Google+ Followers

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Vikingworld is a five exhibition museum along with a settlement zoo, a playground and an outdoor classroom. - Vikingworld é um museu de cinco exposição juntamente com um zoológico de liquidação, um parque infantil e uma sala de aula ao ar livre.

Vikingworld is located at the seaside in the town of Reykjanesbær with a spectacular view of the Atlantic Ocean. Vikingworld is a five exhibition museum along with a settlement zoo, a playground and an outdoor classroom.


The frame around the Icelander, the exhibition hall itself, was designed by the award winning architect Guðmundur Jónsson.Its modern architecture highlights the beauty of the viking ship the Icelander (Íslendingur). Visitors can look at the ship from all sides and they can even go on board and let the mind take them to explore lands across the sea while they stand on deck of the Icelander.

The museum, which opened in 2009, offers five different The museum, which opened in 2009, offers five different exhibitions which are all connected to the viking age in one way or the other. They offer a unique opportunity to learn about the history and lifestyle of the Vikings of the North Atlantic a thousand years ago. In addition visitors can enjoy the magnificent view of the ocean from the Cafe as well as free internet access. A gift shop and facilities for special events such as lectures and receptions are also available on site.

--
Archaeological findings from the Suðurnes/Reykjanes region. Remains from the oldest occupation on Reykjanes peninsula from the ninth century.


Vogur in Hafnir: Farmhouse or Outpost?
When the ruins of a longhouse or skáli were found in Hafnir, which is a small village on the Reykjanes peninsula, it was believed to be a traditional homestead from the Age of Settlement, perhaps even the farm of Herjólfur Bárðarson, the settler of Hafnir and great-grandfather of the great seafarer Bjarni Herjólfsson. Bjarni and his crew are believed to have been the first Europeans to lay eyes on the mainland of North America. When archaeological excavations commenced in 2009, it was revealed that even though the longhouse was conventional in form, the outhouses that always accompany such structures were completely missing.

Is it possible that the ruins are not those of an ancient farmhouse? Was this instead the outpost of explorers and adventurers, like the buildings of Norsemen in Newfoundland?Such a building would have been used for a short period of time each year as a base for exploration and resource utilisation.Iceland was one destination en route further west, to Greenland and mainland North America.

During the Viking Age, a vast number of people travelled through Northern Europe in search of a quick profit. In summertime food was plentiful: birds nested in the cliffs, seals and fish populated ocean and lakes, and along the coast there was driftwood and the occasional beached whale to be found.The teeth of walruses and whales were particularly sought after and highly valued; indeed, they were often called the ivory of the north, or white gold. They were used for the carving of a variety of precious items.

There are Items on display in Vikingworld that were found during the excavation in Hafnir as well as photographs and illustrations.


fonte: @edisonmariotti #edisonmariotti 

--br
Vikingworld está localizado à beira-mar na cidade de Reykjanesbær com uma vista espectacular sobre o Oceano Atlântico. Vikingworld é um museu de cinco exposição juntamente com um zoológico de liquidação, um parque infantil e uma sala de aula ao ar livre.

A moldura em torno do islandês, o próprio salão de exposição, foi projetado pelo premiado arquiteto Guðmundur Jónsson. Sua arquitetura moderna destaca a beleza do navio viking o islandês (Íslendingur). Os visitantes podem olhar para o navio de todos os lados e eles podem até mesmo ir a bordo e deixe a mente levá-los para explorar terras além-mar, enquanto eles estão no convés do islandês.

O museu, inaugurado em 2009, oferece cinco diferentes exposições que são todos ligados à idade viking, de uma forma ou de outra. Eles oferecem uma oportunidade única para aprender sobre a história e estilo de vida dos vikings do Atlântico Norte de mil anos atrás. Além disso os visitantes podem apreciar a vista magnífica sobre o oceano a partir do café, bem como acesso gratuito à Internet. A loja de presentes e instalações para eventos especiais, como palestras e recepções também estão disponíveis no site.

--
Achados arqueológicos da região de Suðurnes / Reykjanes.Restos da ocupação mais antiga em Reykjanes península do século IX.


Vogur em Hafnir: Casa de Quinta ou Outpost?

Quando as ruínas de uma maloca ou Skali foram encontrados em Hafnir, que é uma pequena aldeia na península de Reykjanes, acreditava-se ser uma herdade tradicional do Age of Settlement, talvez até a fazenda de Herjólfur Bárðarson, o colono de Hafnir e bisavô do grande marinheiro Bjarni Herjólfsson. Bjarni e sua tripulação são acreditados ter sido os primeiros europeus a colocar os olhos no continente da América do Norte. Quando escavações arqueológicas iniciadas em 2009, revelou-se que, embora o longhouse era convencional na forma, os alpendres que sempre acompanham tais estruturas foram completamente ausente

É possível que as ruínas não são as de uma casa antiga? Esta vez o posto avançado de exploradores e aventureiros, como os edifícios do nórdicos em Newfoundland? Tal edifício teria sido usada por um curto período de tempo a cada ano como uma base para a exploração e utilização de recursos. Islândia foi um destino na rota mais a oeste, a Gronelândia ea continental da América do Norte.

Durante a Era Viking, um vasto número de pessoas viajaram pelo norte da Europa em busca de um lucro rápido. No verão comida era abundante: aves aninhadas nas falésias, focas e peixes povoadas mar e lagos, e ao longo da costa havia troncos ea baleia encalhada ocasional de ser encontrado. Os dentes de morsas e baleias foram particularmente procuradas e valorizadas; na verdade, eles foram muitas vezes chamado de marfim do norte, ou ouro branco. Eles foram usadas para corte de uma variedade de artigos preciosos.



Há itens em exposição em Vikingworld que foram encontrados durante a escavação em Hafnir, bem como fotografias e ilustrações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário