Google+ Followers

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Guarujá, São Paulo, Brasil, inaugura Museu de Ciências Naturais. --- Guaruja, São Paulo, Brazil, inaugurates Museum of Natural Sciences.

O único museu de ciência natural da Baixada Santista está de casa nova. A partir de amanhã, visitantes poderão encontrá-lo em um dos cartões-postais de Guarujá, o Morro da Campina, como é conhecido o Morro do Maluf – entre as praias de Pitangueiras e Enseada.

Museu de Ciências Naturais Joias da Natureza
 é atração para todas as idades em Guarujá

Trata-se do Museu de Ciências Naturais Joias da Natureza (Museu JN), que até o ano passado estava em São Vicente, onde ficou por quase 15 anos. Agora, está em uma área três vezes maior, mas não o suficiente para expor todo o acervo, composto por aproximadamente 15 mil peças, provenientes de mais de 150 países. Entre elas, há várias que nunca foram expostas.


Entrar no local é como fazer uma viagem ao passado. Ali é possível encontrar fósseis como o de um estromatólito de 3,8 bilhões de anos – o mais antigo do local.

É possível, ainda, ver ninhos de ovos de dois dinossauros: Oviraptor mongoliensis eNanyangosaurus zhuzeii. As mamães estão junto dos ovos graças a um trabalho feito pelo paleoartista Ariel Milani, contratado para reconstituir a cena pré-histórica.

“O ninho do ovirraptor é o único do País e sua exposição é inédita”, afirma o diretor curador do museu, Paulo Anselmo Matioli, que é um entusiasta do assunto. É com paixão que ele explica cada detalhe do museu, o que será feito também por três monitores para seus visitantes.

Matioli, mestre em Geociên-cias pela Unversidade de São Paulo (USP) e mineralogista do País, tem um mineral com seu próprio nome em exposição: a matioliita, uma das quatro pedras que descobriu em suas expedições mundo afora.

O acervo é composto, por enquanto, por cerca de 2 mil peças. Matioli ressalta que se trata de artigos originais. Com exceção da reprodução dos dinossauros, o resto data de milhões de anos atrás.

“As peças nacionais foram obtidas por meio de doação de vários institutos. As que vieram de outros países foram aquisições minhas ou intercâmbio com colegas”, conta.

Um deles é o símbolo do museu, o mesossauro, cujo fóssil tem 250 milhões de anos, e está ao lado de uma reconstituição do animal. “É a única reprodução fidedigna do País”.

O mesossauro é um ícone da paleontologia no mundo, pois prova que todos os continentes já foram unidos. “Encontraram ele em países que hoje são separados pelo oceano”.


Cinco Espaços
Visitantes poderão ver, por exemplo, meteoritos da Lua e de Marte, cristais de lavas vulcânicas e até fezes de dinossauro (veja destaque).

“Com o que tem aqui, daria para fazer dez museus. Ele tem o maior acervo do País”, afirma o empresário José Carlos Rodriguez, ex-secretário de Turismo de Guarujá e o principal investidor do projeto.

Serviço – O Museu JN funcionará no alto do Morro da Campina, cujo trajeto é feito pela Alameda Marechal Floriano Peixoto. A abertura será amanhã, com funcionamento sempre das 10 às 19 horas. O ingresso custa R$ 20,00, mas neste primeiro mês terá 50% de desconto (R$ 10,00). Haverá agendamento para escolas e grupos em geral. Mais informações no tel. 99167-5775 (Paulo Matioli).




fonte: @edisonmariotti #edisonmariotti


Cultura e conhecimento são ingredientes essenciais para a sociedade.

A cultura é o único antídoto que existe contra a ausência de amor.



--in via tradutor do google
Guaruja, São Paulo, Brazil, inaugurates Museum of Natural Sciences.

The only museum of natural science Santos has a new home. Starting tomorrow, visitors will find it in one of the postcards of Guaruja, Morro da Campina, is known as the Morro do Maluf - between the beaches of Pitangueiras and Creek.


Museum of Natural Sciences Nature's Jewels
 It is an attraction for all ages in Guaruja

This is the Museum of Natural Science Nature Jewelry (JN Museum), which until last year was in San Vicente, where he stayed for almost 15 years. Now, it is three times larger area, but not enough to expose the entire collection, consisting of approximately 15,000 parts from more than 150 countries. Among them, there are several which have never been exposed.


Enter the place is like taking a trip down memory lane. There, you can find fossils like a stromatolite 3.8 billion years old - the oldest of the place.

You can also see nests of two dinosaurs eggs: Oviraptor mongoliensis eNanyangosaurus zhuzeii. Moms are among eggs thanks to work done by paleoartist Ariel Milani, hired to reconstruct the prehistoric scene.

"The ovirraptor nest is the only country and its exposure is unprecedented," says curator museum director Paul Anselmo Matioli, which is a matter enthusiast. It is with passion that he explains every detail of the museum, which will also be done for three monitors to your visitors.

Matioli, master Geociên-ences by Unversidade of São Paulo (USP) and mineralogist of the country, has a mineral with your own name on display: the matioliita, one of the four stones found in their expeditions around the world.

The collection consists, for now, about 2000 pieces. Matioli points out that it is original articles. Except for the reproduction of dinosaurs, the rest date of millions of years ago.

"The national pieces were obtained from various institutes donation. Those who came from other countries were my purchases or exchanges with colleagues, "he says.

One is the museum's symbol, the mesossauro, whose fossil is 250 million years, and is next to a reconstitution of the animal. "It's the only faithful photographic reproduction of the country".

The mesossauro is an icon in the world of paleontology because it proves that all continents were already united. "They found it in countries that today are separated by the ocean."


Five spaces
Visitors will see, for example, meteorites from the Moon and Mars, volcanic lava crystals and even dinosaur feces (see box).

"With what we have here, would to make ten museums. It has the country's largest collection, "says the businessman José Carlos Rodriguez, former Secretary of Guaruja tourism the main investor of the project.

Service - The JN Museum will run on top of Morro da Campina, whose path is made by Alameda Marechal Floriano Peixoto. The opening will be tomorrow with working always from 10 to 19 hours. Admission costs $ 20.00, but in this first month will have 50% discount (R $ 10.00). There will be scheduled for general schools and groups. More information at tel. 99167-5775 (Paul Matioli).

Nenhum comentário:

Postar um comentário