Google+ Followers

sábado, 22 de julho de 2017

Peniche, Portugal, in the campaign of Rings of bilros to immaterial patrimony of UNESCO. - Peniche, Portugal, na campanha das Rendas de bilros a patrimônio imaterial da UNESCO

Peniche is the only Portuguese municipality to join Spain and Italy in an application of the bobbin lace to intangible heritage of UNESCO, the city announced on the day the city's biggest show begins.



The income of bobbins is produced by the cross between yarns of textile, executed on the pike and with the help of pins and bobbins (birros in Brazil). The pike is a card, painted to make it easier for the spectator to see.

Deputy Mayor Jorge Amador told Lusa that the municipality will "in the coming months" formalize the candidacy for immaterial national heritage with the Directorate General of Cultural Heritage, the first step to apply for income to the United Nations for Education, Science and Culture (UNESCO).

According to the mayor, "the objective is to value the incomes, the income and the art of performing and passing the tradition on to the new generations." "We have already demonstrated the intention to apply and we are working on the dossier, gathering data on the 400-year history, its socioeconomic importance and the survey of products that have been created from rents," he said.

After the process at national level, Peniche intends to join the municipalities of Novedrate (Italy) and Camariñas (Spain), "with greater tradition and dynamics", to advance to UNESCO.

The International Show of Billet Rings started on July 20 and runs until Sunday in Peniche and is considered the largest in the world by the number of delegations represented. The event has 25 representatives from Spain, France, Italy, Czech Republic, Belgium, Russia, Poland, England, Switzerland, Estonia, Bulgaria, Germany and Argentina.

During the show, will be on display urban design projects, developed by students of the School of Arts and Design of the Polytechnic Institute of Leiria.

Among these, the municipality will select some to install parts allusive to the bobbin lace in various public spaces of the city, from tours, gardens or roundabouts.

The program includes the presentation of three cakes of pastry, made with marine microalgae and inspired by the incomes, which from September will be marketed in the city's pastries.

After the opening of a school several years ago, and the inauguration, a year ago, of the Bilros Rents Museum, the municipality wants to promote rents and art with these initiatives. During the event, hundreds of races will be working live at various locations in the city.

The program also provides fashion shows to showcase national and international creations, with applications of bobbin lace, lace contest and music and dance shows.

Peniche is a Portuguese city in the western sub-region, Central region, with 14 749 inhabitants. It is soothes of a small municipality with 77,55 km ² of area and 27 753 inhabitants, subdivided in 4 parishes.












--pt
Peniche é o único município português a juntar-se a Espanha e Itália numa candidatura das rendas de bilros a patrimônio imaterial da UNESCO, anunciou a câmara, no dia em que começa na cidade a maior mostra mundial.

A renda de bilros é produzida pelo cruzamento entremeado de fios têxteis, executado sobre o pique e com a ajuda de alfinetes e dos bilros (birros no Brasil). O pique é um cartão, pintado para facilitar a visão por parte da rendilheira.

O vice-presidente da Câmara, Jorge Amador, disse à Lusa que o município deverá “nos próximos meses” formalizar a candidatura a patrimônio nacional imaterial junto da Direção Geral do Patrimônio Cultural, o primeiro passo para candidatar as rendas à Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

Segundo o autarca, “o objetivo é valorizar as rendas, as rendilheiras e a arte de rendilhar e passar a tradição às novas gerações”. “Já demonstramos a intenção de candidatura e estamos a trabalhar no dossiê, reunindo dados sobre a história de 400 anos, a sua importância socioeconômica e o levantamento dos produtos que têm sido criados a partir das rendas”, adiantou.

Depois do processo a nível nacional, Peniche tenciona juntar-se aos municípios de Novedrate (Itália) e Camariñas (Espanha), “com maior tradição e dinâmica”, para avançar para a UNESCO.

A Mostra Internacional de Rendas de Bilros começou dia 20 de julho e decorre até domingo em Peniche e é considerada a maior em todo o mundo pelo número de delegações representadas. O evento conta este ano com 25 representações de Espanha, França, Itália, República Checa, Bélgica, Rússia, Polônia, Inglaterra, Suíça, Estônia, Bulgária, Alemanha e Argentina.

Durante a mostra, vão estar em exposição projetos de design urbano, desenvolvidos por alunos da Escola Superior de Artes e Design do Instituto Politécnico de Leiria.

Entre esses, o município vai selecionar alguns para vir a instalar peças alusivas às rendas de bilros em diversos espaços públicos da cidade, desde passeios, jardins ou rotundas.

O programa conta com a apresentação de três bolos de pastelaria, confeccionados com microalgas marinhas e inspirados nas rendas, que a partir de setembro vão ser comercializados nas pastelarias da cidade.

Depois da abertura de uma escola, há vários anos, e da inauguração, há um ano, do Museu das Rendas de Bilros, o município quer promover as rendas e a arte com estas iniciativas. Durante o evento, centenas de rendilheiras vão estar a trabalhar ao vivo em diversos locais da cidade.

O programa prevê também desfiles de moda para dar a conhecer criações nacionais e internacionais, com aplicações das rendas de bilros, concurso de rendilheiras e espetáculos de música e dança.

Peniche é uma cidade portuguesa da sub-região do Oeste, região Centro, com 14 749 habitantes. É sede de um pequeno município com 77,55 km² de área e 27 753 habitantes, subdividido em 4 freguesias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário