Listen to the text.

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Museu da Imigração - São Paulo, Brasil, participa da 13ª Semana de Museus - Dia Internacional de Museus (18/5). A ação – iniciativa do Instituto Brasileiro de Museus ( Ibram ) – tem o propósito de mobilizar instituições museológicas brasileiras a partir de um esforço de concentração de suas programações em torno de um mesmo tema.


SOBRE O MUSEU DA IMIGRAÇÃO

O Museu da Imigração do Estado de São Paulo herda do Memorial do Imigrante toda a história de preservação da memória das pessoas que chegaram ao Brasil por meio da Hospedaria de Imigrantes, e o relacionamento construído, ao longo dos anos, com as diversas comunidades representativas da cidade e do Estado.

É no entrelaçamento dessas memórias que se encontra a oportunidade única de compreender e refletir o processo migratório. O Museu da Imigração pretende ser o grande ponto de encontro das comunidades de São Paulo, um local cada vez mais frequentado por paulistanos e paulistas e um atrativo cultural e turístico imperdível para os visitantes de fora do Estado e do País.

Em seu novo projeto museológico, o Museu da Imigração valoriza ainda mais o encontro das múltiplas histórias e origens e propõe ao público o contato com as lembranças daquelas pessoas que vieram de terras distantes, suas condições de viagem, adaptação aos novos trabalhos e contribuição para a formação do que hoje chamamos de identidade paulista.

A história da migração humana não deve ser encarada como uma questão relacionada exclusivamente ao passado; há a necessidade de tratar sobre deslocamentos mais recentes. O Museu da Imigração fomenta o diálogo sobre as migrações como um fenômeno contemporâneo, que não se encerra com o fechamento das atividades da Hospedaria, reconhecendo a recepção dos milhões de migrantes atuais e a repercussão deste deslocamento para a cidade.
Entre os dias 18 e 24 de maio instituições museológicas de todo o país promoverão atividades em torno do tema ‘Museus para uma sociedade sustentável’.





De 18 a 24 de maio, o Museu da Imigração, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, participa da 13ª Semana de Museus, evento comemorativo que celebra o Dia Internacional de Museus (18/5). A ação – iniciativa do Instituto Brasileiro de Museus ( Ibram ) – tem o propósito de mobilizar instituições museológicas brasileiras a partir de um esforço de concentração de suas programações em torno de um mesmo tema. Para o período, o MI preparou uma série de conteúdos especiais, que envolvem: ações educativas, incentivos ao uso da bicicleta, um dia inteiro de celebrações em homenagem a cultura africana, atividades para bebês e uma oficina de conservação de fotografias.

Em sua 13ª edição, a Semana de Museus tem como tema “Museus para uma sociedade sustentável”, e o MI desenvolverá suas atividades no ao ar livre, utilizando o jardim. Do dia 19 ao 24, o Setor Educativo realizará a atividade “Mural de posposições”. A ideia é colocar o visitante no papel de investigador de uma nova coleção para o Museu. Também durante esse período, o MI incentivará a vinda à instituição de bicicleta, oferecendo uma surpresa àqueles que usarem esse meio de locomoção. Seguindo com a programação, no dia 21, das 16h às 18h, haverá o lançamento de dois novos títulos da coleção Gestão e Documentação de Acervos: textos de referência, CIDOC-ICOM. Já no dia 22, a ação educativa “Investigação do meio” – que será realizada das 9h30 às 11h – fará com que a criançada estude o jardim do museu, catalogando os novos elementos encontrados (atividade para crianças acima de 6 anos). No dia 23, das 14h às 17h, o público que visitar o MI encontrará uma programação voltada ao Dia da África, com dança, música, oficinas e contação de histórias. Compondo a grade de atrações, no dia 24, uma atividade voltada para bebês (até 3 anos) acontecerá das 16hàs 17h. Os educadores estenderão uma grande folha de papel craft com diversos materiais de pintura para uso. Finalizando a Semana de Museus, no dia 24, das 15h às 16h, haverá uma oficina de conservação de fotografia. Serão dicas para guardar e acondicionar da melhor maneira as fotos de acervos pessoais. A palestrante é Ana Beatriz Giacomini, conservadora do Museu da Imigração. Para esta atividade é necessário realizar inscrição por meio do e-mail inscricao@museudaimigracao.org.br

O Museu da Imigração fica na Rua Visconde de Parnaíba, 1316, no bairro da Mooca, em São Paulo. O horário de funcionamento é de terça a sábado, das 9h às 17h, e aos domingos e feriados das 10h às 17h. Os ingressos para visitar as exposições do Museu custam R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia-entrada). Quinzenalmente, às sextas-feiras, o MI oferece visitação noturna, ampliando seu horário de atendimento até às 21h. Outras informações estão disponíveis no site www.museudaimigracao.org.br

fonte: @edisonmariotti #edisonmariotti http://museudaimigracao.org.br/o-museu/sobre/


Nenhum comentário:

Postar um comentário