Google+ Followers

domingo, 27 de dezembro de 2015

The Omani French Museum -- O Museu Francês de Omã

This museum was opened on 29th January 1992 and focuses on the historic relationship between the Sultanate of Oman and the Republic of France, which date back to the early 18th century. It is located in the former French Embassy building in Muscat, which operated from 1896 to 1920. 



The museum contains a number of collections including historical documents that record Omani French trade relations, exhibits valuable stamps and, in a special hall, displays samples of traditional costumes and jewellery from Oman's coastal cities, including Muscat, Salalah, Sur and some wilayats from al-Batinah. The museum also exhibits French costumes from Marseille and Lorient, both of which enjoyed successful trade relations with Muscat. There is also a display of daily scenes from Muscat in the 1950s and from Brittany between 1910 and 1912.


The Omani French Museum has become a focal point for temporary exhibitions since 2006 with a number being organised by the French Embassy in Muscat in collaboration with the Ministry of Heritage and Culture. These include ‘Masterpieces of Islamic Ceramic Arts Collection’, ‘Galliera in Oman: Two Hundred Years of French Wedding Dresses’, ‘Perfumes: A Natural History in Oman and France’ and ‘Trees of Eternity’. The museum has also hosted a number of cultural events that have enhanced fruitful cultural exchange between intellectuals from the two countries. The Ministry is now working on a plan to develop the museum into a cultural centre that embodies Omani French relations and enables it to host additional temporary exhibitions that help strengthen friendly relations and promote cultural exchange between the two countries.





fonte: @edisonmariotti #edisonmariotti

Cultura e conhecimento são ingredientes essenciais para a sociedade.

A cultura é o único antídoto que existe contra a ausência de amor.

Vamos compartilhar.



--br via tradutor do google

O Museu Francês de Omã
  

Este museu foi inaugurado no dia 29 de Janeiro de 1992 e centra-se na relação histórica entre o Sultanato de Omã ea República da França, que datam do início do século 18. Ele está localizado no antigo edifício Embaixada de França em Muscat, que operava 1896-1920.

     O museu contém uma série de coleções, incluindo documentos históricos que as relações comerciais franceses Omani recordes, exibe selos valiosos e, em uma sala especial, exibe amostras de trajes tradicionais e jóias de cidades costeiras de Omã, incluindo Muscat, Salalah, Sur e algumas wilayats de al -Batinah. O museu também exibe trajes franceses de Marselha e Lorient, sendo que ambos gozavam relações comerciais bem sucedidas com Muscat. Há também uma exibição de cenas diárias a partir de Muscat na década de 1950 e da Bretanha entre 1910 e 1912.
    
       O Museu Francês de Omã tornou-se um ponto focal para exposições temporárias desde 2006, com um número que está sendo organizado pela Embaixada de França em Muscat, em colaboração com o Ministério do Património e Cultura. Estes incluem 'Obras-primas da Colecção de Artes de cerâmica islâmica "," Galliera em Omã: duzentos anos de franceses vestidos de casamento "," Perfumes: Uma História Natural, em Omã e França »e« árvores da Eternidade'. O museu também já sediou uma série de eventos culturais que têm reforçado o intercâmbio cultural fecundo entre intelectuais dos dois países. O Ministério está agora trabalhando em um plano para desenvolver o museu em um centro cultural que incorpora as relações francesas de Omã, que lhe permite acolher exposições temporárias adicionais que ajudam a fortalecer as relações de amizade e promover o intercâmbio cultural entre os dois países.

Nenhum comentário:

Postar um comentário