Google+ Followers

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Cultura, TRADIÇÃO, Romênia. Martisor, tradição comemorado, no dia 1º de março. --- Mărțișor is an old tradition celebrated all over Romania every year, on March 1st.

The name Mărțișor is a diminutive of March (Martie in Romanian).
It is believed that the person who wears the red and white string would enjoy a prosperous and healthy year.




Not long ago, in the countryside, people used to celebrate the Martisor 
by hanging a red and white string at their the gate, window, cattle's horn and shed to protect against evil spirits and to invoke nature's regenerative power.






In eastern Romania ( Moldova andBucovina), the red and white string was complemented with a small - gold or silver - coin. After wearing the coin for twelve days, the women would buy fresh cheese with it hopping that their skin would be healthy and beautiful the entire year.

According to archaeological research, the Mărțișor traces its history more than 8,000 years ago. Some ethnologists believe that the Mărțișor celebration has Roman origins, others support the theory that it is an old Dacian tradition.



In ancient Rome, the New Year's was celebrated on the 1st of March.

March ('Martius') was named in the honor of the god Mars. Mars was not only the god of war but also the god of agriculture, which contributes to the rebirth of vegetation.

The Dacians also celebrated the New Year's on the first day of March.

Ample spring celebrations were consecrated to this event.

In the old times, Mărțișor were made of small river pebbles, colored in white and red, stringed on a thread and worn around the neck.

They were worn, to bring good luck and good weather, from March 1 until the first trees would bloom.


When the first trees were flowering the Mărțișor were hanged on tree branches.

Nowadays, on March 1, Romanians buy silky red-white threads (șnur) tied into a bow to which a small trinket is attached and offer them to their (female) family members, friends and colleagues to show friendship, respect or admiration.




Cultura e conhecimento são ingredientes essenciais para a sociedade.

Vamos compartilhar.






--br via tradutor do google
O nome martisor é um diminutivo de março (Martie em romeno).

Acredita-se que a pessoa que usa o fio vermelho e branco iria desfrutar de um ano próspero e saudável.

Não muito tempo atrás, no campo, as pessoas usavam para celebrar o Martisor
pendurando uma corda vermelha e branca à sua porta, janela, chifre de gado e derramou para proteger contra os maus espíritos e invocar o poder de regeneração da natureza.

Na Roménia Oriental (Moldávia e Bucovina), a corda vermelha e branca foi complementado com um pequeno - ouro ou prata - moeda. Depois de usar a moeda durante doze dias, as mulheres iria comprar queijo fresco com ele na esperança de que sua pele seria saudável e bonito o ano inteiro.

De acordo com a pesquisa arqueológica, a martisor traça a sua história mais de 8.000 anos atrás. Alguns etnólogos acreditam que a celebração martisor tem origem romana, outro apoiam a teoria de que é uma tradição Dacian de idade.
Na Roma antiga, o Ano Novo foi celebrado no dia 1º de março.

Março ( 'Martius') foi nomeado em honra do deus Marte. Marte não era apenas o deus da guerra, mas também o deus da agricultura, que contribui para o renascimento da vegetação.

O Dacians também celebrou o Ano Novo no primeiro dia de março.

celebrações da primavera amplas foram consagrados a este evento.

Nos velhos tempos, martisor eram feitas de pequenos seixos do rio, colorido em branco e vermelho, amarrado em um segmento e usado ao redor do pescoço.
Eles foram usados, para trazer boa sorte e bom tempo, a partir de 1 de março até as primeiras árvores que florescem.

Quando as primeiras árvores foram floração do martisor foram enforcados em ramos de árvore.

Hoje em dia, em 1 de Março, os romenos comprar as linhas do vermelho-branco de seda (şnur) amarrada em uma curva em que um pequeno trinket está ligado e oferecer-lhes aos seus (feminino) membros da família, amigos e colegas para mostrar amizade, respeito ou admiração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário