Google+ Followers

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

MAES - Museu de Arte na cidade de Vitória, Espírito Santo, Brasil.

Quem visitar o MAES até o dia 29 de novembro pode prestigiar de graça a exposição de seis artistas capixabas. O local também conta com infraestrutura para atendimento de deficientes visuais

O MAES está localizado no Centro de Vitória


De acordo com o diretor do MAES, Renan Andrade, é possível ver vários temas que englobam a humanidade no museu. “A partir das suas exposições, dos seus acervos da biblioteca e o próprio acervo de arte do museu há uma possibilidade de estar em contato com as artes visuais e você consegue acessar diversos tipos de temas da humanidade”.


O Museu de Arte do Espírito Santo Dionísio Del Santo (MAES) é um museu vivo que conta a história por meio das artes e foi inaugurado em 18 de dezembro de 1998. O museu pertencente à estrutura organizacional da Secretaria de Estado da Cultura (Secult). O MAES ocupa um prédio tombado pelo patrimônio estadual. A construção, a partir do projeto arquitetônico do tcheco Joseph Pitilick, foi concluída 1925. Localizado no Centro de Vitória, o prédio já abrigou a sede do Diário Oficial, setores da Secretaria de Administração e dos Recursos Humanos e a Secretaria da Fazenda.


Intelectuais e artistas capixabas fizeram uma mobilização tão intensa que, em 1987, o prédio foi cedido ao Departamento Estadual de Cultura (DEC). O antigo DEC resolveu abrigar o MAES em 1990, quando a estrutura começou a passar por uma reforma. “O Espírito Santo não abrigava um museu de arte, e ficou um tempo com o projeto em andamento. Em 1994, Paulo Herkenhoff e Margareth Moraes fecharam o projeto do museu e veio a culminar na inauguração em 1998, em uma exposição do artista capixaba Dionísio Del Santo”, disse Renan.

O térreo do prédio foi adaptado para a instalação da recepção e da biblioteca do museu. No acervo aproximadamente 4 mil títulos nas áreas de artes plásticas, patrimônio e museologia à disposição de pesquisadores. “A gente recebe catálogos de instituições de arte do Brasil todo e de outras partes do mundo. É um acervo formado, sobretudo, com teorias da arte, história da arquitetura e história de outras exposições. Temos um acervo sólido de todas as ações que aconteceram no museu. Cada exposição tem uma ação que é o ‘MAES em letras’, que colocamos alguns exemplares de livros que possuem alguma relação com a exposição que está acontecendo”, informou o diretor do museu. 

No segundo andar estão as salas destinadas às exposições. Se por um lado a escadaria não garante acessibilidade a cadeirantes, quem é deficiente auditivo tem apoio da tecnologia. “Nós temos parceria com o Centro de Educação da Ufes e fazemos registros de cada sala da exposição. Realizamos a tradução desse contexto para a linguagem de libras e eles conseguem conferir em cada sala um pouquinho do artista e o que ele está trabalhando”, informou Renan. 

De acordo com o curador-residente Júlio Martins, o grande questionamento dos artistas é o que acontece, quando nada acontece. Daí, a proposta deles de esgotar um lugar. “Uma inspiração em muitos dos trabalhos dos artistas reunidos na exposição nesse sentido de se afeiçoar a um lugar, explorá-lo, reagir às suas características e assim estudá-lo, em outros casos, os próprios artistas constroem o pseudônimo no lugar dele”. 

Ainda segundo o curador, a escolha do Museu de Artes do Espírito Santo para a exposição não foi por acaso. “Há uma produção jovem muito interessante na cidade e eu acho que o MAES é, e será nos próximos anos, consolidado para essa vocação de ser a plataforma para essa produção”.


Série Ícones do Espírito Santo

Imponência, estilo e suntuosidade do lado de fora. No térreo da construção jesuítica, localizada na Cidade Alta, em Vitória, visitantes têm a oportunidade de apreciar obras de artistas de todo o mundo.




http://www.folhavitoria.com.br/geral/noticia/2015/11/museu-de-arte-do-espirito-santo-preserva-cultura-do-estado.html



Cultura e conhecimento são ingredientes essenciais para a sociedade.

Vamos compartilhar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário