Google+ Followers

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

João Doria Junior, candidato a prefeitura de São Paulo, diz que vai vender Anhembi e terceirizar gestão de museus.

Em relação aos museus da cidade, Doria afirmou que o Museu do Futebol é um exemplo do que será feito. "É a terceirização com organização social como essa, que administra de forma exemplar o Museu do Futebol", afirmou. "A administração privada faz disso um exemplo de eficiência na gestão e na propagação do futebol. Por isso temos tantas crianças, jovens e estrangeiros visitando o Museu do Futebol", afirma.


O candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta terça-feira (13) que vai vender o complexo do Anhembi à iniciativa privada e conceder a administração dos museus à iniciativa privada caso seja eleito prefeito da capital. As afirmações foram feitas pela manhã, durante visita ao Museu do Futebol, no estádio do Pacaembu.

O tucano diz que o complexo do Anhembi pode custar de R$ 3,5 bilhões a R$ 4,5 bilhões e que vai continuar tendo o mesmo uso de hoje, ou seja, para exposições e eventos como os desfiles de Carnaval.

O candidato já tinha falado anteriormente que pretende vender o autódromo de Interlagos, espaço que, segundo Doria, vale de R$ 4,5 bilhões a R$ 5 bilhões. Da mesma forma, o autódromo continuaria com o uso atual abrigando corridas e shows e ainda seria aberto à população como um parque em outros dias.

“O autódromo continuará sendo autódromo e kartódromo, mas com administração privada. Vamos tirar o custo que ele representa hoje. São R$ 400 milhões a cada quatro anos. Esse custo deixará de existir. Vamos ter o ingresso de R$ 4 a R$ 5 bilhões de reais, que serão investidos integralmente em saúde e educação”, afirmou Doria.





Fonte: @edisonmariotti #edisonmariotti

Cultura e conhecimento são ingredientes essenciais para a sociedade.

A cultura e o amor devem estar juntos.

Vamos compartilhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário