Google+ Followers

domingo, 22 de novembro de 2015

The Croatian Maritime Museum -- O Museu Marítimo Croata

The Croatian Maritime Museum was founded by Split city council in 1997. Its rich and extensive historic collections were drawn from the Split Maritime Museum, founded in 1925, and the Military Maritime Museum founded in 1962, and several associated maritime heritage collections including marine archaeological finds and artefacts from Brodosplit Museum situated in Split’s shipyard.


The museum researches, acquires, archives and exhibits artefacts and documents relating to the maritime heritage of the Adriatic coast from prehistory to modern times. It is situated in the 17th-century Gripe Fortress – the only fully preserved fortified building in Split.

The fortress courtyard provides an exhibition space for the larger exhibits in the museum collection. These include the vessel ‘Bakar’, the bow of which dominates the courtyard, and ‘Perina’, a traditional Dalmatian ‘gajeta’, or fishing boat, and one of the oldest surviving vessels on the east Adriatic coast. Built in 1857, it represents centuries of local sailing knowledge and tradition and is one of seven important historic vessels on display.

Inside the museum, the Merchant Maritime Exhibition traces the development of sailing ships from Classical times through to the age of steam. The exhibition begins with an archaeological marvel – a huge ceramic container, or ‘pithos’, dating from around the 1st/2nd century, originally used for storing live fish before sale and consumption. The antique anchors and amphorae that follow are mostly from ancient shipwrecks. The development of vessels and navigation equipment unfolds through a wide range of exhibits such as model ships and images of Dubrovnik’s and Boka’s sailing boats, as well as the other vessels from the Dalmatian area. Especially impressive are figureheads taken from 19th century ships from the island of Korčula. The everyday life of Croatian fishermen is illustrated with the story of the fishing tradition on the Adriatic, and includes exhibits on the coral trade, sponge aquaculture, fish canning factories, as well as fishermen at work and leisure.

The Merchant Maritime Exhibition concludes in steam ship gallery. Models of steamboats and boat artefacts recall the first tourist steamboat excursions, before the advent of the diesel engine. An extremely valuable collection of ships’ engines is exhibited in the same gallery, including the notable and important Croatian ship engines built in Split’s ‘Rossi’ workshop at the beginning of 20th century.

The gallery dedicated to Maritime Warcraft commemorates battles that have taken place on the Adriatic from Classical times to the end of the 20th century. Illyrian liburna, Roman birema, the Omiš pirate ship, the Hvar galley ‘Saint Jerolim’ from the Battle of Lepanto that took place in 1571 are among the exhibited models. Crucial battles such as ‘Vis combat’ in 1866 are represented by original artefacts from the time. The Austro-Hungarian period to World War I is represented by many valuable exhibits and paintings such as the work of maritime painter Alexander Kircher.

World War I and World War II are represented by a number of rare and valuable artefacts, with a special place dedicated to the exhibits from the navy battles that took place in 1991 as part of the Croatian War of Independence (1990-1995). The final section of the gallery includes a unique collection of torpedoes; a weapon invented by the Croat officer Ivan Lupis (1813-1875), and made by the British engineer Robert Whitehead in Rijeka. The Museum is proud to have one of the oldest torpedos in the world built in 1866. The collection of torpedoes is one of the most valuable exhibits of the Museum.




http://www.hpms.hr/exhibitions.html


Cultura e conhecimento são ingredientes essenciais para a sociedade.

Vamos compartilhar.


--br

O Museu Marítimo Croata


O Museu Marítimo croata foi fundada pelo conselho da cidade de Split em 1997. Suas coleções históricas ricas e extensas foram retirados do Museu Marítimo de Split, fundada em 1925, e do Museu Marítimo Militar fundada em 1962, e várias coleções património marítimo associado incluindo achados arqueológicos marinhos e artefatos de Brodosplit Museum situado no estaleiro de Split.

As pesquisas do museu, adquire, arquivos e exibe artefatos e documentos relacionados com o património marítimo da costa adriática da pré-história até os tempos modernos. Ele está situado no século 17 Gripe Fortaleza - o edifício único totalmente preservada fortificada em Split.

O pátio fortaleza oferece um espaço de exposição para as exposições maiores na coleção do museu. Estes incluem o navio 'Bakar', o arco de que domina o pátio, e 'Perina', um dálmata 'Gajeta "tradicional, ou barco de pesca, e uma das mais antigas embarcações de sobrevivência na costa do Adriático a leste. Criada em 1857, representa séculos de conhecimentos de vela local e tradição e é um dos sete navios históricos importantes em exposição.

Dentro do museu, a Exposição Marítima Merchant traça o desenvolvimento de veleiros desde a época clássica até a idade de vapor. A exposição começa com uma maravilha arqueológica - um recipiente de cerâmica enorme, ou 'pithos', que datam em torno da 1ª / 2ª século, originalmente usado para armazenar peixes vivos antes da venda e do consumo. As âncoras de antiguidades e ânforas que se seguem são principalmente retiradas de antigos naufrágios. O desenvolvimento de navios e equipamentos de navegação se desenrola através de uma ampla variedade de exposições, tais como modelos de navios e imagens de Dubrovnik do e barcos a vela de Boka, assim como os outros navios da área de Dalmácia. Especialmente impressionantes são figuras retiradas de navios do século 19 a partir da ilha de Korcula. O cotidiano dos pescadores croatas é ilustrado com a história da tradição de pesca no Adriático, e inclui exposições sobre o comércio de coral, esponja aquicultura, fábricas de conservas de peixe, bem como pescadores no trabalho e lazer.

O Mercador de Exposições Maritime conclui na galeria navio a vapor. Todos os modelos de barcos a vapor e artefatos de barco recordar o primeiro turista steamboat excursões, antes do advento do motor diesel. Uma coleção extremamente valiosa de Navios 'motores é exibido na mesma galeria, incluindo os motores de navios croatas notáveis ​​e importantes construídas em Split' oficina Rossi 'no início do século 20.

Clique para ampliar a imagem para ampliar 1.jpgClick imagem 4.jpgClick para ampliar a imagem para ampliar 5.jpgClick imagem 7.jpg
A galeria dedicada à Maritime Warcraft comemora as batalhas que tiveram lugar no Adriático desde os tempos clássicos até o final do século 20. Liburna Ilíria, birema Roman, o navio pirata Omiš, a galera Hvar 'São Jerolim' da batalha de Lepanto, que teve lugar em 1571 estão entre os modelos expostos. Batalhas cruciais, tais como 'combate Vis' em 1866 são representados por artefatos originais da época. O período austro-húngaro à Primeira Guerra Mundial é representado por muitas exposições e pinturas valiosas, tais como o trabalho do pintor marítimo Alexander Kircher.

I Guerra Mundial ea Segunda Guerra Mundial são representados por uma série de artefatos raros e valiosos, com um lugar especial dedicado às exposições das batalhas da marinha que tiveram lugar em 1991 como parte da Guerra Croata de Independência (1990-1995). A seção final da galeria inclui uma colecção única de torpedos; uma arma inventada pelo oficial croata Ivan Lupis (1813-1875), e fez pelo engenheiro britânico Robert Whitehead em Rijeka. O Museu se orgulha de ter um dos torpedos mais antigas do mundo construído em 1866. A coleção de torpedos é uma das peças mais valiosas do museu.


Nenhum comentário:

Postar um comentário