Google+ Followers

sábado, 26 de dezembro de 2015

Museu da Cidade do Recife, Pernambuco, Brasil, faz um resgate de torres sineiras. --- Recife City museum, Pernambuco, Brazil, is a rescue bell towers.

O Museu da Cidade do Recife estará aberto sábado (26) e domingo (27), das 9h às 17h, com uma exposição bem apropriada à data, sobre as torres sineiras das velhas igrejas dos bairros de Santo Antônio e São José. Imagens antigas e atuais dos templos católicos serão projetadas para o público até 6 de janeiro de 2016, Dia de Reis, encerrando o ciclo natalino.

Torre sineira da Basílica de Nossa Senhora do Carmo, no Centro do Recife
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem


A mostra resgata as torres onde ficam os sinos de 19 igrejas construídas nos séculos 17, 18 e 19 no Centro do Recife. Duas delas são relíquias fotográficas e existem apenas na memória dos moradores mais velhos. A Igreja dos Martírios (1796) foi demolida em 1973 para a abertura da Avenida Dantas Barreto e a Igreja do Paraíso (1791), nas imediações da Avenida Guararapes, teve o mesmo destino em 1944. As demais apresentam avarias e precisam de reparos.

Daí porque a exposição é, ao mesmo tempo, um deleite para os olhos e uma alerta à sociedade, à igreja e aos órgãos de preservação para a necessidade de cuidados com esse patrimônio. “A torre da Igreja Matriz de São José, juntinho do museu, está ameaçada”, observa Betânia Araújo, diretora do Museu da Cidade do Recife, localizado no Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José.




GALERIA DE IMAGENS
Torre sineira da Basílica do Carmo, no Centro do Recife. A igreja foi construída em 1687














Até o início do século 20, lembra Sandro Vasconcelos, responsável pelo setor de pesquisas do museu, eram os sinos das igrejas que levavam as notícias à população. As boas e as más. As badaladas chamavam o povo para missas e procissões, anunciavam nascimentos, mortes, chegada de navios e incêndios. O toque lento para as notas fúnebres. O som mais rápido para os dias festivos.

“Os sinos, ao longo da história, tinham essa função de comunicação. Na noite de Natal, eles tocam para anunciar o nascimento de Jesus. A ideia da exposição nasceu a partir dessa simbologia”, diz Sandro. “É essa relação entre os sinos e a população que buscamos recuperar na mostra, é um lado urbano e coletivo que faz parte do imaginário de muita gente, em especial no Natal, com a Missa do Galo”, reforça Betânia.

O museu selecionou fotos em preto e branco e coloridas desde a década de 40, do acervo da instituição. O bairro de Santo Antônio está representado por dez edificações religiosas, como as Igrejas do Divino Espírito Santo e de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, Convento de Santo Antônio, Igreja da Ordem Terceira de São Francisco e Convento de Nossa Senhora do Carmo, entre outras.

Do histórico bairro de São José participam a Igreja de Nossa Senhora do Livramento dos Homens Pardos, a Basílica e Convento de Nossa Senhora da Penha, a Igreja de Nossa Senhora do Terço, a Igreja de São José do Ribamar, a Igreja de Santa Rita de Cássia, a Igreja Matriz de São José e a Igreja da Celestial Confraria da Santíssima Trindade.

Além dos riscos na Igreja Matriz de São José, as torres sineiras da Basílica da Penha, na Praça Dom Vital, encontram-se escoradas há mais de quatro anos, por causa de rachaduras e desprendimento de reboco. As torres ficam a 42 metros do chão, altura equivalente a um prédio de 17 andares, e serão restauradas.

A título de curiosidade, três portas e duas imagens de santos da Igreja dos Martírios, que sucumbiu às reformas urbanas, também fazem parte do acervo do Museu da cidade do Recife, criado em 1982. O acesso ao forte e à exposição é gratuito.



fonte: @edisonmariotti #edisonmariotti

Cultura e conhecimento são ingredientes essenciais para a sociedade.

A cultura é o único antídoto que existe contra a ausência de amor.

Vamos compartilhar.



--in via tradutro do google
Recife City museum, Pernambuco, Brazil, is a rescue bell towers.

The Reef City Museum will be open Saturday (26) and Sunday (27), from 9h to 17h, with a very appropriate exposure to date on the bell towers of the old churches of St. Anthony and St. Joseph neighborhood. Ancient Images and current of Catholic churches will be projected to the public until January 6 2016, Epiphany, closing the Christmas cycle.


Bell tower of Our Lady of Mount Carmel Basilica, in Recife Center
Photo: Alexandre Gondim / JC Picture


The show rescues the towers where are the bells of 19 churches built in the ages 17, 18 and 19 in Recife Center. Two of them are photographic relics and exist only in the memories of older residents. The Church of the Martyrs (1796) was demolished in 1973 for the opening of Dantas Barreto Avenue and Paradise Church (1791), close to the Guararapes Avenue, met the same fate in 1944. The others have breakdowns and need repairs.

That is why the exhibition is at the same time, a treat for the eyes and a warning to society, the church and the preservation of organs for the need to care for the heritage. "The tower of the Church of St. Joseph, juntinho the museum, is under threat," says Bethany Araújo, director of the Recife City Museum, located in the Five Points Fort, in the neighborhood of St. Joseph.

IMAGE GALLERY
Bell tower of the Carmelite Basilica in Recife Center. The church was built in 1687

By the early 20th century, remembers Sandro Vasconcelos, head of the museum's research sector, were the church bells that carried the news to the population. The good and the bad. The bells calling people to church services and processions, announcing births, deaths, arrival of ships and fires. Slow touch to the funeral notes. The fastest sound for the holidays.

"The bells, throughout history, had this communication function. On Christmas Eve, they play to announce the birth of Jesus. The exhibition idea was born from this symbolism, "says Sandro. "It is this relationship between the bells and the people we seek to recover on the show, is an urban side and collective part of the imagination of many people, especially at Christmas, with the Midnight Mass," adds Bethany.

The museum selected photos in black and white and color from the 40s, of the institution's collection. The Santo Antônio neighborhood is represented by ten religious buildings like the churches of the Holy Spirit and Our Lady of the Rosary of the Blacks, St. Anthony Convent, Third Order of St. Francis Church and Convent of Our Lady of Mount Carmel, among others .

The historic district of St. Joseph participate the Church of Nossa Senhora do Livramento of Men Pardos, the Basilica and Convent of Our Lady of the Rock, the Church of Our Lady of the Rosary, the Church of St. Joseph of Ribamar, the Church of Santa Rita Cassia, the Church of St. Joseph and the Church of the Heavenly Brotherhood of the Holy Trinity.

And risks in the Church of St. Joseph, the bell towers of the Basilica of Penha, in the Praça Dom Vital, are braced for over four years because of cracks and plaster detachment. The towers are 42 meters from the ground, height equivalent to a building of 17 floors, and will be restored.

Out of curiosity, three doors and two statues of saints of the Church of the Martyrs, who succumbed to urban reforms are also part of the Recife City Museum's collection, created in 1982. Access to the strong and the exhibition is free.

Nenhum comentário:

Postar um comentário