Art 设于第二楼,而自然历史则位于底楼。不管您仅有 1 小时时间还是有一整天的时间用来消磨在这里,每个人都能有所发现!

开放时间
周二 - 周日及大部分银行假日 10am–5pm
展厅于 4:45pm 关闭

艺术和自然科学 - 均囊括在此!

我们的画廊中陈列了众多动人心魄的油画、素描和雕塑,时间跨度 500 年。 您能欣赏到杰出的欧洲古代大师的画作、欧洲最棒的印象派和后印象派作品集以及最大的威尔士现代 & 当代艺术展。

在楼下的威尔士进化展厅中,您可以穿越时光,从宇宙大爆炸和地球形成开始,充分了解威尔士的演变。 您可以近距观察真实的月球岩石碎片、火山石、恐龙化石、三叶虫化石和猛犸象化石。

您还可以在自然历史展厅中探索威尔士的自然历史,了解从森林到海滨的各种地貌。 看看您是否能看到狐狸、座头鲸和世界最大的棱皮龟!

路线

位于卡迪夫市民中心 Cardiff's Civic Centre. 驾车:从 M4 高速南行前往 A470 高速,沿标志前往市中心。 卫星导航请输入 CF10 3NP. 公交:从卡迪夫中心公交和火车站乘坐 “Free b” 城市中心公交前往 Greyfriars 路。

参观者信息 & 设施

参观者停车场 - 收费
每日导游
凸窗餐厅,带儿童游乐区
咖啡店
礼品店
寄物柜 & 手推车停车场
婴儿换尿布设施
馆内任何地方轮椅均可到达
残障人士专用厕所 & 换位设施
16 岁以下儿童应随时在成人的陪同下参观

Berlin recovers missing figurine in World War II. --- Berlim recupera estatueta desaparecida na Segunda Guerra. --- 柏林恢复在二战中失踪的小金人。

For 30 years, Etruscan bronze work was in the hands of a British collector and was discovered when being auctioned. Sculpture dates from the late 6th century and early 5th century BC.



An Etruscan bronze sculpture missing since World War II was recovered on Tuesday (Feb. 2) by the Prussian Cultural Heritage Foundation (SPK), which includes Berlin's public museums.

The statuette of a warrior with a helmet belonged to the collection of old art of the museums of Berlin from 1869 and was identified recently in the art market.

According to the foundation, for 30 years the sculpture was in the hands of a British private collector and was auctioned in 2015. It would have been acquired by the collector before 1979.

The British auction house that was to resell the play contacted a specialist at the British Museum. The work was recognized by the specialist as the missing sculpture of the Berlin collection. The auctioneer then arranged to return the object to the rightful owner.

"This return is an excellent example of how owners, dealers and museums can work together to return works of art that have disappeared because of historical circumstances," said Hermann Parzinger, president of the foundation.

The recovered sculpture, 17 centimeters high, dates from the late 6th and early 5th centuries BC and belongs to a group of statues with abstract features depicting war scenes and are from central Italy.


The statue still had a spear and a shield, which were lost in the 19th century, when the work came to the Berlin collection, donated by the archaeologist Eduard Gerhard.













Cultura e conhecimento são ingredientes essenciais para a sociedade.

Cultura não é o que entra pelos olhos e ouvidos,

mas o que modifica o jeito de olhar e ouvir. 

A cultura e o amor devem estar juntos.

Vamos compartilhar.

Culture is not what enters the eyes and ears, 

but what modifies the way of looking and hearing.
















--br

Berlim recupera estatueta desaparecida na Segunda Guerra.

Durante 30 anos, obra etrusca de bronze esteve em mãos de um colecionador britânico e foi descoberta ao ser levada a leilão. Escultura data do final do século 6 e início do século 5 a.C..

Uma escultura de bronze etrusca desaparecida desde a Segunda Guerra Mundial foi recuperada nesta terça-feira (28/02) pela Fundação do Patrimônio Cultural Prussiano (SPK), da qual fazem parte os museus públicos de Berlim. 

A estatueta de um guerreiro com um capacete pertencia ao acervo de arte antiga dos museus de Berlim desde 1869 e foi identificada recentemente no mercado de arte.

Segundo a fundação, durante 30 anos, a escultura estava nas mãos de um colecionador privado britânico e foi levada a leilão em 2015. Ela teria sido adquirida pelo colecionador antes de 1979.

A casa de leilão britânica que deveria revender a peça entrou em contato com uma especialista do Museu Britânico. A obra foi reconhecida pela especialista como a escultura desaparecida do acervo berlinense. O leiloeiro se dispôs, então, a devolver o objeto ao legítimo proprietário.

"Essa devolução é um excelente exemplo de como proprietários, marchands e museus podem trabalhar juntos para devolver aos acervos obras de arte que desapareceram devido às circunstâncias históricas", afirmou o presidente da fundação, Hermann Parzinger.

A escultura recuperada, de 17 centímetros de altura, data do final do século 6 e início do século 5 antes de Cristo e pertence a um grupo de estatuetas com traços abstratos que retratam cenas de guerra e são procedentes da região central da Itália.

A estátua possuía ainda uma lança e um escudo, que foram perdidos no século 19, quando a obra chegou à coleção berlinense, doada pelo arqueólogo Eduard Gerhard.






--chines simplificado
柏林恢复在二战中失踪的小金人。

30年来,青铜伊特鲁里亚的工作是在一个英国收藏家的手中,被发现被带到拍卖。雕塑建于6世纪后期和5世纪初B.C ..

第二次世界大战以来,如果丢失一个伊特鲁里亚青铜雕塑是由普鲁士文化遗产基金会(SPK),这是柏林的公共博物馆的一部分,收复周二(28/02)。

头盔战士的雕像属于柏林的博物馆古代艺术收藏品自1869年以来,最近又在艺术市场已经确定。

根据30年的基础上,雕塑是在英国的私人收藏家的手中,被带到2015年拍卖这本来由收藏家在1979年之前被收购。

英国拍卖行,将转售片接触到了来自大英博物馆的专家联系。这项工作是由专家为柏林收集失踪雕塑认可。拍卖师愿意然后到对象返回到合法的所有者。

“这是回报业主,经销商和博物馆如何携手重返艺术收藏作品的消失,由于历史的情况下,一个很好的例子,”该基金会的总裁赫尔曼Parzinger说。

回收的雕塑,高17厘米,从晚6世纪和公元前5世纪早期日期,属于一组描绘的战争场面,并从意大利中部来了抽象的线条俑。

这座雕像仍然有一个矛和一个盾,这是失去了在19世纪,当工作来到柏林集合,由考古学家爱德华·格哈德捐赠。