Google+ Followers

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Museu do Diamante. Minas Gerais, Brasil, sedia festival internacional de música histórica. --- Diamond Museum. Minas Gerais, Brazil, hosts international historical music festival.

Concertos, aulas-espetáculo, minicursos, debates e saraus compõem o programa geral do festival, que além do Museu do Diamante se espalhará por outros centros culturais, igrejas e lugares históricos de Diamantina.

em Minas Gerais, Brasil,
local do evento internacional.


O Museu do Diamante será palco da segunda edição do Festival Internacional de Música Histórica a partir desta sexta-feira (19). O museu fica na cidade histórica de Diamantina, em Minas Gerais.

Realizado pelo Ministério da Cultura através da Lei Rouanet, com o apoio do Instituto Brasileiro de Museus e outras instituições, o festival oferecerá a músicos e público em geral, durante dez dias, uma vasta programação gratuita em torno de um conceito ampliado da chamada “Música Antiga”, entrelaçado à história da musicalidade brasileira.

Este ano, o festival traz como tema “De la Mancha ao Sertão: o Ibérico na tradição musical do Brasil”. A ideia é, a partir da inspiração de Dom Quixote, personagem-símbolo da mitologia ibérica, mergulhar nas influências e contribuições da produção cultural Ibérica na construção da musicalidade armorial do sertão brasileiro.

Concertos, aulas-espetáculo, minicursos, debates e saraus compõem o programa geral do festival, que além do Museu do Diamante se espalhará por outros centros culturais, igrejas e lugares históricos de Diamantina.

Como explica o diretor artístico do evento, Marco Brescia, o festival pretende “transpor as agrestes paisagens manchegas ao infinito Sertão do Brasil, onde as tradições tardo-medievais da velha Ibéria se fazem iniludivelmente presentes”.

As inscrições gratuitas para a programação oferecida podem ser feitas através do site do II Festival Internacional de Música Histórica de Diamantina, que segue até o próximo dia 28.



Portal Brasil com informações do Ibram

Cultura e conhecimento são ingredientes essenciais para a sociedade.

A cultura é o único antídoto que existe contra a ausência de amor.

Vamos compartilhar.



--in via tradutor do google
Diamond Museum. Minas Gerais, Brazil, hosts international historical music festival.

Concerts, lessons-show, mini-courses, debates and soirees included in the general program of the festival, which in addition to the Diamond Museum will spread to other cultural centers, churches and historical places of Diamantina.

The Diamond Museum will host the second edition of the International Festival of Historical Music from this Friday (19). The museum is located in the historic city of Diamantina, in Minas Gerais.

Conducted by the Ministry of Culture through the Rouanet Law, with support from the Brazilian Institute of Museums and other institutions, the festival will offer musicians and the general public, for ten days, a wide free programming around an expanded concept of the "Music old ", interwoven with the history of the Brazilian musicality.

This year, the festival brings the theme "De la Mancha to the backwoods: Iberian in Brazil's musical tradition." The idea is, from the Don Quixote of inspiration, character, symbol of the Iberian mythology, dive into the influences and contributions of the Iberian cultural production in the construction of armorial musicality of Brazilian backlands.

Concerts, lessons-show, mini-courses, debates and soirees included in the general program of the festival, which in addition to the Diamond Museum will spread to other cultural centers, churches and historical places of Diamantina.

Explains the artistic director of the event, Marco Brescia, the festival aims to "cross the rugged landscapes Mancha to infinity backlands of Brazil, where the late-medieval traditions of the old Iberia are made unmistakably present."

The free registrations for programming offered can be made through the website of the International Festival II Historical Music of Diamantina, which will continue until the 28th.

Nenhum comentário:

Postar um comentário