Google+ Followers

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

The Lithuanian Aviation Museum -- O Museu de Aviação lituano

Vytogala is the native village of Stasys Girėnas (1893–1933), an aviator and transatlantic flight pioneer.



Stasys Girėnas and Steponas Darius, both born in Žemaitija, met in the USA, where they had the idea of flying non-stop from new York to Kaunas, then the capital of Lithuania.

On 15 July 1933 they left new York, but were killed in a crash in strange circumstances only 650 kilometers short of Kaunas, on the territory of nazi Germany (now Soldin, Poland).

The distance (6411-km) they flew was the world’s second longest distance non-stop. They crossed the Atlantic under adverse conditions. With only primitive navigation equipment, they flew very precisely. In the history of aviation their flight ranks among the most precise by navigation standards.

Girenas was the 16th child in a poor farmer’s family. Orphaned in their childhood, he and his brother immigrated to the USA where he became a qualified pilot.

His parents’ house has been restored and is now a museum. One-end houses an exhibition devoted to the pilot and his village; in the other is a rich ethnographic exhibition.




Formerly known as the Lithuanian Technical Museum was founded on February 19, 1990, on the base of the Vytautas the Great Military Museum section of Technical History. It acquired its present name on February 1, 1995.


Its director is Algis Lapinskas. The museum is within the jurisdiction of the Lithuanian Ministry of Culture and its located in Kaunas, Lithuania at the Darius and Girenas airfield, which has been in operation since 1915.

The museum was started establishing in 1982 when a senior research worker was employed by Kaunas State Museum of History. He was charged to collect articles of the history of technology.

In 1983 a sector of the history of technology was established in the museum, in 1985 it was reorganized into a division.

In 1985-1987 the division of the history of technology organized 3 conferences on the history of technology in Lithuania, printed theses of reports.

In 1989-1990 the division took over a part of displays of the Museum of Sport Aviation which had functioned in Kaunas in 1983-1989.

On March 21, 1990 buildings owned by the United Aviation Crew of Kaunas in 132 Veiverių St. were transmitted to the division of the history of technology.

On February 19, 1990 on the basis of the division of the history of technology of Vytautas Magnus Military Museum Lithuanian Museum of Technology was established by order of the Minister of Culture.

On March 6, 1991 a publishing house “Plieno sparnai” (Steel wings) was registered.

In summer 1991 the museum took over transatlantic pilots’ S. Darius and S. Girenas homesteads in Klaipeda and Silale regions restored by Lithuanian Cultural Foundation and veterans of aviation.

On February 2, 1995 the museum was named Lithuanian Aviation Museum.
Founder of the museum – Ministry of Culture of the Republic of Lithuania.


fonte: @edisonmariotti #edisonmariotti

Cultura e conhecimento são ingredientes essenciais para a sociedade.

A cultura é o único antídoto que existe contra a ausência de amor.

Vamos compartilhar.


--br via tradutor do google
Vytogala é a aldeia natal de Stasys Girėnas (1893-1933), um aviador e pioneiro vôo transatlântico.

Stasys Girėnas e Steponas Darius, ambos nascidos em Žemaitija, reuniu-se nos EUA, onde tiveram a idéia de voar sem escalas de Nova York a Kaunas, em seguida, a capital da Lituânia.

Em 15 de julho 1933, deixou Nova York, mas foram mortos em um acidente em circunstâncias estranhas apenas 650 km curtas de Kaunas, no território da Alemanha nazista (agora Soldin, Polônia).

A distância (km-6411) que voou foi o segundo mais longo que non-stop distância do mundo. Eles cruzaram o Atlântico em condições adversas. Com apenas equipamentos de navegação primitivo, eles voaram com muita precisão. Na história da aviação seu vôo está entre os mais precisos para os padrões de navegação.

Girenas era a criança 16 em uma família de agricultores pobres. Órfãs em sua infância, ele e seu irmão imigrou para os EUA, onde ele se tornou um piloto qualificado.


Casa de seus pais foi restaurada e é agora um museu. One-final abriga uma exposição dedicada ao piloto e sua aldeia; no outro é uma rica exposição etnográfica.
O Museu de Aviação lituano conhecido anteriormente como o Museu Técnico lituano foi fundada em 19 de fevereiro de 1990, sobre a base do Vytautas o Grande seção Museu Militar de História Técnico. Ele adquiriu seu nome atual em 01 de fevereiro de 1995.

Seu diretor é Algis Lapinskas. O museu é da competência do Ministério da Cultura da Lituânia e sua localizado em Kaunas, Lituânia no aeródromo Darius e Girenas, que está em operação desde 1915.

O museu foi iniciado o estabelecimento em 1982, quando um trabalhador sênior de pesquisa foi empregado por Kaunas State Museum of History. Ele foi acusado de recolher artigos da história da tecnologia.

Em 1983, um setor da história da tecnologia foi criada em museu, em 1985, foi reorganizado em uma divisão.

Em 1985-1987 a divisão da história da tecnologia organizada 3 conferências sobre a história da tecnologia na Lituânia, teses de relatórios impressos.

Em 1989-1990 a divisão assumiu uma parte de exposições do Museu de Sport Aviação, que tinha funcionado em Kaunas em 1983-1989.

Em 21 de março de 1990 edifícios detidos pelo grupo United Aviation de Kaunas em 132 VEIVERIU St. foram transmitidos para a divisão da história da tecnologia.
19 de fevereiro de 1990, relativa à base da divisão da história da tecnologia de Vytautas Magnus Militar Museu lituano Museu de Tecnologia foi criada por despacho do Ministro da Cultura.

Em 6 de março, 1991 a editora "Plieno sparnai" (asas de aço) foi registrado.
No verão de 1991, o museu levou mais dos pilotos transatlânticos S. Darius e S. Girenas herdades em Klaipeda e regiões Silale restaurados pela Fundação e veteranos da aviação Cultural Lituano.

Em 2 de fevereiro de 1995, o museu foi nomeado lituano Museu da Aviação.
Fundador do museu - Ministério da Cultura da República da Lituânia.

-

Nenhum comentário:

Postar um comentário